Caso Aires Bessa: Parte II

Delegado de Cabo Frio:
“Não vamos sair por ai "produzindo culpados" porque meia-dúzia estão com pressa ("... até agora ninguém foi preso...")”

Ao ser informado pela Visão La Flora que a fonte da notícia da prisão do suspeito da morte do vereador Aires Bessa era oriunda da assessoria de Comunicação do 25º BPM, através do informativo “ocorrências policiais”, o delegado titular da 126ª DP de Cabo Frio, Dr. Roldenyr Cravo, disse:

- Se esta foi à fonte de tamanha precipitação, pode-se entender que em se tratando de "denuncia anônima", ela fica sujeita a verificação.
Neste caso, constatou-se ser procedente quanto ao porte ilegal de arma de fogo, mas, no que pertine a eventual participação do suspeito no duplo homicídio Ayres/Luciano, fica dependendo de verificação de o delegado titular da 126ª DP que apura o crime.
Volto a dizer que somente o Delegado Titular da 126ª DP tem autoridade legal para emitir informações oficiais sobre qualquer fato ligado ao duplo homicídio Ayres/Luciano, cuja investigação está tramitando sob sigilo.
Nós não podemos cair na insensatez de sair divulgando a esmo todas as informações que recebemos diariamente sobre o crime, sem que elas sejam cuidadosamente verificadas e confrontadas com as provas que já reunimos. Nós não vamos sair por ai "produzindo culpados" porque meia-dúzia estão com pressa ("... até agora ninguém foi preso...").
Uma investigação eficiente, com lisura e viabilidade de condenação, não tem nada a ver com "pressa". Nosso País traz em sua memória os tristes tempos da ditadura quando se "prendia qualquer um" a "qualquer hora", até "imediatamente", "com crime ou sem crime", com provas ou sem prova nenhuma. Eram investigados, processados e condenados na mesma velocidade da opinião daqueles que hoje têm coragem de dizer "até agora...".
Por isso, jornalista, esta Autoridade Policial tem sido muito criteriosa, e cautelosa em seus procedimentos, sem deixar, contudo, de alcançar os resultados almejados por toda sociedade, mas de forma legal, com o mais absoluto respeito à Constituição Federal e demais leis, de maneira absolutamente responsável.

Dr. Roldenyr Cravo
Delegado titular
126ª DP de Cabo Frio

Comentários