Avião movido a energia solar decola para primeiro voo internacional

 
Solar Impulse levantou voo de aeroporto na Suíça e deverá descer após 12 horas na Bélgica


 
O avião experimental Solar Impulse, do psiquiatra e balonista suíço  Bertrand Piccard, decolou hoje do aeroporto militar de Payerne, na Suíça, para realizar a primeira viagem internacional de um avião módico a energia solar. O voo, com duração prevista de 12 horas, terminará no aeroporto de Bruxelas, na Bélgica.

"O objetivo é mostrar o que podemos fazer com a tecnologia existente em termos de energia renovável e a capacidade de poupar energia", afirmou à Reuters o piloto Andre Borschberg, por telefone em pleno voo. Ele disse acreditar que esse tipo de tecnologia  pode ser copiado para fornecer energia a carros e residências. "É simbólico conseguirmos viajar de um lugar para outro usando energia solar".

Em julho do ano passado, o Solar Impulse entrou para a história ao realizar o primeiro voo de 24 horas sem interrupção, movido apenas por painéis solares e suas baterias.

 

Comentários