Detran vai dar choque em motorista rebelde


Agentes usarão arma que dispara impulsos elétricos para se proteger de condutores exaltados nas blitzes. Apesar de ser um equipamento não letal, especialistas alertam para o risco de morte.
Pedestres em disparada para cruzar o Eixão são um retrato de uma guerra difícil de ser vencida: a falta de investimento em fiscalização e em educação no trânsito. Segundo dados do Detran, nos sete primeiros meses do ano, 86 pessoas foram atropeladas e morreram nas vias que cruzam o Distrito Federal, 17,8% a mais que em igual período de 2010.

Comentários