Brasileiro não é solidário nem no câncer

jt11 lulasus Brasileiro não é solidário nem no câncer
Desde que Lula foi diagnosticado com câncer, uma torrente de manifestações tomou a internet. Evitei o assunto, porque “charge” e “câncer” são duas palavras que não se misturam. Consegui fazer esta, mas remetendo ao infame pití que o Kassab deu aquela vez num ambulatório médico.
Quanto aos que pediram que Lula se tratassem no SUS, o problema foi ter exigido isso apenas ao Lula, quando deveriam ter estendido a exigência a todos (não me lembro de ter visto algo parecido quando Itamar, José Alencar e até a própria Dilma trataram do câncer). Então, fica a constatação de que os perdigotos que voaram em redes sociais eram mesmo ideológicos e vinham dos tucaneiros (aqueles, que são irmãos gêmeos dos petuscos).
Então, para acabar com essa palhaçada, vamos criar um projeto de lei que obriga todos os governantes a se tratarem no SUS, a colocar seus filhos em escolas públicas (esse projeto já existe), a enfrentar a nossa burocracia como cidadãos comuns e que não andem com seguranças e escolta armada. E, daqui para frente, vamos tratá-los como iguais, e não como seres especiais, cheios de privilégios. Quem sabe assim eles consigam se aproximar um pouco mais dos eleitores.

Comentários