Complexo Cultural do Bumba-Meu-Boi é o mais novo Patrimônio Cultural do Brasil

O Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural aprovou o registro do Complexo Cultural do Bumba-Meu-Boi no Maranhão como Patrimônio Cultural do Brasil.
A decisão, tomada na terça-feira, foi o resultado de uma luta de seis anos. A proposta de registro foi apresentada em 2008 ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pela Comissão Interinstitucional de Trabalho, composta pela Superintendência Regional do Iphan e atual Superintendência do Iphan no Maranhão, pela Secretaria estadual de Cultura, a Fundação Municipal de Cultura, a Comissão Maranhense de Folclore, o Grupo de Pesquisa Religião e Cultura Popular da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), representantes dos grupos de Bumba-Meu-Boi dos Sotaques da Baixada, da Matraca, do Zabumba, da Costa-de-Mão, Orquestra e de Bois Alternativos.
- Receber um título desse dignifica, mas cria a responsabilidade pela salvaguarda dessa  manifestação cultural, para que ela se fortaleça cada vez mais e não seja modificada na sua essência., diz  a superintendente do Iphan no Maranhão, Kátia Bogea.
O conselho, que avalia os processos de tombamento e registro de bens do patrimônio cultural brasileiro e é comandado pelo presidente do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, é formado por especialistas de diversas áreas, como cultura, turismo, arquitetura e arqueologia. Ao todo, são 22 conselheiros de instituições como o Ministério do Turismo, Instituto dos Arquitetos do Brasil, a Sociedade de Arqueologia Brasileira, o Ministério da Educação, a Sociedade Brasileira de Antropologia, o Instituto Brasileiro de Museus e a sociedade civil.

Comentários