Jovem agredido com o pai presta depoimento



O jovem que foi agredido com o pai enquanto passeava na Exposição Agropecuária Industrial e Comercial de São João da Boa Vista, no interior de São Paulo, prestou depoimento na manhã desta sexta-feira, no 1º Distrito Policial de São Bernardo.
Ramon Lohan Garrido, 18 anos, disse aos policiais que estava abraçado ao pai quando um grupo se aproximou e perguntou se eles eram gays. Os dois negaram e os suspeitos foram embora, mas voltaram e iniciaram as agressões às vítimas.
O pai de Ramon teve um pedaço da orelha decepada. A primeira suspeita era de que os agressores haviam mordido a orelha da vítima, mas os médicos que fizeram os primeiros atendimentos descartaram essa hipótese, pois o corte é preciso e teria sido feito com objeto afiado.
O depoimento do jovem, que chegou ao DP acompanhado da mãe, do padrasto, do irmão e de dois advogados, será encaminhado ao delegado responsável pelo caso em São João da Boa Vista.
Por volta das 11h45, Ramon saiu do DP e foi ao Instituto Médico-Legal para realizar o exame de corpo de delito. (Com informações de Camila Brunelli)

Comentários