Frente garante ingressos gratuitos na Copa para deficientes de baixa renda


Integrantes da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência anunciaram, na sexta-feira, no Rio de Janeiro, que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai doar 32 mil ingressos de jogos da Copa do Mundo de Futebol de 2014 para os deficientes de baixa renda.
A CBF se comprometeu em fornecer 500 ingressos por jogo para os deficientes e seus acompanhantes, quando necessário. O mundial terá 64 partidas. Os critérios para a distribuição serão definidos a partir de fevereiro do ano que vem.


A presidente da Frente Parlamentar, deputada Rosinha da Adefal (PTdoB-AL), fez questão de agradecer a iniciativa do deputado Romário (PSB-RJ), que negociou a distribuição com o ex-jogador Ronaldo Fenômeno, que é do Comitê Organizador da Copa, e a CBF. "O deputado Romário fez uma grande articulação e conseguiu convencê-los. Eles vão destinar um percentual de ingressos, que serão comprados da Fifa pela própria CBF e distribuídos às pessoas com deficiência, comprovadamente com deficiência e também de baixa renda."

Segundo a deputada Rosinha da Adefal, a frente parlamentar seguirá lutando pela concessão de meia-entrada aos deficientes que não forem contemplados com os ingressos doados pela CBF.

Reportagem - Idhelene Macedo 
Edição - Regina Céli Assumpção


A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara de Notícias'

Comentários