Polícia Federal multa banco em Campos

No 14º dia de greve, agência estava atendendo irregularmente


A Delegacia da Polícia Federal em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, autuou a agência do banco Bradesco no centro da cidade por funcionar irregularmente durante a greve dos vigilantes no município.
A greve, que completa 14 dias nesta terça-feira (5), está impedindo o funcionamento dos bancos em 15 municípios no interior do Rio de Janeiro porque existe uma lei federal que proíbe o atendimento ao público nas agências bancárias sem a presença de um vigilante.
O delegado da Polícia Federal Paulo Cassiano disse que o órgão tem checado todas as denúncias que recebe através do telefone (0xx22) 2726-8700 e que, por enquanto, a única confirmada foi a do banco particular.
Os vigilantes estão em greve desde o dia 23 e reivindicam um reajuste de 10% além da inflação e que o tíquete passe para R$ 15; atualmente ele é de R$ 8,20.
O Sindesp-RJ (Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado do Rio) informou que o acordo já foi assinado e que os vigilantes vão receber um reajuste de 14,62% em seus vencimentos nos contra-cheques de abril.

Comentários

Unknown disse…
To acompanhando e divulgando Telma.