Araruama em estado de alerta: 2.000 pessoas podem ficar desabrigadas por causa das chuvas

A preocupação é com as famílias que moram nas margens de cinco rios
A Defesa Civil de Araruama, na região dos Lagos do Rio, entrou em estado de alerta nesta quarta-feira (19), por causa das chuvas que estão atingindo o município. A preocupação é com as 2.000 pessoas que moram as margens de cinco rios que transbordam na época das chuvas.


Os agentes da Defesa Civil estão orientando as famílias que moram em área de risco que procurem amigos e parentes que residam em locais seguros para abrigá-los em caso de enchente. Ao mesmo tempo, a Defesa Civil está catalogando os abrigos municipais.
As áreas mais preocupantes são às margens dos rios Mataruna, Limão, Salgado, Cortiço e das Moças. Durante todo o dia os agentes estão monitorando o nível desse rios. Até o início da tarde desta quarta-feira a situação estava controlada.
Em abril deste ano esses rios transbordaram deixando cerca de 150 pessoas fora de casa. Depois de três dias, os desalojados e desabrigados puderam voltar para o lar.
Em caso de emergência, a população deve entrar em contato com a Defesa Civil de Araruama através do telefone 199.

Comentários