Tapete vermelho está pronto para os astros do Festival de Veneza


O ator George Clooney já chegou para o Festival de Veneza


O tapete vermelho está estendido e os trabalhadores estão dando os últimos retoques na sede do Festival de Cinema de Veneza para a fulgurante abertura nesta quarta-feira, quando o drama The Ides of March, com George Clooney, terá sua première.
A edição de 2011 do mais antigo festival de cinema do mundo promete uma rica sequência de filmes ansiosamente aguardados, muitos deles com a esperança de que o lançamento em grande estilo os coloque no caminho de prêmios no começo do ano que vem.
Nos próximos 11 dias, a ilha do Lido, do outro lado de Veneza, recebe a nata da produção mundial de cinema independente, bem como milhares de jornalistas e paparazzi que seguem cada movimento das celebridades.


O diretor do festival, Marco Mueller, aguarda uma programação que sugere que Veneza ainda pode competir com a vitrine do cinema em Toronto, no Canadá, um outro festival que se realiza nesta mesma época e é uma alternativa mais barata para estúdios de Hollywood.
– É uma programação que mostra quanto apoio temos de artistas, produtores… e prova que Veneza realmente se posiciona como uma grande plataforma para criar um tipo especial de visibilidade –, disse Mueller.
Vestindo seus smokings ao lado de Clooney na quarta-feira estarão os atores Ryan Gosling e Philip Seymour Hoffman, seguidos mais tarde no festival por Colin Firth, Keira Knightley, Matthew McConaughey, Kate Winslet, Matt Damon, Jude Law, Gwyneth Paltrow e a popstar Madonna.
– Não me lembro de um momento em que tantas pessoas estivessem tão ansiosas por ver a fila dos participantes –, disse Jay Weissberg, crítico de cinema da Variety, publicação de Hollywood que é presença constante em Veneza.
A relação de 22 filmes da mostra competitiva e dezenas de outros ofusca o evento de 2010, produzido a baixo custo. Veneza este ano tenta repetir o sucesso de 2008, quando lançou Guerra ao Terror, que depois arrebatou seis Oscars, incluindo o de melhor filme.
Entre os títulos mais aguardados estão Tinker, Tailor, Soldier, Spy, adaptação de um livro de espionagem de John Le Carré, com Colin Firth, que ganhou recentemente o Oscar de melhor ator, Gary Oldman e John Hurt.
Há ainda na mostra competitiva Wuthering Heights, do britânico Andrea Arnold – filmagem de O Morro dos Ventos Uivantes - Texas Killing Fields, do diretor norte-americano Ami Canaan Mann, e Killer Joe, de William Friedkin.
De fora da competição, Madonna faz sua segunda aparição no cinema, com W.E., um drama baseado no romance entre a divorciada Wallis Simpson com o rei britânico Edward VIII, que abdicou do trono em 1936 para casar-se com ela.

Comentários