Flamengo fica sem Ronaldinho e Renato


Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com Ronaldinho e Renato no próximo compromisso do Flamengo. A dupla recebeu o terceiro cartão amarelo no empate por 2 a 2 com o Figueirense no domingo e não enfrenta o Atlético-GO, quinta-feira, pela 17ª rodada.
Ronaldinho disputou 34 dos 44 jogos da equipe na temporada. Foram 15 gols marcados. Ele é o artilheiro do Campeonato Brasileiro com nove gols e, depois que retomou a boa fase, tem sido decisivo para o Rubro-Negro com liderança e talento. Também é uma arma na bola parada.


Renato fez seis gols no ano e jogou 42 vezes. A marca do camisa 11 é a versatilidade. Quando necessário, Luxa o escalou como segundo volante e até de lateral-esquerdo. Depois da chegada de Airton, ele passou a jogar novamente um pouco mais adiantado, ao lado de Thiago Neves na armação. Assim como Ronaldinho, é ótima alternativa na bola parada e em chutes de longa distância.
Contra o Atlético-PR, na última quarta-feira, na estreia do time na Copa Sul-Americana, Vanderlei poupou Renato e Ronaldinho até os 15 minutos do segundo tempo. O time só chegou ao gol depois que eles e Thiago Neves, que também fora poupado, entraram: 1 a 0, gol de Ronaldinho de pênalti.
Bottinelli e Luiz Antonio são prováveis substitutos. Diego Maurício também é opção, caso o técnico queira uma formação mais ofensiva. O Flamengo tem 34 pontos e continua na vice-liderança. O Corinthians também tem 34, mas está em primeiro com uma vitória a mais: 10 a 9.
Na partida contra o o Figueirense, o árbitro Heber Roberto Lopes aplicou seis cartões amarelos para os jogadores do Flamengo e curiosamente, mesmo o adversário cometendo algumas faltas duras, não deu nenhum cartão para a equipe do Figueirense.
Para piorar tudo, o juiz, que apesar de tudo o que já fez em sua carreira, está sendo cotado para apitar na Copa do Mundo, também ameaçou os jogadores rubro-negros, conforme contou o craque Ronaldinho ao deixar o gramado.
– É uma vergonha o árbitro durante o jogo ficar ameaçando os jogadores. É uma vergonha. Falei que não era justo ele ficar ameaçando meu companheiro e ele simplesmente me deu cartão. Sempre respeitei os árbitros de uma maneira geral. Alguns jovens não falam, ficam com medo de serem perseguidos por ele depois. Mas não sou moleque e não estou começando a carreira agora –, desabafou Ronaldinho.
Heber Roberto Lopes deu cartão amarelo para Welinton, Deivid, Renato, Ronaldinho, Airton e Willians. A atuação do juiz também revoltou o lateral Léo Moura, que nunca costuma reclamar da arbitragem.
– Um árbitro como esse não pode apitar na Série A do Brasileiro –, disse Léo Moura.

Comentários