Orientação sexual de Cabral

Deputado do PDT põe em dúvida

Por: Berenice Seara
 
O sempre polêmico deputado estadual Paulo Ramos (PDT) acaba de fazer um irônico discurso, no plenário da Assembleia Legislativa, contra a liberação dos militares, anunciada pelo governador Sérgio Cabral, para a participação em eventos gays. De acordo com o governador, os militares fluminenses podem usar as fardas, e até os veículos da corporação, em paradas gays, por exemplo.
Ramos perdeu a linha e partiu para o ataque, dizendo que gostaria de aproveitar e perguntar qual é a orientação sexual do governador. Afirmou que, na época em que Cabral era presidente da Assembleia, esta era uma dúvida que assombrava os corredores. No fim de seu discurso, Ramos conclamou o governador a vestir, na próxima parada gay, roupas de acordo com sua orientação sexual. O deputado também citou nominalmente o secretário do Ambiente, Carlos Minc, que assina com Cabral algumas leis em benefício dos homossexuais.

Comentários