No Rio, professores fazem assembleia nesta quarta para discutir rumo da greve


Após reunião, categoria seguirá em passeata até a Alerj

Arquivo Agência O Dia 
barracas 

Professores e funcionários de educação do Estado do Rio de Janeiro farão nesta quarta-feira (3) uma assembleia para discutir as propostas que o governo vem apresentando para a categoria, em greve há mais de 55 dias. A reunião irá acontecer por volta das 9h na rua dos Arcos, na Lapa, região central do Rio de Janeiro.
De acordo com o presidente do Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação), Sérgio Paulo Aurnheimer, será discutido na assembleia o rumo da greve perante as propostas que o governo do Estado tem oferecido. Na segunda-feira (2), a Secretaria Estadual de Educação anunciou um reajuste de 3,5% de aumento para os professores, mas a proposta foi rejeitada pela categoria.
Após a assembleia os grevistas farão uma passeata até a Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). O objetivo, segundo Aurnheimer, é pedir uma audiência com o presidente da casa, o deputado Paulo Melo (PMDB), para tentar melhorar as propostas do governo.

Comentários