Polícia Militar terá 12,5 mil policiais nas UPPs até a Copa do Mundo


A Polícia Militar contará com 12,5 mil soldados para atuação em unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) até a Copa do Mundo, segundo informou ontem (18) a Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro. Os complexos do Alemão e da Penha, na zona norte da cidade, terão a presença de 2 mil policiais militares nas UPPs até 2014.


Representantes do Exército apresentaram um balanço da ocupação, que ocorre desde novembro de 2010 nas comunidades que integram a Vila Cruzeiro e o Complexo do Alemão. De acordo com dados da ouvidoria da Força de Pacificação, a aprovação popular sobre a presença dos soldados na localidade é de 99%.
”A pacificação não se restringe apenas ao Exército. Órgãos da prefeitura e do governo do estado devem estar juntos para que a lei e a ordem se instaurem”, disse o general, César Leme Justo, que comandou a ocupação até o início deste mês.
Ainda de acordo com o balanço do Exército, desde a ocupação nas comunidades, foi registrada queda nos índices de criminalidade. Os homicídios apresentaram redução de 86%, e os roubos de veículos diminuíram 76%.
Sobre os casos de conflitos entre moradores e soldados da Força de Pacificação, o general afirmou que são “casos isolados” e que estão ligados a interesses paralelos aos do estado.
Atualmente, o Exército tem 1,8 mil soldados de prontidão, a polícia militar 120 e a polícia civil 25.
Da Agência Brasil

Comentários