Em Porto Seguro, destroços de helicóptero que caiu na Bahia são encontrados

O secretário-chefe da Casa Civil do Rio de Janeiro, Régis Fichtner, que acompanha o governador Sérgio Cabral na Bahia, informou na manhã deste sábado que foram encontrados destroços do helicóptero que caiu na noite de tarde de ontem, na região de Porto Seguro.

Foto: Joa Souza/Agência A Tarde
Foto: Joa Souza/Agência A Tarde

O secretário revelou, ainda, que a prioridade da família Cabral, nesse momento, é localizar os três corpos que ainda estão desaparecidos. Segundo ele, o governador está acompanhando de perto o trabalho da Marinha e da Aeronáutica e ainda não tem previsão de retornar para o Rio de Janeiro.

"Vamos dar mais informações quando as buscas terminarem. Não posso dizer onde o governador está nesse momento, mas ele está acompanhando o trabalho de buscas   desde ontem", revelou Régis.

Segundo ele, o corpo de Mariana Noleto, namorada do filho do governador, ainda não foi encontrado.
Apesar de haver indícios de que Mariana também não teria conseguido sobreviver à queda do helicóptero na noite de sexta-feira, a família ainda tem esperanças.

"Para nós, enquanto não acharem o corpo, ela estará desaparecida. Estamos rezando", afirmou o tio materno de Mariana, Victor Massena. Segundo Victor, antes de embarcar Mariana teria falado ao telefone com a família e informado que o tempo em Porto Seguro estava bom.
A família de Mariana também confirmou que a jovem que faleceu no Hospital Regional Deputado Luis Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, na Bahia, na madrugada deste sábado era Fernanda Cavendish, irmã da socialite Jornada Kfuri Cavendish.

Namorada de filho de Sérgio Cabral morre em queda de aeronave

Mariana Noleto, namorada de Marco Antônio Cabral, filho do governador Sérgio Cabral Filho, morreu, na noite desta sexta-feira, na queda do helicóptero na região de Porto Seguro, na Bahia. Marco Antônio viajaria em seguida. Seu pai teria embarcado em um voo anterior. A aeronave que caiu deixou Porto Seguro em direção ao condomínio de luxo Jacumã Ocean Resort, em Trancoso, e desapareceu às 18h40.

Marco Antônio embarcaria em outra viagem do helicóptero: sua namorada, Mariana Noleto, voou com amigos | Fotos: Paulo Alvadia e Fernando Souza / Agência O Dia
No helicóptero havia sete pessoas. Só Fernanda, 35 anos, sobreviveu mas está em estado grave no Hospital Luis Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. Até o final da noite de sexta-feira, dois corpos haviam sido resgatados.

Foto: Reprodução da Internet
 
As outras vítimas são Jordana Kfuri Cavendish, seu filho Lucas, e outra criança. A babá de Lucas e o piloto, o empresário Marcelo Almeida, sócio do resort, também morreram. A sobrevivente é irmã de Jordana. Mariana teria sido resgatada com vida, mas não resistiu.
 
Voo seguinte
Fernando Cavendish, marido de Jordana, e Marco Antônio não embarcaram pois não havia lugar: seriam várias viagens para levar todos os convidados. Eles iriam na seguinte, quando o helicóptero retornasse. A aeronave levava o grupo de amigos para passar o fim de semana no condomínio, que tem praia particular.
As condições do tempo eram ruins. Chovia muito e havia muita neblina. Há dois anos, na mesma rota, um bimotor caiu em Trancoso e matou 14 pessoas, entre elas o empresário Roger Wright e três gerações de sua família.

Reportagem de Bruno Astuto, Fernanda Alves e Aline Salgado

Comentários