Ponte Rio-Niterói

Administrador deverá esclarecer o acidente à Polícia

Os representantes da concessionária CCR Ponte irão depor nesta sexta-feira (18) sobre as causas do acidente na subestação de energia da Ponte Rio-Niterói que matou um funcionário e deixou outros dois feridos na madrugada de quarta-feira (16).
O administrador da ponte será o responsável por delatar os envolvidos no caso para a delegada Monique Vidal, titular da 17ª DP, de São Cristóvão. O depoimento está marcado para as 10h desta sexta.
Durante a noite de quarta, três homens deram entrada no Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio. Um deles ficou com 100% do corpo queimado, não resistiu e morreu. Outro teve 20% do corpo queimado e continua internado com quadro estável. O terceiro foi transferido para um hospital particular no bairro das Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro.
De acordo com a concessionária da Ponte, o fornecimento de energia está sendo normalizado aos poucos. Os trechos entre os acessos e a Ilha de Mocanguê já estão iluminados, nos dois sentidos.

Comentários