No Rio, aumentam na segunda-feira pedágios na ponte e na RJ-116


Tarifa na Via Lagos vai ser reajustada na quinta-feira, dia 4

Riotur
ponte rio niterói
Tarifa básica do pedágio na Ponte vai passar para R$ 4,60

O pedágio na ponte Rio-Niterói e na RJ 116, que liga Itaboraí, na região metropolitana, a Macuco, passando por Nova Friburgo, ambos na serra, vai aumentar a partir de segunda-feira (1º). Na próxima quinta-feira (4) começa a vigorar também a nova tarifa na Via Lagos, a RJ 124, que liga Rio Bonito, também na área metropolitana, a São Pedro da Aldeia, na região dos Lagos. Todos esses reajustes são anuais.
Na ponte Rio-Niterói a tarifa básica passa de R$ 4,30 para R$ 4,60. Motocicletas pagarão R$ 2,30, carro e caminhonete com semirreboque, R$ 6,90. Caminhão leve, ônibus, furgão e carro com reboque vão pagar R$ 9,20. Para veículos de carga com três eixos a tarifa passa a ser de R$ 13,80; com quatro eixos, R$ 18,40; cinco eixos, R$ 23 e, seis eixos, R$ 27,60. O reajuste da ponte foi autorizado pela ANTT (Agencia Nacional de Transportes Terrestres).
O reajuste da RJ-116 foi autorizado pela Agetransp (Agencia Reguladora do Transporte). A tarifa básica passou de R$ 3,70 para R$ 3,90. Para caminhões e ônibus de até dois eixos o pedágio passa para R$ 7,80. Para os de três a seis eixos o valor será de R$15,60. Nos veículos com mais de seis eixos será cobrada a tarifa básica multiplicada pelo número de eixos do veículo. A rodovia tem quatro praças de pedágio: no km 1,9, em Itaboraí; no km 48,8, em Cachoeiras de Macacu, na região serrana; no km 90,4, em Nova Friburgo; e no km 122,3, em Cordeiro, também na serra.
Na Via Lagos, as novas tarifas começam a vigorar na quinta-feira. O valor do pedágio para quem vai do Rio de Janeiro para a região dos Lagos durante os dias úteis passará de R$ 9,80 para R$ 10,30. Nos finais de semana e feriados estaduais e nacionais, a tarifa passou de R$ 15 para R$ 15,70. O reajuste na Via Lagos foi autorizado pela Agetransp.

Comentários