Prazo para sacar o abono salarial termina amanhã


Tem direito ao benefício quem trabalhou com vínculo empregatício por 30 dias em 2009

Termina nesta quinta-feira (30) o prazo para cerca de 1 milhão de trabalhadores que ainda não sacaram o abono salarial (no valor de R$ 545) pegarem a grana. Tem direito a receber o benefício quem trabalhou com vínculo empregatício por, ao menos, 30 dias em 2009, tendo recebido, em média, até dois salários mínimos – que naquele ano teve os valores de R$ 415 (em janeiro) e R$ 465 (demais meses).
Quem não sacar a grana não terá outra chance. A data não será prorrogada e o dinheiro volta para o FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). O pagamento começou a ser feito em julho do ano passado e até maio deste ano foram pagos R$ 8,71 bilhões para 93,8% dos trabalhadores que têm direito ao benefício no país.

Além dos requisitos do rendimento, para ter direito é necessário estar inscrito no PIS (Programa de Integração Social ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Púbico) há cinco anos, ou seja, pelo menos desde 2005, e ter sido informado corretamente pelo empregador junto à Relação Anual de Informações Sociais (Rais 2009).

Tem direito a receber o abono salarial neste ano quem trabalhou com vínculo empregatício por ao menos 30 dias em 2009, tendo recebido, em média, até dois salários mínimos – que naquele ano teve os valores de R$ 415 (em janeiro) e R$ 465 (demais meses).

É necessário também estar inscrito no PIS (Programa de Integração Social) ou no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Púbico) há cinco anos, ou seja, pelo menos desde 2005, e ter sido informado corretamente pelo empregador junto à Relação Anual de Informações Sociais (Rais 2009).

Quem preencher os requisitos deve ir até uma das agências da Caixa com o Cartão Cidadão ou a carteira de trabalho e o número do PIS. O saque é feito na boca do caixa ou em lotéricas, terminais de auto-atendimentos ou postos do Caixa Aqui.

Os trabalhadores inscritos no Pasep, ou seja, os servidores públicos, devem ir até o Banco do Brasil receber o dinheiro. Caso a empresa ou instituição pública estiver cadastrada em um dos dois bancos, o pagamento será realizado por meio do contra-cheque do trabalhador.

Comentários