Jornalista faz reportagem em quadrinhos para mostrar realidade dos morros cariocas

Entrou no ar a segunda parte dos quadrinhos entitulados Inside the Maré, publicados pelo jornalista gaúcho Augusto Paim e pelo cartunista Maumau. O trabalho se baseia em histórias reais a respeito da vida dos moradores e da pacificação das favelas cariocas, colhidas e vividas em julho e agosto deste ano pelos produtores nas expedições aos morros do Rio de Janeiro. 


Em entrevista ao Comunique-se, Augusto Paim revela que a forma como o Rio de Janeiro é retratado nos quadrinhos é mais realista. “Mostramos que o dia-a-dia das favelas cariocas é muito mais próximo do Tropa de Elite 1 e 2 (filmes dirigidos pelo cineasta brasileiro José Padilha) do que da polícia como ‘salvadora’, como é mostrado na TV.”

Embora Paim já tenha realizado trabalhos jornalísticos nas favelas cariocas desde 2007, a apuração para os quadrinhos, segundo ele, foi especial. “Para mim foi uma experiência grande, falei com muita gente, fui em lugares pacificados e também em lugares não pacificados. Acho que o choque maior foi para o meu amigo (o cartunista Maumau), que estreou nesse tipo de produção.”


“A Sangue Frio”
O jornalista revela usou técnicas à “Truman Capote” (autor do livro reportagem “A Sangue Frio”, de 1966) para escrever os roteiros para os quadrinhos. “Todos os personagens têm nome, endereço, idade e são reais. Na hora da entrevista, eu escrevi o mínimo possível, prestei bastante atenção e sequer levei gravador. Em casa, na hora de escrever, eu usei a memória”, finaliza. 


Conheça a primeira parte dos quadrinhos jornalísticos Inside the Favelas

Comentários