Bom dia! Jornais e revistas deste domingo


Querido leitor, divulgamos as manchetes dos principais jornais e a sinopse dos mesmos para que você não perca seu tempo procurando. Comente e dê sua opinião!


O Globo

Manchete: Agenda revela a rede de terror do Riocentro
Caderneta de telefones de sargento listava envolvidos com tortura e espionagem



Trinta anos depois do atentado no Riocentro, a agenda do sargento Guilherme Pereira do Rosário - um dos autores do ataque, morto na explosão - revela detalhes sobre a rede de terror envolvida no episódio. A agenda jamais foi usada nas investigações, embora tenha sido anexada ao segundo inquérito do caso. Agora obtida pelo GLOBO, a caderneta traz nomes reais e telefones de militares e civis envolvidos com tortura e espionagem, conforme relatam Chico Otávio e Alessandra Duarte. Quatro deles eram ligados ao "Grupo Secreto", organização paramilitar que desencadeou atentados para deter a abertura política. Há também personagens da cúpula da polícia fluminense e do setor encarregado de investigar atentados como o do Riocentro. (Págs. 1 e 3 a 5)


Show vai virar disco
Encontrada no arquivo do Instituto Cravo Albin, a gravação do show da noite em que a bomba explodiu, no Riocentro, será lançada em CD, com artistas como Gal Costa, Gonzaguinha, Dona Ivone Lara e Beth Carvalho. (Pág. 1 e Segundo Caderno)


No Google Maps, o Rio é só favela
Ferramenta de localização dá destaque às comunidades e ignora até bairros


A maior ferramenta de localização geográfica on-line do planeta, o Google Maps, indica até favelas minúsculas e desconhecidas do Rio, enquanto despreza o bairro do Humaitá e sub-bairros como Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, e Usina, na Tijuca. O Google alega que compra os mapas já prontos. (Págs. 1 e 21)


Chefes de milícias dão ordens da cadeia
Apesar de presos, três chefes de milícias do Rio permanecem controlando suas quadrilhas de dentro do presídio federal em Campo Grande (MS), e outro, da penitenciária de Bangu 8. Investigação revela que o ex-PM Ricardo Teixeira da Cruz, o Batman, preso em Mato Grosso do Sul, envia bilhetes para seu grupo, na Zona Oeste. (Págs. 1 e 15)

Fábrica de iPad inicia guerra fiscal
O investimento de US$ 12 bilhões que a Foxconn, maior exportadora da China, fará numa fábrica de iPads no Brasil abriu uma disputa entre prefeituras, que estão oferecendo pacotes de isenções (Págs. 1 e 31)

TAM quer assumir aeroportos
Marco Antonio Bologna, presidente do grupo TAM, revelou que a empresa quer entrar nas licitações para concessão de aeroportos. A companhia também tem interesse em comprar a portuguesa TAP. (Págs. 1 e 32)

Obstáculos no caminho das escolas
Só 20% das escolas brasileiras têm banheiros e vias de acesso adaptados a alunos com deficiência. Degraus por todo lado e falta de rampas dificultam a vida dos estudantes. (Págs. 1 e 13)

Histórias do Moreno - Entre os políticos, beber é da atividade
Uma das máximas da política é não confiar em quem não bebe. Não conheci um bom político que não bebesse. E bem. Entre eles, vários ex-presidentes, ex-governadores e ex-chefes do Poder Legislativo. (Págs. 1 e 12)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo

Manchete: Cumbica agora enfrenta hora do rush o dia todo
Demanda em alta leva empresas aéreas a utilizar períodos antes ociosos



Cada vez mais, toda hora é hora de pico no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, o maior do país. Com a demanda em alta, as empresas aéreas criaram novos voos em horários antes ociosos.

