Termina neste sábado prazo para garantir desconto na conta de energia

Cadastramento deve ser feito nas lojas das concessionárias de energia

Termina neste sábado (1º) o prazo de recadastramento na Tarifa Social de Energia Elétrica, benefício que reduz o valor da conta de luz. Os clientes que apresentaram uma média de consumo superior a 30 kWh nos últimos 12 meses, devem se apresentar nas lojas das concessionárias de energia para atualizar o cadastro.
Durante cadastramento, o beneficiário deve informar o NIS (Número de Inscrição Social), obtido ao se inscrever no Cadastro Único do Governo Federal, e levar o CPF (Certificado de Pessoa Física) e o RG (Registro Geral), a carteira de identidade. Os clientes que não possuem o NIS devem ir até o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) de seu município e se inscrever no Cadastro Único.
Para os clientes que apresentaram média de consumo menor ou igual a 30 kWh nos últimos 12 meses, o prazo para manutenção da Tarifa Social de energia elétrica termina no dia 1º de novembro.


O desconto da tarifa social é garantido às famílias com renda de até meio salário mínimo per capita, que estejam inscritas no Cadastro Único; idosos e deficientes que recebem o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social, cuja família possua renda inferior a um quarto do salário mínimo; e ainda, portadores de doença que necessitam usar continuamente aparelhos com elevado consumo de energia e com renda total da família de até três salários mínimos, que também estejam inscritos no Cadastro Único.
Famílias quilombolas e indígenas também deverão receber o benefício, com direito a desconto de 100% até o limite de consumo de 50 kWh/mês. Para estas duas categorias, basta apresentar nas lojas o NIS e, na ausência de CPF e documento de identidade, o documento Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani).

Comentários