Em Cabo Frio, moradores protestam para pedir vacinas contra meningococcemia


Uma criança morreu com a doença no bairro do Jacaré. A meningococcemia pode ser transmitida de uma pessoa para a outra.
Moradores do bairro Jacaré, em Cabo Frio, fizeram um protesto durante a manhã desta quinta-feira (6) para pedir vacinas contra meningococcemia para todos os moradores do bairro. O medo se espalhou na comunidade depois que um menino de cinco anos morreu essa semana ao contrair a doença.
A confusão se formou na frente da Escola Pomarzinho onde Hygor Tardeli, a criança que morreu com a doença. estudava. Mães de alunos cobravam distribuição de medicamentos para todos os moradores do bairro. Os funcionários da secretaria de Saúde estiveram na escola para medicar apenas as crianças que estudavam no mesmo horário de Hygor. O serviço teve que ser interrompido por causa do tumulto e por conta disso, as aulas no turno da tarde foram suspensas.
A superintendente de Saúde Coletiva em Cabo Frio, Lucy Pires, disse que vai fazer contato com o Governo do Estado para pedir vacina para a população.
A meningococcemia é uma doença grave provocada pela mesma bactéria da meningite meningocócica. A bactéria que causa a doença pode ser transmitida de uma pessoa para outra quando o doente espirra, tosse ou compartilha objetos de uso pessoal.

do RJ INTER TV 1ª Edição

Comentários