Bom dia! Os destaques dos jornais e revistas deste domingo, 11 de dezembro

O Globo

Manchete: Reitores de 16 universidades são investigados por fraudes

Justiça apura desvio de verbas e gastos abusivos em instituições federais

Reitores, pró-reitores e ex-dirigentes de, pelo menos, 16 universidades federais são investigados por desvio de verbas, contratos irregulares e favorecimento de parentes. Em 13 estados, eles são alvo de ações na Justiça, processos administrativos, auditorias e inquéritos – só o Ministério da Educação apura 23 casos envolvendo oito gestores de instituições federais. No Rio Grande do Sul, um ex-reitor é réu em ação sobre desvio de R$ 44 milhões. Em Juiz de Fora, o Tribunal de Contas da União suspendeu licitação para ampliar o hospital universitário, após detectar sobrepreço de R$ 15,7 milhões. O reitor da Universidade Federal do Piauí, Luiz de Sousa Santos Júnior, responde a oito processos por improbidade, além de inquéritos que apuram gastos abusivos com cartão corporativo e contratos sem licitação. Em Rondônia, o reitor renunciou sob suspeita de corrupção. (Págs. 1, 3 e 4)

Bicheiros do Rio se unem a máfias russa e israelense

Investigações da Polícia Federal revelam a associação entre a cúpula do bicho no Rio e integrantes de máfias russa e israelense para explorar o jogo na América do Sul. (Págs. 1 e 18)
Mesmo devendo, cliente de Pimentel ganhou licitação

Cliente da consultoria de Fernando Pimentel em 2010, a construtora Convap ganhou licitação na prefeitura de BH este ano mesmo devendo R$ 474,7 mil ao município. A empresa apresentou certidão negativa de débitos de uma cidade vizinha. (Págs. 1,12 e 13)
O Leblon com uma cara de Wall Street

Com a expansão da economia do Rio e mais segurança, o Leblon virou point das butiques financeiras: são 30 gestoras de recursos, que administram mais de R$ 68 bilhões. O número é o triplo de três anos atrás e equivale quase ao PIB do Uruguai.
A história de mora: Em 1985, uma derrota dolorosa

O desgaste para eleger prefeitos do PMDB em 1985 levaria Ulysses Guimarães à depressão, conta Jorge Bastos Moreno. E Fernando Henrique a perder para Jânio Quadros. (Págs. 1 e 14)
------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: Serra tem maior rejeição e Lula, maior influência

Prestígio de ex-presidente tem crescimento recorde, mostra o Datafolha

O ex-presidente Lula (PT) ampliou sua força em São Paulo e pode influenciar o voto de 48% dos eleitores da prefeitura em 2012, revela pesquisa Datafolha concluída na sexta. 

O prestígio do petista subiu oito pontos percentuais desde setembro. O percentual é recorde: desde 2003, o instituto pesquisou 11 vezes o peso de Lula sobre a disputa paulistana. (Págs. 1 e Poder A4) 

Papéis mostram como cabo Anselmo ajudou a ditadura

Vinte e seis anos após a ditadura, centenas de relatórios detalhados, em bom português e estilo quase jornalístico, mostram como cabo Anselmo, o traidor da luta armada, informava os militares. Entre os alvos, a "loira de olhos azuis", sua namorada, grávida de quatro meses. (Págs. 1 e Ilustríssima 4)

Pará vai hoje às urnas decidir sobre divisão do Estado em 3

A população do Pará vai às urnas hoje para decidir sobre a divisão do Estado em três: Carajás, Tapajós, e Pará. É a primeira vez que isso acontece no Brasil. 

O plebiscito deve atrair a participação de 4,8 milhões de eleitores. A ala antidivisão teme que o índice de abstenção seja alto. (Págs. 1 e Poder A16) 

Manifestação contra Putin é a maior desde o fim da URSS

Dezenas de milhares de pessoas foram às ruas protestar contra as eleições legislativas do domingo passado, que consideram fraudulentas, e contra o primeiro-ministro Vladimir Putin.

Foram as maiores manifestações públicas no país desde o fim da União Soviética, há 20 anos. (Págs. 1 e A26)

José Simão

Qual é capital de Carajás? E a de Tapajós? Devia ser Parajás, Parajós e Para Depois! (Págs. 1 e Ilustrada E11)

Painel

Reforma agrária de Dilma começa com 3.000 famílias. (Págs. 1 e Poder A4)

------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: Magistrados driblam teto e salário passa de R$ 50 mil

Juízes agregam benefícios que fazem vencimentos superarem limite de R$ 26,7 mil do funcionalismo

