Na ponte Rio-Niterói, morre mais uma vítima do acidente


Mônica Gutierrez de Campos estava internada no Souza Aguiar, mas não resistiu



Uma das vítimas do acidente de sábado (30) na ponte Rio-Niterói morreu na manhã deste domingo (31). Segundo a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, além de Deise de Aguiar Gutierrez, de 30 anos, Mônica Gutierrez de Campos, de 31 anos, que chegou em estado grave ao Hospital Souza Aguiar, no centro da capital fluminense, também faleceu. 
Outros dois ocupantes do carro em que ela estava também foram levados para a mesma unidade de saúde. Marcelo Gutierrez de Campos, de 31 anos, teve um corte no rosto e já foi liberado pelos médicos. Já a menina Beatriz de Aguiar Gutierrez, de 6 anos, sofreu uma fratura no fêmur e uma contusão no pulmão. Ela continua internada e apresenta estado de saúde estável, mas sem previsão de alta.
De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), dois veículos bateram por volta das 3h30 do último sábado na altura do km 328, na descida do Vão Central, sentido Niterói. A pista em direção ao município da região metropolitana chegou a ser fechada entre 3h30 e 4h para a remoção das vítimas. O acidente foi registrado na Delegacia do Fonseca (78ª DP), em Niterói.

Comentários