Em Búzios, viatura da polícia local é apreendida em S. Antônio de Pádua

Além de estar a 300 km de distância de Búzios, o lanterneiro que conduzia o carro estava com uma arma que teria sido apreendida.
Uma viatura da delegacia de Búzios, na Região dos Lagos, foi apreendida ontem (19) com um lanterneiro na cidade Santo Antônio de Pádua, no noroeste do estado, O detalhe é que, além de estar a uma distância de 300 km de Búzios, o homem ainda estava com uma arma que teria sido apreendida na região dos Lagos no carro.


Carlos Roberto Cândido Ferreira, de 54 anos, se apresentou como investigador da Polícia Civil. Ele usava o carro da delegacia civil de Búzios. E estava com uma arma de uso exclusivo das forças armadas. O revólver deveria estar apreendido na delegacia da Região dos Lagos.
A polícia chegou até o suspeito depois da denúncia de que um homem estava armado em um bar em Aperibé, no Noroeste do Estado. Os policiais desconfiaram do falso policial que, ao ser indagado, confessou que era lanterneiro e prestava serviços para a delegacia de Búzios.
Em depoimento, Carlos disse que estava na região para transportar um policial civil e voltava para a Região dos Lagos. O delegado responsável pelo caso não quis gravar entrevista, mas informou que o homem tem passagem pela polícia e não tinha porte de arma.

Carlos Roberto vai responder pelo flagrante de porte ilegal de arma e falsidade ideológica. O delegado Rivelino Bueno disse que toda a documentação será encaminhada para a delegacia regional de Araruama, para apurar como o homem teve acesso ao revólver e porque não estava acompanhado por um policial na viatura. Ainda segundo o delegado, ele tinha autorização para dirigir a viatura, mas deveria estar acompanhado deum policial.

do Bom dia Rio 

Comentários