A Hora do Planeta

Sete monumentos e pontos turísticos cariocas apagam as luzes

Riotur
Nos Arcos da Lapa, que terão as luzes apagadas pela primeira vez na história, haverá show e baterias
Pontos turísticos de todo o mundo terão suas luzes apagadas durante uma hora nesta sábado (26) e o Rio de Janeiro é a cidade âncora do movimento mundial de alerta ao aquecimento global.
A ação faz parte da Hora do Planeta (Earth Hour, em inglês), um ato simbólico promovido pela Rede WWF. Durante 60 minutos, governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global apagando as luzes.
Nos Arcos da Lapa, que terão as luzes apagadas pela primeira vez na história, os cariocas poderão participar a partir das 19h do ato simbólico com shows gratuitos de Tony Garrido e das baterias das escolas de samba Mangueira, Portela, Grande Rio e União da Ilha.
Além dos Arcos, outros seis monumentos e pontos turísticos cariocas também ficaram às escuras: Cristo Redentor, praias de Copacabana e do Arpoador, Igreja da Penha, Catedral Metropolitana e Monumento dos Pracinhas.
O movimento começou em 2007, quando apenas a cidade de Sydney, na Austrália, participou. No ano seguinte, as participações aumentaram consideravelmente. Mais de 50 milhões de pessoas, de 400 cidades em 35 países aderiram ao movimento. Já em 2009, um bilhão de pessoas em 4.616 cidades, em 128 países, apagaram as luzes durante a Hora do Planeta.
Hora do Planeta no mundo
Paris — A iluminação da Torre Eiffel será desligada.

Nova York — Na Times Square, os luminosos serão apagados. O Empire State Building também terá as luzes desligadas.

Roma — O Coliseu e a Fontana di Trevi – fonte mais famosa da capital italiana - terão as luzes apagadas.

Londres — A roda gigante London Eye e o Big Ben ficarão no escuro.

Buenos Aires — O Obelisco terá a iluminação interrompida.

Antártica — Até mesmo na Estação Davis, no Polo Sul, as luzes serão apagadas.
Hora do Planeta no Brasil
Porto Alegre — As luzes do Monumento ao Expedicionário, no Parque Farroupilha (Redenção), serão desligadas, apesar do Baile da Cidade, que começa às 21h, junto ao espelho d'água.

Rio de Janeiro — Pelo menos sete monumentos e locais turísticos ficarão às escuras: Arcos da Lapa, Cristo Redentor, praias de Copacabana e do Arpoador, Igreja da Penha, Catedral Metropolitana e Monumento dos Pracinhas.

São Paulo — Serão apagadas as lâmpadas da Ponte Octávio Frias de Oliveira (Ponte Estaiada), do Obelisco do Ibirapuera, do Monumento às Bandeiras, do Teatro Municipal, do Mercado Municipal e do Estádio do Pacaembu. A Biblioteca Municipal Mário de Andrade, também terá suas luzes apagadas.

Florianópolis — Serão desligadas as luzes de alguns dos cartões postais da capital catarinense, como a Ponte Hercílio Luz e a Praça 15.
 

Comentários