Cocaína no estômago em Cumbica

Doze nigerianos são presos

Eles estavam a caminho do aeroporto internacional de Guarulhos (Grande SP) com mais de 14 kg de cocaína, no total, nos estômagos, segundo policiais da Dise (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes). A prisão ocorreu na tarde de sexta-feira (22), mas os suspeitos só deixaram o hospital no domingo.
Segundo o agente policial da Dise, Carlos Pereira da Silva, o grupo vinha sendo investigado havia quase um mês. A polícia montou um bloqueio na sexta-feira na rodovia Hélio Smidt --que dá acesso ao aeroporto--, das 12h às 15h, e interceptou os táxis que levavam os nigerianos.
Cada um deles tinha ingerido de 60 a 100 cápsulas de cocaína. Juntos, segundo a polícia, eles transportavam mais de 14 kg da droga. Os 12 ficaram internados no Hospital Geral de Guarulhos até ontem, quando terminaram de expelir as cápsulas. Eles foram levado à cadeia de Guarulhos e aguardam vagas no Centro de Detenção Provisória da cidade.
De acordo com Silva, os africanos vieram da Nigéria exclusivamente para transportar a droga --foram contratados como "mulas"-- e estão há cerca de 15 dias no Brasil. Eles disseram que pegariam um voo com destino à Itália e que havia na quadrilha entre 20 e 30 pessoas.
Ainda segundo Silva, a polícia teve dificuldades para prender o grupo inteiro porque eles seguiam em táxis separados para o aeroporto.
A polícia investiga agora a origem da droga e o local onde esses estrangeiros ficaram hospedados no Brasil.
Os 12 foram indiciados sob suspeita de tráfico internacional de drogas.

Comentários