Mundo

Japoneses que moram no Rio podem procurar
por informações no Consulado do Japão



Kyodo/11.03.2011/Reuters
Após grande terremoto, cenário é devastador em áreas atingidas no Japão

 
Cerca de 1.600 japoneses vivem na capital fluminense
André Paino, do R7
Os japoneses que vivem na capital fluminense e buscam por informações sobre possíveis vítimas do forte terremoto que atingiu o Japão nesta sexta-feira (11) podem procurar pelo consulado no Rio de Janeiro para receber notícias. O telefone é (0xx21) 3461-9595.
De acordo com o vice-cônsul Daisuke Hattori, existem aproximadamente 1.600 japoneses e 8.000 descendentes vivendo no Rio de Janeiro.
Segundo ele, o consulado está recolhendo informações para prestar esclarecimentos aos interessados.
- Por enquanto ainda não tivemos reclamações de parentes do Rio à procura de vítimas. Temos, no entanto, um ministério que está nos fornecendo informações, já vez que o sistema de telefonia continua sem funcionar.
Ainda de acordo com Hattori, o consulado está à disposição para prestar solidariedade aos parentes e amigos de possíveis vítimas da tragédia.
O tremor mais intenso a abalar o Japão nos últimos 140 anos deixou destruição em todo país. Há relatos de que um trem e um navio de passageiros desapareceram após a passagem do tsunami que foi provocado por um terremoto de 8,9 graus na escala Richter que ocorreu na tarde desta sexta-feira (11) no Japão, ainda madrugada no Brasil. De 200 a 300 corpos foram encontrados na costa de uma das cidades atingidas, Sendai, de acordo com a agência de notícias France Presse.

Comentários