Roupas masculinas terão novas medidas a partir de março


A partir de março de 2012, o homem terá que ficar mais atento às medidas de cintura, peitoral, estatura e colarinho. É que, para facilitar a compra de roupas como calças e camisas, ele poderá dar as referências ao invés de recorrer à antiga numeração.
Os itens foram definidos pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e estão sob consulta pública para ser homologados até o final do primeiro trimestre do próximo ano. A adesão pelas empresas de confecção, porém, não será obrigatória.
Segundo Maria Adelina Pereira, engenheira da ABNT, as empresas que aderirem terão que indicar na etiqueta as medidas usadas para a fabricação da roupa. As referências seguem o padrão internacional e foram validadas por modelistas do país.


Para as confecções femininas, não há definição de regras e prazo para consulta pública. As roupas infantis e juvenis já foram padronizadas e são comercializadas desde novembro de 2009 de acordo com as normas.
Além das medidas masculinas, outra referência que poderá auxiliar o homem a adquirir uma roupa é o tipo de corpo, dividido em atlético, normal e especial (para pessoas obesas). "Mas o principal será o tamanho das medidas do corpo", disse Maria.
A consulta pública ficará aberta durante 60 dias. As opiniões e sugestões podem ser dadas pelo site da ABNT (www.abnt.org.br). Qualquer pessoa pode participar, desde que preenchido o cadastro com dados pessoais.
estadão.com.br

Comentários