Dia Nacional da Poesia

 Castro Alves, O Navio Negreiro

Em homenagem ao autor de ‘O Navio Negreiro’, Castro Alves, esta segunda-feira, dia 14, é Dia Nacional da Poesia, a arte de escrever versos.
Defensor da liberdade dos negros, Antônio Frederico de Castro Alves é patrono da cadeira de nº 7  da Academia Brasileira de Letras e viveu entre 1847 e 1871. Costumava confrontar aqueles que maltratavam os negros e chegou, certa vez, a recitar os versos de ‘O Navio Negreiro’ em meio a fazendeiros que submetiam a população negra as mais diferentes atrocidades.
A tuberculose o calou verbalmente, mas os poemas que fizeram parte do estilo romântico são lidos até hoje. Para quem aprecia, segue um aperitivo.
“Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus!
Se é loucura… se é verdade
Tanto horror perante os céus?!
Ó mar, por que não apagas
Co’a esponja de tuas vagas
De teu manto este borrão?…
Astros! noites! tempestades!
Rolai das imensidades!
Varrei os mares, tufão!
Quem são estes desgraçados
Que não encontram em vós
Mais que o rir calmo da turba
Que excita a fúria do algoz?
Quem são? Se a estrela se cala,
Se a vaga à pressa resvala
Como um cúmplice fugaz,
Perante a noite confusa…
Dize-o tu, severa Musa,
Musa libérrima, audaz!…”

Concurso de poesias tem inscrições abertas até abril
Seguem abertas até o dia 10 de abril as inscrições para o Concurso Nacional de Poesia e Prosa Cidade do Rio de Janeiro, da Taba Cultural Editora. Podem participar autores amadores ou profissionais, nacionais e estrangeiros residentes no país, que escrevam em língua portuguesa. O concurso é dividido em duas categorias: Poesia (metrificada ou verso livre) e Prosa (conto, crônica e prosa poética).
As inscrições são gratuitas e podem ser enviados até rês trabalhos em cada categoria, sendo no máximo de seis trabalhos por autor. O tema é livre. Os trabalhos podem ser enviados por e-mail ou pelos correios. Os três primeiros colocados, independente da categoria, receberão prêmios em dinheiro, publicação gratuita em livro e exemplares do mesmo. Mais informações no site www.tabacultural.com.br.


Comentários