Problema seríssimo

Medicamentos para combate ao HIV estão em falta no Brasil

Foto: Marcello Casal Jr/ABr

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, confirmou nesta quinta-feira que a pasta enfrenta problemas por causa da falta do medicamento atazanavir, antirretroviral utilizado no tratamento contra o HIV/aids. Cerca de 33 mil pessoas utilizam esse medicamento para combater o vírus HIV no Brasil.

As medidas adotadas pelo ministério para contornar a situação incluem o fracionamento da entrega do medicamento ou mesmo a substituição temporária do remédio. Padilha garantiu que, em nenhum momento, houve interrupção do tratamento e que os pacientes não foram prejudicados pelo problema.

A farmacêutica Bristol-Myers Squibb (BMS) informou que uma nova remessa do medicamento antiaids Atazanavir, distribuído fracionadamente em alguns pontos do país, chega nesta quinta-feira ao Brasil. Segundo o laboratório, não existem problemas na fabricação do produto.

O Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais divulgou nota técnica com orientações para os médicos até que a situação seja normalizada.

Comentários