Alerj aprova 5% a professor. Veja as novas tabelas

O novo índice será aplicado a partir de 1º de setembro. Nova Escola será antecipada
Por Alessandra Horto
A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou ontem o reajuste de 5% para os 148 mil professores ativos e inativos do Estado do Rio. O novo índice será aplicado a partir de 1º de setembro. O aumento definitivo é um pouco maior do que foi apresentado em 1º de agosto pelo Poder Executivo, de 3,5%. Os profissionais da Faetec também foram contemplados com os mesmos 5% de aumento. O governador Sérgio Cabral tem 15 dias para sancionar o texto.


Foto: Divulgação / AlerjProfessores acompanharam votação na Assembleia Legislativa | Foto: Paulo Alvadia / Agência O Dia

Também está confirmada antecipação da parcela de 2012 para julho de 2011 da gratificação Nova Escola. O bônus foi criado em 1999 como adicional por produtividade.
Os parlamentares aprovaram texto substitutivo que determina que as demais parcelas devem ser liquidadas em 2013. Com isso, a parcela de 2014 será antecipada para julho de 2012 e a de 2015 será paga em julho de 2013. Os deputados aprovaram ainda aumento de 14,6% para animadores culturais, considerando o vencimento-base e a antecipação do Nova Escola.




Os profissionais de apoio, que tiveram o nome da classe modificado para “Pessoal Administrativo Educacional”, terão a carreira descongelada a partir de setembro. Para eles, o aumento será entre 10,40% e 116,04% de uma só vez. A Casa garantiu 8% de diferença entre cada nível da carreira.

Entre as demais emendas aprovadas, está a regulamentação de 1/3 da carga horária dos professores 16h, 22h e 40h para uso de planejamento didático. E a garantia de abono das faltas dos dias paralisados em 2011.
Para servidores do Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e Alerj haverá redução do reajuste: 6,71% para 5%.

Comentários