Outra da Veja: Gillette teria oferecido R$ 1 milhão para Lula


 Em pleno tratamento contra um câncer na laringe, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderia se tornar garoto-propaganda da Gillette, se vier a ter de tirar a barba.
O caso foi relatado pelo colunista da Veja Lauro Jardim, mas prontamente desmentido pela P&G, dona da marca, segundo a qual "não procede a informação".
De acordo com Jardim, Lula receberia cachê de R$ 1 milhão para usar um aparelho da Gillette, com a sugestão de que doasse o dinheiro a alguma instituição de caridade. "A tendência é que Lula recuse a proposta", diz.

Além de negar a intenção de patrocínio, a P&G disse que "torce pela rápida recuperação do ex-presidente". Mas o colunista informa que "mantém a informação de que, conforme consta na nota (...), foi feita uma sondagem com pessoas próximas de Lula".

Redação Adnews

Comentários