Com isso, o aeroporto, que costumava ficar cheio no início da manhã e à noite, agora apresenta movimentação intensa também no final da manhã e à tarde, informa Ricardo Gallo.
Nesses períodos, o vai-vem de aviões passou a superar 30 pousos e decolagens por hora no ano passado. O número se aproxima do limite máximo de Cumbica, que é de 44.
A situação não deve melhorar pelo menos até o fim de 2003, quando a Infraero promete concluir o processo de ampliação dos pontos de estacionamento de avião de 61 para 103. (Pág. 1 e Cotidiano)


Governo quer limitar as pensões por morte
O Ministério da Previdência planeja limitar critérios de concessão de pensões por morte, relatam Natuza Nery e Gustavo Patu.

O objetivo é reduzir o alto déficit previdenciário e evitar que o benefício contemple quem não precisa dele.

O Plano não altera direitos adquiridos, mas prevê impor período mínimo de contribuição e obrigar o dependente a provar que não pode se sustentar. (Págs. 1 e Poder A6)


Tempestade no Rio Grande do Sul provoca oito mortes
O temporal que atingiu o Rio Grande do Sul entre sexta-feira e ontem deixou oito mortos, vítimas de deslizamentos. Em Novo Hamburgo, três crianças da mesma família foram soterradas depois que a casa de madeira onde moravam desabou.

Segundo a meteorologia, o volume de chuva no período atingiu 80% da média de todo o mês. (Págs.1 e A12)


Fábrica de iPhad na China tem rotina"militarizada"
Fabiano Maiosonnave - enviado especial a Shenzhen (China)


Humilhantes broncas públicas, excesso de horas extras, falta de privacidade nos dormitórios e baixos salários são parte da rotina de trabalhadores da Foxconn.

A empresa, que produz iPhad e planeja megainvestimento no Brasil, pôs grades em janelas para conter onda de suicídios. (págs. 1 e B1)


Editoriais
Leia "Empregos no azul", com análise de dados recentes sobre mão de obra, e "Biografias censuráveis", que critica abusos com o direito de imagem. (Págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo

Manchete: Apagão de combustíveis causa rombo de US$ 18 bi
Preço do etanol dispara, consumo de gasolina cresce e compra de derivados de petróleo supera exportação


Com a disparada do preço do etanol, que subiu mais de 30% nos postos desde o início do ano, os motoristas migraram para a gasolina. Consequentemente: faltou combustível em postos do interior de São Paulo e a Petrobrás e os usineiros chegaram a importar gasolina e etanol. A situação é consequência da queda da produção de etanol, mas reflete também um problema estrutural. Com o aumento da frota de veículos e a expansão da economia, e sem investimentos compatíveis, o País começa a viver um "apagão" de combustíveis. O consumo de derivados de petróleo superou a produção. Pela projeção da RC Consultores, o déficit na balança de derivados será ampliado de US$ 13 bilhões em 2010 para US$ 18 bilhões este ano. (Págs. 1, B1 e B4)


Classe C agora investe em decoração
Depois do conforto dos equipamentos domésticos garantidos pelo crediário, a classe C investe na decoração. Já há arquitetos fechando parcerias com magazines para orientar esse consumidor. (Pág.C1 - Metrópole)

Editora vende pedaço de livro para evitar cópia
As editoras estão investindo no mercado de livros customizados, que reúnem conteúdos selecionados de acordo com a demanda de cada escola ou faculdade. A idéia é evitar a pirataria da fotocópia. (Vida/Págs.1 e A18)

Dívida dos países ricos chega a 61% do PIB global
(Economia Págs. 1 e B6)

Temporal deixa 8 mortos e causa deslizamentos no RS
(Metrópole -Págs. 1 e C3)

Celso Ming
Pernoite em Bertioga


Superlotação de hotéis fez com que passageiros de um voo adiado por pane tivessem de ser alojados a 105 Km do Aeroporto de Cumbica. (Economia-Págs. 1 e B2)


Notas & Informações
O bônus demográfico do Brasil

Taxa de natalidade é semelhante a de países industrializados (Págs. 1 e A3)


