Greve dos bancários: Procon-RJ alerta consumidor para que não deixe de pagar contas


Documentos poderão ser pagos pela internet, caixas eletrônicos ou casas lotéricas
Em função da greve dos bancários, que começou nesta terça-feira (27) em todo o país, o Procon do Rio de Janeiro recomenda que os consumidores procurem pagar as contas em caixas eletrônicos, pela internet ou em casas lotéricas, para que não sejam prejudicados com a cobrança de juros. 
De acordo com a consultora jurídica do Procon fluminense, Maria Rachel Pereira, o órgão orienta que os clientes entrem em contato o quanto antes com os credores, como lojas, fornecedores, administradores de cartões de crédito e condomínios, para encontrar um meio alternativo de pagar as contas. 
- Embora o consumidor não tenha culpa por essas greves todas, dos Correios e, agora, dos bancários, ele tem conhecimento do débito e da data de vencimento. Então, o consumidor tem que, realmente, correr atrás para tentar uma forma alternativa [de fazer o pagamento]. 


A consultora lembrou que, na semana passada, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) fez uma recomendação para que as instituições financeiras procurassem as prefeituras e as concessionárias de serviços públicos para isentar o consumidor de multas durante o período de greve dos Correios, mas a proposta não foi aceita. 
- Os consumidores têm que ficar atentos porque não vai haver nenhuma isenção na mora de qualquer débito.
O primeiro dia de greve dos funcionários de bancos no Rio de Janeiro foi marcado por adesão de pouco mais de 31% das agências bancárias da capital. De acordo com o Sindicato dos Bancários do Rio, cerca de 302 estabelecimentos ficaram fechados nesta terça-feira (27).

Comentários