Diretor do Hospital Getúlio Vargas é demitido pelo Estado

Sindicância irá apurar recusa de atendimento em unidades públicas

A Secretaria de Estado de Saúde informou nesta quarta-feira (21) que o diretor do Hospital Estadual Getúlio Vargas, Dr. Luiz Sérgio Verbecaro, foi demitido de sua função. O chefe de equipe de plantão do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, o médico Jocelyn Santos de Oliveira, também foi afastado.
O secretário Sérgio Côrtes instalou sindicância para apurar o atendimento ao paciente Gabriel de Sales, na segunda-feira (19). Após cair da laje de sua casa e bater a cabeça, em Xerém, na Baixada Fluminense, o jovem, de 21 anos, teria percorrido 88 km em sete horas numa ambulância em busca de atendimento em hospitais públicos do Rio. Sales foi levado para cinco unidades de saúde até conseguir atendimento no Hospital Salgado Filho, no Méier, na zona norte.
De acordo com a secretaria, as informações preliminares indicam divergências de relatos sobre a conduta das equipes das duas unidades estaduais, ainda que a regulação do paciente não tenha sido feita pelo SAMU Baixada, responsável em Duque de Caxias e região. Para que a sindicância seja concluída com isenção, a secretaria tomou estas medidas administrativas.

Comentários