------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense

Manchete: DF corre o risco de ficar sem gasolina

Se já andava assustado com a escalada do preço da gasolina, o brasiliense pode se preparar para outra notícia ruim: há risco de postos do Distrito Federal ficarem sem estoque do produto nos próximos dias. Alguns estabelecimentos reclamam que o abastecimento pelas distribuidoras está sendo feito com atraso e em quantidade menor do que a encomendada. No DF, já há casos de bombas que chegaram a ser fechadas por falta do combustível. Em parte, o problema se deve à escassez do álcool anidro, que é misturado à gasolina. E também a um grande aumento de consumo. (Páginas 1 e 28)

Caixa de Pandora
Quem tem medo de Deborah Guerner?


Presa na PE, a promotora é considerada um "arquivo vivo". Antes das acusações de envolvimento em casos de corrupção, ela e o marido, Jorge, que também está na cadeia, mantinham uma influente rede de contatos com políticos e empresários. (Págs. 1 e 21)


Meio Ambiente
A lenta agonia dos rios do Cerrado


Cerca de 20 mil nascentes do bioma estão ameaçadas pela devastação do homem. Série de reportagens do Correio revela que a destruição provocou danos irreversíveis em algumas bacias hidrográficas, ameaçando o abastecimento de água. (Páginas 1, 6 e 7)


Fique esperto! prazo do IR termina na sexta (Págs. 1 , 9 e 10)

------------------------------------------------------------------------------------


Época



A nova infância do computador

O que uma geração de máquinas mais inteligentes, divertidas e fáceis de usar - como o iPad - muda na sua vida


E mais: Os 50 melhores aplicativos para tablets e smartphones






-----------------------------------------------------------------------------------



ISTOÉ

Manchete: O santo do povo



O que significa a beatificação, em tempo recorde, de João Paulo II, o papa mais popular da história, no momento em que a Igreja Católica enfrenta sua maior crise.


A ideia é aumentar o rebanho adotando novos santos pelo mundo. Será o suficiente?



A invasão de Roma por milhares de fiéis para a cerimônia em 1º de maio

O plano antimiséria de Dilma
Os detalhes da ação do governo para atacar a pobreza.



------------------------------------------------------------------------------------




Manchete -Tragédias da enxurrada

Equipes resgatam um corpo em Igrejinha, depois da chuvarada que também matou três irmãos em Novo Hamburgo. (Pág.1, 18,24 a 27)

Os embates finais que vão moldar o Código Florestal

Agricultura familiar pede reserva menor


Verdes rejeitam anistia de multas


Ruralistas defendem adaptações regionais



Planalto tenta consenso para votar em maio a lei que muda ambiente e agronegócio. Página 1 e Caderno Dinheiro


Saúde em crise
IPE sob a pressão de médicos e pacientes


Cresce a insatisfação de profissionais credenciados e de usuários dos serviços. (Páginas 1, 8 e 9)


Debate da maconha

Articulistas escrevem a favor e contra Tarso


Marcos Rolim e Flávio Tavares divergem sobre as declarações do governador. (Páginas 1, 11 e 12)

------------------------------------------------------------------------------------

Veja

Jornais internacionais

The New York Times (EUA)
O presidente do Iêmen se oferece para deixar o poder, com condições

The Washington Post (EUA)
Líder do Iêmen oferece renúncia por imunidade

The Times (Reino Unido)
Gaddafi derrotado em batalha chave

The Guardian (Reino Unido)
Polícia avisa de ameaça ao Reino Unido por novos grupos terroristas irlandeses

Le Monde (França)
Globalização, imigração, integração: A França tentada pelo menor

El País (Espanha)
Síria se une entre a repressão mais indiscriminada e sangrenta

Clarín (Argentina)
Rotas argentinas: radiografia da preguiça e do perigo 




Patrocinadores








Comentários