Centenas de magistrados de vários tribunais do Brasil agregam benefícios salariais que fazem seu rendimento bruto superar R$ 50 mil mensais - o teto do funcionalismo público, justamente o do Judiciário, é de R$ 26,7 mil. No Tribunal de Justiça do Rio, os pagamentos mensais acima do máximo são comuns. Em determinados meses, os rendimentos de dezenas de desembargadores superam R$ 100 mil. Por serem vantagens que não são incorporadas ao valor do subsídio dos magistrados, as quantias excedentes não são abatidas pelo teto. O Conselho Nacional de Justiça está investigando as folhas de pagamento dos tribunais de todo o País. (Págs. 1 e Nacional A4)
Plebiscito vai dividir Pará de qualquer jeito

O plebiscito de hoje mostrará um Pará dividido em três, mesmo que sejam derrotadas as propostas de criação dos Estados de Tapajós e Carajás, relata Daniel Bramatti, enviado especial a Belém. (Págs. 1 e Nacional A12)

Aplicativos de celular para saúde se popularizam (Págs. 1 e Vida A35)

Plano europeu prevê corte de gastos de US$ 3,6 tri (Págs. 1 e Economia B1)

João Bosco Rabello: Base obesa desafia Dilma

O governo Dilma é obeso, refém de demandas por mais aparelhamento da máquina, condenado a emagrecer para sobreviver. (Págs. 1 e Nacional A12)

Notas & Informações

O novo Código Florestal

O texto do novo Código Florestal representa um meio termo bastante razoável (Págs. 1 e A3)
------------------------------------------------------------------------------------

Correio Braziliense
Manchete: Vítimas de golpe no TRT perderam R$7 milhões

Trabalhadores, empresas e até mesmo a União foram prejudicados pelo rombo causado por uma servidora pública cedida ao Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, em Brasília. A funcionária encaminhava ofícios falsos aos bancos, solicitando a transferência de valores para contas bancárias indicadas por ela. 

Em seguida, eliminava os documentos na vara, para não ser descoberta. A Advocacia-Geral da União (AGU), que tenta recuperar o dinheiro, montou uma força-tarefa para trabalhar nas investigações do caso durante o fim de semana. A té agora, foram identificados R$5 milhões em desvios, mas esse valor deve chegar aos R$7 milhões. (Págs. 1, 8 e 9) 

Sua majestade, o servidor

Metade de todo o bolo salarial, pago no DF vai para o bolso de funcionários públicos, embora eles representem apenas 22% da mão de obra da capital. (Págs. 1, 27 e 28)

A tecnologia que garante bons salários no DF (Págs. 1 e 17)

Brasileiros vão gastar R$ 122 bi neste fim de ano (Págs. 1, 14 e 15)

Carreira para quem sonha em voar alto

Mercado de aviação covil está cheio de boas oportunidades. Ana Paula treina para ser piloto. (Págs. 1 e trabalho & formação profissional, capa)

Portas abertas aos aprendizes (Págs. 1 trabalho & formação profissional 2)

Miséria até no quintal da República

No início do governo, Dilma anunciou R$ 206,6 milhões para programas de erradicação da pobreza em 2011, mas apenas R$ 1 milhão foram liberados. O plano, qie deveria beneficiar 18,2 milhões de brasileiros, é emperrado pela burocracia. (Págs. 1 e 2)

UnB completa meio século

Ao mesmo tempo em que comemora a trajetória de pioneirismo e luta política, universidade enfrenta problemas estruturais. (Págs. 1, 32 e 33)

4,3 mil faltam ao vestibular

Dos 25 mil inscritos a uma vaga na UnB, 21 mil fizeram as provas. Abstenção representa quase 17% do total dos participantes. Provas continuam hoje. (Págs. 1 e 29)

Amizade, bem para toda a vida

Pesquisa revela que quem faz amigos na infância tende a se tornar um adulto com mais habilidades para as relações sociais, principalmente os meninos. (Págs. 1 e 16)

------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
Manchete: Infância atrás das grades

A indesejável vida em presídios de filhos de mulheres condenadas

Eles não têm brinquedos, berços, alimentação e assistência médica adequadas. São brasileirinhos, de até 2 anos, mantidos em penitenciárias ao lado das mães, quase todas presas por tráfico de drogas. Embora a legislação lhes garanta o mínimo de conforto, convivem com o que há de pior no precário sistema prisional, como se estivessem também cumprindo pena. Passam dias e noites em espaços apertados e isolados do mundo. Nem sequer conhecem uma galinha ou um cachorro e não têm contato com outras crianças, o que prejudica o seu desenvolvimento. O Estado de Minas percorreu presídios femininos de Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Mato Grosso, Pernambuco, Pará e Distrito Federal para mostrar em uma série de reportagens esta realidade desconhecida da maioria da população. (Págs. 1 e Caderno Especial)

