Mais quatro presídios

Estado do Rio terá até o fim do ano

Informou o coordenador do programa Grupo Executivo Delegacia Legal da Secretaria de Estado de Obras, César Campos, na audiência pública da comissão de Defesa dos Direitos Humanos da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), nesta terça-feira (05).
O início das obras só depende do aval do TCE (Tribunal de Contas do Estado). As unidades serão construídas nos municípios de São Gonçalo, Magé e Resende.
Os novos presídios são uma resposta a demanda da superlotação. Segundo o presidente da comissão, o deputado Marcelo Freixo (PSol), a construção destas casas de custódia é apoiado pelo Legislativo, Judiciário e Executivo.
 - O fim das carceragens na Polícia Civil é um elemento muito positivo dentro daquilo que a gente espera, ainda mais com essas novas unidades à disposição.
De acordo com César Rubens Monteiro de Carvalho, da Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária), desde o dia 15 de março quase 600 deixaram as celas da Polícia Civil.

Comentários