Em Cabo Frio, Alair Corrêa filia-se ao PP



Alair Correa assinou ontem a ficha de filiação ao PP e por esta sigla pretende disputar as eleições.


Ele é pré-candidato. A filiação foi feita com bonita festa no Clube Tamoio, no Centro de Cabo Frio, com a presença do Senador Francisco Dornelles.


Em seu discurso o Senador afirmou que Alair será prefeito mais uma vez em Cabo Frio e que vai contar com ele para trabalhar o partido em nível nacional.


Dornelles foi bastante aplaudido e cantou com Alair e as mais de 2 mil pessoas que lotaram o clube, Para não dizer que não falei das flores, de Geraldo Vandré.


Dornelles assina a ficha de Alair Corrêa Neto

O filho, Marcello Corrêa é PP

Alair Corrêa Neto é PP




_________________________________________________________________________________


Mostrando o pau…

Beth Michel
Ontem, nas “poucas e boas” prometi contar tudinho que acontecesse, nos dois eventos políticos para os quais fui convidada ontem, e como não sou Santo Agostinho, e não tenho fôlego para maratonista, fui a um – que prometia ser mais “suculento” (tanto por ausências como por presenças) e deixei a cargo de alguns amigos me informarem sobre o outro. Ou seja, continuo “matando a cobra e mostrando o pau”. E pelo visto acertei na minha escolha. Então vamos parar de embromar os eleitores, e passemos aos fatos:
Evento que eu não fui – Inauguração do escritório de Janio Mendes (PDT):
Meus três informantes me disseram que tinha pouca gente – 200 aproximadamente; e que era a mesma turma de sempre, não foram detectadas “caras novas”, mas foram constatadas algumas ausências (inesperadas).
Alguns destes ausentes na Julia Kubistchek foram vistos no Clube Tamoios.
Por outro lado meu trio de informantes disse que o vereador Silvan Escapini (PSC) estava presente, e aparentemente já refeito da pancadaria que rolou entre ele e Emanuel Fernandes, na Câmara nesta quinta-feira por conta do número de cadeiras para 2012.
A mesa foi composta por representantes de alguns partidos chamados “nanicos”, mas não havia (na platéia) partidários notórios destes partidos – possivelmente por falta de espaço.
Evento que eu fui – Solenidade de filiação de Alair Correa ao PP:
O Clube Tamoios estava repleto, só não tinha gente dentro da piscina. Segundo gente que está acostumada a contabilizar multidões eram entre 2400 e 2800 pessoas, sem contar aquelas que não conseguiram entrar, e aquelas que só foram dar uma conferida.

Salão lotado - foto Cesar Pinho

Salão lotado II - foto Casar Pinho
Foi uma sorte a organização ter providenciado telões para o lado de fora. Aliás, a organização estava de primeira, meus parabéns aos responsáveis e ao pessoal do clube, super atenciosos, banheiros limpíssimos do começo ao fim de evento.
A Banda Santa Helena se esmerou na apresentação de músicas do cancioneiro popular, que incluiu a música preferida de Alair: “Caminhando e cantando e seguindo a canção…” e na execução do Hino Nacional.
Conforme eu havia imaginado o quarteto Pepista (Delma, Paulo Massa, Zé Ricardo e Rogério do Laboratório) não apareceu nem mandou representante, e com certeza o vestuto e perene senador Dornelles deve ter anotado a gazeta em seu caderninho. Mas como disse antes o problema é deles e não de Alair. Alguns muristas também não deram as caras. Mas os Alairistas tradicionais estavam todos lá. Inclusive alguns que segundo a mídia blogueira teriam desertado. Arrependimento?
Registrei a presença de um grande número de “caras novas”, mas desconhecidas no meio político, e como não havia comes e bebes por conta da casa, imagino que tenham ido pelo evento em si. Tinha muita, mas muita gente mesmo do 2º Distrito, e vamos combinar que a viagem até aqui – graças à estrada de “entregação”; é um ato de desprendimento e bravura.
Destaque especial para a elegância das senhoras e de alguns senhores, sendo que o escritor Tony Fonseca estava de parar o trânsito, e Katyuscia (Chaparral) estava de dar inveja a Gisele Bündchen, aposto que tem muito marmanjo curtindo um torcicolo…
Mas, o “bafão” da noite foi dado pela presença de muitos empresários e alguns altos funcionários da prefeitura, que ficaram no bar do clube, mas super atentos ao que se passava nos telões, e disfarçadamente puxavam assunto com o pessoal de Alair. Não vou dizer que seja uma mudança de lado em massa, nem que todos estivessem ali como X-9 – até porque era muita gente para um mesmo papel. Mas, há uma boa possibilidade que estejam testando o terreno. E por que não?
Meu amigo James Santos com muito bom humor – mas completamente sério; chegou a dizer que Alair convidou Amaury Valério para se filiar ao PP – segundo as más línguas ele anda meio sorumbático por falta de padrinhos políticos. Garanto que não consegui me decidir se é verdade ou não, mas como política é a arte do (im)possível, até pode ser…

Tenho certeza que se os recém chegados não forem safados notórios; e sem remissão, serão bem recebidos. Esta estória do Alair perseguidor e vingativo e pura lenda urbana. É evidente que qualquer um nesta situação (governista arrependido) vai ter que passar por um período probatório e será observado atentamente até merecer um voto de confiança pleno, mas como diz o ditado: quem não deve não teme.
Fora isso, foram devidamente anotadas as ausências (sem justificativa) de algumas pessoas da mídia, e em especial da mídia dita amiga – pelo menos foi o comentário que ouvi da assessoria de comunicação de Alair, porém como ele anda em uma fase de total bem-aventurança, acho pouco provável que hajam puxões de orelhas, quando muito os faltosos serão ignorados. Mas isso é palpite meu…
PS: só estou publicando a foto da parte interna do clube, porque o flash (fedape) da minha máquina deu xabú. Mas lhes garanto que as áreas externas estavam repletas, assim como todas as outras dependencias do Clube. E teve até engarrafamento na Av. Nilo Peçanha, por conta de pessoal retardatário que ficou do lado de fora. Sugiro que o próximo evento seja na pista do Aeroporto ou no Correião.

Comentários