Record promove própria emissora em seu principal telejornal


jr
“Sucesso”, “paixão fora do controle” e “euforia”. Esses e outros adjetivos foram ao ar na edição de segunda-feira, 5, no ‘Jornal da Record’. Porém, os termos citados não eram relacionados a uma notícia sobre conquista esportiva, como o título corintiano no Brasileirão. Esses elogios pertenceram à reportagem de 1min40 para divulgar a gravação do DVD da banda Rebeldes, composta por atores da emissora.
Apesar da novela Rebelde – produção que inspirou a criação do grupo musical – ficar atrás da Rede Globo, de acordo com o Ibope, o apresentador Celso Freitas afirmou, na chamada da matéria, que a banda é um “sucesso de audiência nas noites da Record”. Além do jornalista da bancada, a repórter Natália Leite declarou que o público estava “louco” para esperar o início do show, que tratava-se de uma “superprodução”. Ela ainda entrevistou uma garota que disse ter ficado na fila durante nove dias.
Anderson Scardoelli


Não é somente a banda Rebeldes que ganha espaço no noticiário do principal telejornal da Record. Ainda nesta semana, na edição de terça-feira, 6, o ‘Jornal da Record’ usou mais de 3 minutos para afirmar que está entre os veículos mais admirados do País. A produção de novelas e a audiência em Belém (PA) foram informações contidas na reportagem. A matéria teve como base a pesquisa realizada pelo Grupo Troiano em parceria com a revista Meio & Mensagem, e citou que a emissora permaneceu na segunda colocação, atrás da TV Globo, mas não com uma diferença superior a 30 pontos. A reportagem não divulgou que em 2009 o índice de admiração da Record ficou em 38 pontos e agora em 2011 e fechou com um ponto a menos.
Além disso, o telejornal levou ao ar na quinta-feira, 8, duas matérias sobre as Olimpíadas de Londres, capital do Reino Unido, que serão realizadas em 2012. A TV Record é detentora dos direitos de transmissão da competição na TV aberta brasileira. A “exclusividade” foi  declarada em uma das duas matérias, na qual define o canal como “oficial do esporte olímpico”.

Comentários