Em Cabo Frio, comerciantes reclamam das altas tarifas cobradas nas contas de água

Pela Prolagos, comerciantes pagam até cinco vezes mais do que um consumidor residencial de baixa renda e as indústrias, até 10 vezes mais.
Comerciantes de Cabo Frio reclamam do alto valor das contas de água, eles dizem que a Prolagos, concessionária do serviço na cidade, cobra muito mais caro do que a Cedae, empresa que administra o fornecimento de água e coleta de esgoto no estado. Os comerciantes já até pediram explicações para a agência reguladora porque estão tendo prejuízos.


A cobrança da água pelas concessionárias é feita por metro cúbico e leva em conta as faixas de consumo e a categoria do estabelecimento. Pela tabela da Prolagos, comerciantes pagam até cinco vezes mais do que um consumidor residencial de baixa renda e as indústrias, até 10 vezes mais. A Associação Comercial e Industrial de Cabo Frio, a Acia, diz que a água chega a custar 45% a mais do que na capital.
A instituição enviou um ofício à Agência Reguladora de Energia e Saneamento, a Agenersa, pedindo a equiparação da tarifa aos valores cobrados pela Cedae. A Agenersa já recebeu o ofício da Acia e o documento vai ser anexado a um processo regulatório. Com isso, a agencia deve começar a fiscalizar o fim do desconto que a Prolagos concedia aos comerciantes em Cabo Frio.
do RJ INTER TV 1ª Edição

Comentários