18 anos da chacina da Candelária


Nesta sexta haverá missa e passeata em homenagem aos oito mortos em 93

Bruna Prado / Agência Estado
Vigília Candelária

Vigília de familiares de vítimas de violência


Pais que perderam os filhos vítimas de violência participaram na noite de ontem (21) de uma vigília em frente à igreja da Candelária, no centro do Rio de Janeiro.
O ato lembra os 18 anos da chacina da Candelária, que aconteceu no dia 23 de julho de 1993. Na ocasião, oito pessoas, entre elas seis menores de idade, foram assassinados por policiais militares.
Nesta sexta-feira (22), representantes da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, integrantes de ONGs e a sociedade civil participam de uma passeata e da missa pela morte das vítimas do massacre, às 10h, na igreja da Candelária.
A "Caminhada em Defesa da Vida! Candelária Nunca Mais!" está prevista para as 12h. Os manifestantes sairão da igreja e seguirão pela avenida Rio Branco até a Cinelândia.

Comentários