Resumo dos jornais neste sábado, Dia do Professor

O Globo

Manchete: Depois da tragédia... Paes quer criar norma que já existe e não é cumprida

Restaurantes só podem ter alvarás provisórios com laudo dos bombeiros

Depois da explosão no restaurante, que matou três pessoas e deixou 17 feridas, o prefeito Eduardo Paes disse que pretende rever a legislação e criar novas regras para a emissão de alvarás provisórios – o estabelecimento teve licença temporária renovada cinco vezes em três anos. No entanto, se seguisse à risca a legislação em vigor, a prefeitura não precisaria mudar as regras, que exigem laudo do Corpo de Bombeiros para o licenciamento, mesmo provisório, de restaurantes. Paes também se comprometeu a apurar se houve algum desvio de conduta de servidores. Em menos de 48 horas, o Disque-Denúncia recebeu 66 ligações sobre depósitos de gás clandestinos – a média era de 2,7 por dia. (Págs. 1, 16 a 19 e Editorial "Desastres cotidianos" na 6)

Países exportadores de carro recorrem à OMC contra Brasil

Coreia do Sul, Japão, EUA e UE reclamam da alta do IPI

Em reunião na Organização Mundial do Comércio, representantes de Coreia do Sul, Japão, Austrália, EUA e União Europeia cobraram explicações do Brasil sobre o aumento de 30 pontos percentuais do IPI para veículos importados. Anunciada pelo Ministério da Fazenda em setembro, a elevação do imposto protege da concorrência estrangeira montadoras instaladas no país. O governo brasileiro já admite que o país pode ser alvo de processo formal da OMC, capitaneado pelos exportadores de carros. 
Preço dos importados sobe até 22,9%
Desde a alta do IPI, há um mês, as montadoras já elevaram os preços de 180 modelos de carros importados. Os reajustes variaram de 6% a 22,9%. (Págs. 1 e 29)

Indignados saem às ruas em 85 países

O movimento de indignados programou para hoje uma marcha mundial, que promete levar às ruas manifestantes em pelo menos 952 cidades e 85 países e superar os protestos contra a Guerra do Iraque, em 2003. (Págs. 1 e 38)

Governo multa governo por desmatamento

Só este ano, o Ibama multou em R$ 42,8 milhões a Superintendência do Incra no Pará por desmatamento e irregularidades em assentamentos - 11% do valor das multas aplicadas em todo o país. Não chega a 1% do total de multas pagas. (Págs. 1 e 3)

A história de mora: Um olhar feminino na política nacional

Pelos olhos da discreta mulher de Ulysses, Jorge Bastos Moreno conta anos decisivos da política brasileira. (Págs. 1 e 10)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: Lixo hospitalar dos EUA é vendido em loja no país

Lençóis descartados por instituições americanas são oferecidos por quilo em PE

Lençóis com nomes de hospitais dos EUA - iguais aos apreendidos pela Receita Federal no porto de Suape e classificados como lixo hospitalar - são vendidos por quilo em uma das principais vias de Santa Cruz do Capibaribe, cidade de 87,5 mil habitantes de Pernambuco, relata Fabio Guibu. 
A Folha comprou nove peças (4 kg) na loja de tecidos e retalhos Império do Forro de Bolso. Parte delas tinha manchas e referências a unidades de saúde dos EUA, como Baltimore Washington Medical Center ou Medline Industries Inc. Amontoados no chão a R$ 10 o quilo.
Funcionários alegaram problemas no sistema para não fornecer nota fiscal ou recibo e, depois de ligação por celular, fecharam a loja.(Págs. 1 e Cotidiano C1)
Inflação na zona do euro bate 3% e supera a meta

A inflação anualizada nos 17 países da zona do euro subiu para 3% em setembro, segundo os dados da Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia.

O novo valor supera em um ponto percentual a meta fixada pelo Banco Central Europeu. Já prevista por analistas, a alta é a maior desde outubro de 2008, auge da crise.
Em Paris, reunião preparatória para a Cúpula do G-20 dividiu-se sobre os recursos para o FMI. EUA, Reino Unido, Canadá e Austrália rejeitaram mais dinheiro para ajudar países do euro. (Págs. 1 e Mundo A16)

Japão interpela Brasil por IPI maior de carro estrangeiro

O Japão questionou o Brasil em reunião da OMC (Organização Mundial do Comércio) sobre o aumento de IPI para carros com menos de 65% de peças nacionais. 

EUA, Coreia do Sul, Austrália e União Europeia apoiaram a interpelação.
O Brasil argumentou que a elevação do imposto é temporária e não configura protecionismo.(Págs. 1 e Mercado B5)

OAB quer ir ao CNJ contra os julgamentos por e-mail

O Conselho Federal da OAB pretende ir ao Conselho Nacional de Justiça contra a decisão do TJ-SP que permite, desde 24 passado, que processos sejam julgados por e-mail. 

