Em Cabo Frio, médica é ameaçada por homem armado


Direção da UPA disse que vai reforçar segurança

Segundo a direção da UPA de Cabo Frio, foi tudo muito rápido e não houve tumulto. Quatro seguranças estavam na unidade e anotaram a placa do carro do homem.

do RJ INTER TV 1ª Edição

Uma médica foi ameaçada por um homem armado na tarde de ontem (26) na UPA de Cabo Frio. A direção da unidade já pensa em reforçar a segurança. Segundo informações da direção da UPA, o homem levou a mãe, de 51 anos e, depois que uma enfermeira verificou a pressão dela, o filho não quis esperar a vez e entrou direto em um dos consultórios e, com uma arma na mão, ameaçou a médica.
Ainda segundo a direção da UPA, foi tudo muito rápido e não houve tumulto. Quatro seguranças estavam na unidade e anotaram a placa do carro do homem. Já a viatura da PM, que costuma ficar na entrada, tinha ido acompanhar a transferência de um paciente para um hospital.
A UPA possui um sistema interno de videomonitoramento e, logo na entrada, uma câmera registra a movimentação. Mas quando o homem entrou com a mãe, o equipamento estava desligado para manutenção. Mas a direção da unidade entregou à polícia a ficha da paciente e o homem foi identificado pelo endereço da mãe. Ele já foi ouvido na delegacia.
Na terça (26), o movimento foi considerado tranquilo na UPA de Cabo Frio. Seis médicos trabalhavam e cerca de 360 pessoas foram atendidas, um número abaixo da média de 800 pacientes consultados, o que fez a direção estranhar ainda mais a reação do homem. Agora, uma forma de reforçar a segurança já está sendo pensada.

Comentários

Anônimo disse…
Tudo no UPA esta em manutenção será q. os lençois tb ?pois qdo fui levar minha mãe, tive q. leva-los de casa ou minha mãe deitada na lona pura.