Falta dinheiro e sobra miséria

Dos R$ 205,6 milhões previstos pelo governo federal para combater a fome, apenas R$ 1 milhão foi liberado. Presidente Dilma Rousseff prometeu acabar com a pobreza até 2014. (Págs. 1, 3 e 4)

Declaração tem os dias contados

Quem tiver uma única fonte de renda pode se livrar de prestar contas ao Leão a partir de 2014. Receita Federal pretende recorrer aos dados fornecidos pelo empregador. (Págs. 1 e 20)

Corrupção em Minas custa R$ 182 milhões. (Págs. 1 e 10)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio
Manchete : Se não mudar, vai parar

Com a Copa, mobilidade virou a "palavra da moda" e o JC abre série mostrando as maiores dificuldades para melhorar o ir e vir no Recife, que tem metade dos 2 milhões de carros do Estado. (Pág. 1)

Obras viárias simples podem ser a solução (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
Veja
Manchete: A trama dos falsários

"Vou acabar com eles tudinho. Agora, é o seguinte: você tem que me dar proteção, porque eu estou precisando. Não interessa só isso, não. Eu quero aquele negócio que foi escrito no papel." O estelionatário Nilton Monteiro, hoje preso, cobrando pagamento e proteção dos deputados petistas que o contrataram para forjar provas contra políticos da oposição. (Pág. 1)

Especial: A nova classe média chegou e agora quer mais (Pág. 1)

Vietnã: Meio século depois, a guerra ainda assombra as consciências (Pág. 1)



------------------------------------------------------------------------------------
capa
Época
Manchete: Edição Especial

Os 100 mais influentes de 2011. (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
capa
ISTOÉ
Manchete: A epidemia das consultas a jato

A prática de atendimentos médicos que não duram mais do que 15 minutos faz explodir o número de prescrições com receitas erradas que podem até complicar o tratamento dos pacientes. A comunidade médica tem de entrar em alerta. Veja o que fazer se você sentir lesado. (Pág. 1)

Exlusivo: PF investiga o enriquecimento da família do governador de Brasília, Agnelo Queiroz (Pág. 1)



------------------------------------------------------------------------------------
capa
ISTOÉ Dinheiro
Manchete: O segredo brasileiro da Hyndai

Seong Bae Kim, presidente da Hyundai Motor Brasil: "Os carros brasileiros são eficientes, mas muito simples. A Hyundai cresceu no mundo porque sempre ofereceu mais ao consumidor".

O grupo que mais vende automóveis no mundo vai fabricar aqui um novo carro de baixo custo, projetado exclusivamente para o consumidor brasileiro. Com essa aposta, espera ganhar 10% de participação de mercado para desbancar a Ford e desafiar Fiat, Volks e GM. Conheça os detalhes. (Pág. 1)

Economia: As razões para continuar otimista e investir (Pág. 1)

Carreira: Executivo ganha mais no Brasil (Pág. 1)

Empreendedor do ano: Dilma e a festa do capitalismo (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
capa
Carta Capital
Manchete: Exclusivo - O escândalo Serra

O ex-governador é o personagem central de A Privataria Tucana, livro do jornalista Amaury Ribeiro Jr. sobre as maracutaias das privatizações, fartamente documentadas. (Pág. 1)

Pimentel: Outro ministro de Dilma na linha de tiro (Pág. 1 )

Sócrates: Aleta incomum cidadão irretocável (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
capa
EXAME
Manchete: A marcha da economia brasileira

Reportagem especial

Uma pesquisa exclusiva aponta as 10 regiões que mais crescem no país. E deixa claro por que o Brasil não deve ter medo de assumir suas verdadeiras vocações econômicas. (Pág. 1)

Os negócios de Gilberto Sayão, o bilionário ex-sócio de André Esteves (Pág. 1)

------------------------------------------------------------------------------------
Zero Hora
Manchete: Estado reverterá bens do tráfico em combate ao crime

Leilões de carros e imóveis apreendidos vão financiar fundos antidrogas e ações da polícia contra quadrilhas. (Págs. 1, 4 e 5)

À esquerda: Radicais avançam no sindicato do magistério

PSTU e dissidentes do PSOL ganham terreno e atormentam governo Tarso. (Págs. 1 e 6)

Editorial: Contrato de transparência

O Guia de Ética e Autorregulamentação Jornalística do Grupo RBS pretende ser um contrato de integridade, autenticidade e transparência, que poderá e deverá ser utilizado pelo público para aperfeiçoar a sua relação direta com todos os nossos veículos e profissionais. (Pág. 1 e 12)

Reencontro com o Guaíba

Hidrovias e projetos reacendem magia de um cartão-postal dos gaúchos. (Págs. 1, 24 e 27)
EBC Serviços

Comentários