Protestos anti-Obama

Rio de Janeiro terá manifesto hoje e no domingo

Organizações de esquerda farão no Rio de Janeiro duas manifestações para protestar contra visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao Brasil. O primeiro protesto está marcado para esta sexta-feira (18), às 16h, na Candelária, centro da capital fluminense. O segundo protesto foi convocado para domingo (20), data em que Obama estará no Rio, às 11h, com concentração no metrô Glória.
Os principais partidos políticos de esquerda e movimentos sociais do país devem participar das manifestações, dentre eles o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), a CUT (Central Única dos Trabalhadores), UNE (União Nacional dos Estudantes), PSOL, PSTU e PCB, além de sindicatos, grupos nacionalistas e ONGs.
No protesto de sexta, os manifestantes devem caminhar da Candelária em direção à Cinelândia ou então ao Consulado norte-americano, que também fica no centro. Não está definido ainda o trajeto da manifestação de domingo, já que diversas ruas do Rio devem estar bloqueadas por conta da visita de Obama.
As organizações querem expor a real motivação da visita do presidente norte-americano: segundo eles, Obama está no Brasil por que tem interesse no pré-sal. O protesto também irá criticar a política externa dos EUA.

Comentários