Trânsito na Gamboa será interditado ...

... a partir desta quinta-feira

Para garantir a segurança de motoristas e pedestres que circulam pelo bairro da Gamboa, em Cabo Frio, toda a extensão da rua José Rodrigues Póvoas (Rua dos Biquínis) será interditada ao tráfego de veículos das 8h às 19h. No local, segundo a assessoria de Comunicação da Prolagos, a empresa vai retomar a execução das obras da última fase do cinturão coletor de esgotos no entorno da Lagoa Araruama, que visam evitar o despejo de esgoto in natura, em tempo seco, nos municípios da área de concessão da empresa.



Devido à intensa movimentação de máquinas e equipamentos pesados, a interdição da via - solicitada pela Prolagos e autorizada pela prefeitura de Cabo Frio - deve durar 60 dias. O trânsito de veículos no sentido Peró - Centro será desviado pelo bairro Jacaré, de segunda à sábado, a partir das 8h. A liberação da pista será feita a partir das 19h. Aos sábados, o trânsito será aberto às 16h. Os moradores da rua terão o acesso liberado para a entrada e saída de veículos. Toda a movimentação no local será coordenada por fiscais de obras da Prolagos e agentes da Guarda Municipal.

Na sexta-feira, dia 06/05, foi realizada, no Clube Costa Azul, uma reunião - convocada pela prefeitura e pela Prolagos - com objetivo de informar a comunidade sobre os detalhes do trabalho, as mudanças que serão feitas no trânsito e as medidas tomadas para minimizar os transtornos causados pelas atividades no local.

As obras da última fase do cinturão coletor de esgotos no entorno da Lagoa Araruama foram suspensas em dezembro do ano passado, em função do início da alta temporada e consequente aumento do fluxo de carros e turistas na cidade de Cabo Frio. Outro obstáculo para a continuidade das obras foi a descoberta de um corpo rochoso subterrâneo localizado no trajeto previsto para a passagem da tubulação. A solução mais segura foi a utilização de argamassa expansiva, que produz uma reação química na rocha, fracionando-a em pedaços e facilitando  a remoção.

Para a construção do último trecho do cinturão, a Prolagos já investiu um total de R$27 milhões, com objetivo de evitar que a Lagoa receba o despejo in natura de esgoto, em tempo seco, nos municípios da área de concessão da empresa. 

Comentários

Janaina disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Janaina disse…
Já não era sem tempo, aquele aguaceiro no final da Gamboa está terrível, sem falar no grande ganho para a Lagoa de Araruama; em relação ao trânsito, uma sugestão que serviria de teste, é a de transformar as ruas José Rodrigues Póvoas e Samuel Bessa em sentidos únicos, iria facilitar o trânsito e o acesso.