Em Campos, homem morre após ser atropelado na BR-101

O acidente ocorreu na altura de Caxeta e o caminhão envolvido pertencia à Auto Pista Fluminense.

do RJ INTER TV 1ª Edição

Um homem morreu na manhã desta quarta-feira (17), depois de ser atropelado por um caminhão da Auto Pista Fluminense, empresa que administra a BR-101. O acidente foi na altura de Caxeta, em Campos, e o corpo ainda está no local. O trânsito está em meia pista, mas já flui sem retenções.

A BR-101 apresenta , no trecho urbano de Campos, diversos riscos para quem passa pelo local. Os radares de fiscalização eletrônica que ali ficavam foram desligados pela concessionária que administra a rodovia.

Aqueles que precisam atravessar a estrada em horários de grande movimento, convivem com o perigo e muitas vezes, atravessam a pista correndo.

Njesta quarta-feira (17), a Autopista Fluminense comunicou que existem uma passarela próxima à Escola Estadual Doutor Felipe Uébe e um semáforo sinalizando a travessia dos pedestres. A concessionária informou ainda que vai reforçar a sinalização no local e o mesmo vai acontecer próximo à Escola Estadual Joaquim Ataíde, em Tapera.

Já em relação à retirada dos radares, a empresa informou que novos aparelhos estão em fase de aprovação pela Agência Nacional de Transportes Terrestes (ANTT), e serão instalados em breve.


Comentários