Para o presidente da OAB, a medida fere a Cosntituição, que determina que julgamentos sejam públicos e pode gerar 'conchavos' entre magistrados. (Págs. 1 e Poder A4)

Hélio Schwartsman

Em saúde, deve-se distinguir fraudes de gambiarras. (Págs. 1 e Opinião A2)
Horário de verão começa hoje à meia-noite (Págs. 1 e Cotidiano C3)

Vale vai manter minério de ferro como o seu foco

O presidente da Vale, Murilo Ferreira, disse, em entrevista a Maria Cristina Frias, que a empresa vai manter seu foco em minério de ferro. Faz cinco meses que ele assumiu o comando da companhia. Tempo suficiente para mostrar que seu estilo é diferente do seu antecessor, Roger Agnelli.

"Meio mineiro, meio japonês". Assim se define. Para ele é pouco provável que a demanda chinesa por commodities perca a força, o que seria ruim para a companhia e também para as exportações do país. "A China continuará crescendo acima de 8% por muitos anos", afirmou. (Págs. 1 e Mercado B1)

Mônica Bergamo

SP tem 35 mil cabeleireiros, 25% do país. (Págs. 1 e Ilustrada E2)

Editoriais

Leia "Mais fraca", que analisa perspectivas para a economia brasileira, e "Lixo ao mar", acerca da entrada de dejetos sólidos no país. (Págs. 1 e Opinião A2)

------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: IPI do Brasil é protecionista, dizem na OMC Japão e Coreia

Com apoio de EUA, Europa e Austrália, países veem protecionismo na alta da taxação de importados

Os maiores exportadores mundiais de veículos acionaram a Organização Mundial de Comércio (OMC) contra a decisão do Brasil de elevar o IPI para carros importados. Japão e Coreia do Sul, com apoio de EUA, Europa e Austrália, acusam o governo brasileiro de usar o real valorizado para justificar medidas protecionistas, violando compromissos do G-20. A ação não é uma disputa nos tribunais da OMC, mas serve como forma de pressão política. “Estamos profundamente preocupados com a inconsistência da medida e com seu impacto no comércio”, afirmou a delegação japonesa na OMC. Para o governo brasileiro, a atitude desses países é uma forma de responder às queixas internas feitas por suas indústrias. (Págs. 1 e B1, Economia)

Agência nuclear prepara relatório "muito forte" sobre Irã

A Agência Internacional de Energia Atômica, ligada à ONU, prepara um "documento muito forte" sobre o programa nuclear do Irã. Segundo o jornal francês Le Figaro, o texto, que será divulgado na segunda-feira, denunciará pela primeira vez o caráter militar do programa, indicando a construção de uma bomba atômica. A pressão sobre o presidente Mahmoud Ahmadinejad deverá crescer significativamente, diz a AIEA. (Págs. 1 e A12 e Internacional)

Ocupação agora quer se espalhar pelo mundo

Depois de conseguirem não ser desalojados, ocupantes de Wall Street, em Nova York, querem que o movimento se espalhe para mais 950 cidades em 82 países hoje, incluindo São Paulo. Os manifestantes reclamam do dinheiro gasto pelo governo dos EUA para socorrer instituições financeiras, enquanto o americano médio continua sendo vitimado pelo desemprego. (Págs. 1 e B12, Economia)

SP terá professor com dedicação integral

(Págs. 1 e A22, Vida)

Unesp testa aspirina contra endometriose

(Págs. 1 e A20, Vida)

CVM apura "movimento atípico" no mercado de juro

(Págs. 1 e B6, Economia)

Orçamento de SP tem emenda de deputado federal

Deputados federais com dificuldades de emplacar emendas ao Orçamento da União, por serem da oposição, têm acordo político para apresentar emendas ao Orçamento paulista. Deputados da base do governador Geraldo Alckmin (PSDB) disseram ao Estado que o governo permitiu, entre 2007 e 2010, emendas de R$ 2 milhões desses parlamentares. O governo nega e diz que eles fazem apenas "sugestões". (Págs. 1 e A4, Nacional)

Gilles Lapouge: Sombras sobre a China

De uns meses para cá, o "dogma" da invulnerabilidade da China está fazendo água. Sinais inquietantes estão chegando de lá. (Págs. 1 e B13, Economia)

Fred Weir: O declínio do império

Vinte anos depois, o ex-líder Mikhail Gorbachev relaciona a decadência dos Estados Unidos ao desaparecimento da União Soviética. (Págs. 1 e A16, Visão Global)

Tutty Vasques: A candidatura virou abóbora

Não transparece por causa do botox, mas Marta deve estar se sentindo como a irmã da Cinderela quando rejeitada no teste do sapatinho. (Págs. 1 e C8, Cidades)

Notas & Informações

Perigos no mercado externo

O Brasil precisa de medidas comerciais muito mais sofisticadas - ou muito menos toscas. (Págs. 1 e A3)

------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
Manchete: Imprudência provoca seis mortes nas pistas

