Em Cabo Frio, carros dominam calçadas e moradores se arriscam nas ruas

Problema é antigo na cidade
Pedestres de Cabo Frio, na região dos Lagos do Rio de Janeiro, reclamam da falta de educação dos motoristas que param os carros na calçadas dificultando a passagem.

O mergulhador Iomar Ferrari se queixa que não consegue circular na cidade.
- Deveriam deixar a calçada livre para a gente passar.
No bairro de São Cristóvão, onde estão várias lojas de carros, a situação é mais complicada. Além dos carros particulares, várias empresas exibem seus produtos nas calçadas. O treinador de futebol Leandro Belo disse que tem que se arriscar andando na rua.
- Ou agente passa pelo cantinho ou pela rua.
A auxiliar de serviços gerais Eva Cristina Moraes lembra que a situação fica mais grave quando há crianças.
- Várias vezes minha filha com a minha neta têm que atravessar no meio da rua com carrinho, assim fica difícil...
Fiscalização
A Secretaria municipal de Ordem Pública de Cabo Frio informou que vai intensificar a fiscalização aos motoristas que estacionam veículos irregularmente nas ruas do bairro São Cristóvão. Atualmente, 36 guardas municipais realizam rondas diárias das 7h às 19h, em horários pré-determinados. 
O secretário municipal de Ordem Pública, Gilson da Costa, reconhece que o efetivo é baixo para atender a cidade. Mas disse que para contornar o problema as viaturas farão fiscalização em horários alternados.
- A prefeitura promove uma campanha permanente de educação no trânsito. Além da multa, o motorista recebe material educativo. Esse trabalho de conscientização é fundamental para garantir o direito de ir e vir de pedestres e portadores de necessidades especiais.
Assista ao vídeo:

Comentários