No Rio, bombeiros comemoram 155 anos de corporação com cerimônia aberta ao público

Agentes farão demonstrações profissionais e exposição de equipamentos

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro completa 155 anos neste sábado (2) e, para comemorar a data, haverá uma solenidade no pátio do Complexo de Ensino Coronel Sarmento, em Guadalupe, às 10h.

O evento será aberto ao público e contará com a participação de agentes das Unidades Especializadas, que farão demonstrações profissionais, exposições de equipamentos, materiais e viaturas operacionais.
Na cerimônia, os cadetes do primeiro ano, que são alunos da Academia de Bombeiro Militar Dom Pedro 2º, receberão 53 Espadins. O evento simboliza o início da jornada como bombeiros-Militares dos futuros Oficiais da Corporação.
O ano de 2011 é especial para os bombeiros do Estado. Desde abril, membros da corporação protestam por melhores salários e condições de trabalho. No dia 3 de junho, um grupo de manifestantes invadiu o Quartel Central, no centro do Rio. Na manhã do dia seguinte, 439 deles acabaram presos.
Uma semana após a detenção, a Justiça Militar autorizou a libertação dos bombeiros. O passo seguinte foi conseguir a anistia administrativa, que impediria qualquer punição interna ou possibilidade de exoneração. Na última terça-feira (28), a Alerj (Assembleia Legislativa do Rio) aprovou o projeto, que foi sancionado pelo governador Sérgio Cabral no dia seguinte.
A luta agora é para que os bombeiros consigam a anistia criminal, que foi aprovada pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados e depois enviada para o Senado, que baterá o martelo sobre o caso.
R7

Comentários