Prêmio para estudantes de jornalismo levará vencedores à Inglaterra


Organizado pelo Instituto Vladmir Herzog, a 3ª edição do Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão irá premiar um ou até três estudantes de jornalismo com uma viagem para a Inglaterra. Para concorrer ao prêmio, os participantes terão que se inscrever na página do concurso e enviar, até o dia 30 de setembro, uma pauta sobre “Oito objetivos do Milênio”, que compreende dois temas: Direitos à Vida e Direito à Justiça.
Qualquer estudante de jornalismo regularmente matriculado pode concorrer ao prêmio. Uma das exigências, segundo o regulamento, é que os alunos, em até grupos de três integrantes, sejam orientados por um professor da própria universidade. Após o envio dos projetos, uma comissão irá eleger as duas melhores propostas de pauta, baseada em critérios como relevância, originalidade e ética na elaboração.
Dois trabalhos serão apresentados ao público em 24 de outubro, no teatro TUCA, em São Paulo. Nesta mesma data, o local receberá o 33º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos. Após a seleção dos finalistas, o instituto oferecerá bolsas para que o estudante (ou o grupo) desenvolva o projeto. O conteúdo jornalístico poderá ser produzido para as seguintes mídias: jornal, revista, rádio, televisão, internet, web-rádio, web-tv ou fotojornalismo.
Jovens Artistas
O destino do vencedor ou equipe será a cidade inglesa de Nottingham, em 2012. A premiação ainda inclui participação no Encontro Mundial de Jovens Artistas e a publicação do trabalho desenvolvido em algum veículo de comunicação da grande imprensa.

Comentários