Colisão frontal na rodovia entre Brasília e Cristalina (GO) mata quatro pessoas na hora. Um dos motoristas estaria fazendo ultrapassagens de risco. Perto de Brazlândia, dois homens que haviam parado o carro na estrada foram atingidos por uma carreta. (Págs. 1 e 37)

No Dia do Professor, a lição de vida de nove mestres amados pelos alunos

Com eles em sala, estudar não cansa nem dá preguiça. O Super! visitou uma classe de professores que se destacam pelo empenho e pela capacidade de envolver as turmas. Marcos Lopes trouxe o tema da diversidade racial ao cotidiano da Escola Classe 47 de Ceilândia. O resultado? Uma galerinha mais unida e com autoestima renovada. (Págs. 1, 4 e 5 e Super)

Racismo: a cartilha do preconceito

Panfleto de alerta ao cidadão mostra a ilustração de dois homens negros assaltando um branco engravatado. Câmara dos Deputados recolhe desenho com timbre da Polícia Militar do Distrito Federal. (Págs. 1 e 13)

IPI sobre importados vira guerra na OMC

Estados Unidos, Japão, Coreia do Sul, Austrália e União Europeia apresentaram queixa na Organização Mundial do Comércio contra o aumento de até 30 pontos percentuais determinado pelo governo brasileiro sobre carros importados. Itamaraty considera reclamações "apenas rotina". (Págs. 1 e 18)

A crise nos EUA, na Europa e no Brasil

A turbulência internacional afetou as maiores economias. Polícia norte-americana prendeu 50 pessoas nos protestos anti-Wall Street, enquanto integrantes do G-20 estimaram uma ajuda de US$ 350 bilhões para a Europa. No Brasil, mercado teme baixo crescimento e inflação. (Págs. 1 e 14 a 16)

Sistema carcerário: três presos por tortura

A polícia prendeu três técnicos penitenciários e procura outros dois acusados de coagir a principal testemunha da fuga de seis detentos da Papuda, em março. Um dos foragidos é presidente do sindicato da categoria. (Págs. 1, 29 e 30)

------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
Manchete: O risco nosso de cada dia

Armazenagem e uso incorreto de gás são comuns em BH, assim como o perigo de explosão semelhante à que matou três no Rio. 

Corpo de Bombeiros da capital recebe em média 15 denúncias por mês de vazamento ou depósito irregular de gás em restaurantes, lanchonetes, revendas e condomínios residenciais. O atendimento a esses chamados e as vistorias regulares geraram, de janeiro a agosto, 458 notificações para que os responsáveis sanassem os problemas sob pena de multa e até interdição dos locais. Lei municipal aprovada em setembro e que tem 90 dias para ser regulamentada obriga os estabelecimentos comerciais que usam o combustível a ter alarme sonoro e luminoso contra vazamentos.(Pág.1)

Serra do Curral: Hospital trava acordo para obras da Copa

Garantia da prefeitura de um substitutivo vetando aumento na altura das edificações esbarra agora no projeto de um hospital oncológico no local do antigo Instituto Hilton Rocha, na Serra do Curral. Vereadores temem expansão horizontal da construção, em área ambiental. Págs. 1, 3 e 4).

Bancários aceitam proposta e greve deve acabar na terça

Categoria fechou acordo para reajuste de 9% e fim da paralisação, iniciada em 27 de setembro, será votado na segunda-feira. Serviço pode retornar no dia seguinte. (Págs. 1 e 15)
Adiante seu relógio em 1 hora à meia-noite (Págs. 1 e 14)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
Manchete: Bancários fecham acordo

Fenaban propôs 9% de aumento e 12% de reajuste no piso. Representantes dos trabalhadores aceitaram, mas, a reabertura das agências só deve acontecer terça-feira, pois a decisão ainda depende do aval da categoria em assembleias, segunda-feira. (Págs. 1 e capa dois)

Horário de verão começa à meia-noite

Relógios serão adiantados no Centro-Oeste, Sudeste, Sul e Bahia. Em Pernambuco, mudança mexe na TV e nos voos. (Págs. 1 e Economia, 3)

Polícia investiga negligência em explosão no Rio

Responsabilidade pública será apurada. revolta marcou enterro de vítimas. (Págs. 1 e 14)

Brasil recebe críticas durante reunião da OMC

Representantes de vários países questionaram aumento de IPI para carros importados. (Págs. 1 e Economia, 10)

------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete: Dilma: “Voltarei para anunciar a Ponte do Guaíba"

Ao confirmar metrô, presidente prometeu a execução de outro sonho gaúcho. 

Metrô reduzirá ônibus no Centro;
O projeto contra a pobreza no RS;
A Porto Alegre dos sonhos.
(Págs. 1, 4 a 16; Rosane de Oliveira, 20 e Editorial, 24)

Cirurgia: Mendes vai retirar tumor

Ministro da Agricultura se opera hoje em São Paulo. (Págs. 1 e 16)
Ataque a prédio

Asaltantes se passam por oficiais de Justiça. Adolescente e seu pai foram amarrados. (Págs. 1 e 45)

Comentários