Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sexta-feira, 18 de março de 2011

Alerta do TSE

E-mails falsos
O Tribunal Superior Eleitoral alerta que estão circulando e-mails em nome do Tribunal comunicando o cancelamento de títulos eleitorais e solicitando a atualização de dados cadastrais para a Justiça Eleitoral.

Também circulam e-mails falsos informando ao internauta que uma suposta ausência dele como mesário teria gerado o cancelamento de seu título de eleitor.
A Justiça Eleitoral não envia e-mails a eleitores, nem para comunicar cancelamento de títulos eleitorais, nem para convocar cidadãos para atuarem como mesários.

O TSE não autoriza nenhuma outra instituição a enviar e-mails em seu nome. Mensagens desta natureza devem ser apagadas, pois podem conter vírus de computador.

Atendimento a Mulher

Ônibus itinerante da Delegacia de Mulheres estará em Búzios


Nos dias 6, 7 e 8 de abril, Búzios contará com o Ônibus Itinerante da Delegacia de Mulheres do Rio de Janeiro. Tal projeto é de iniciativa da Chefe de Polícia Dra. Martha Rocha, e vem sendo coordenado pela Dra. WalesKa Garcez.

Segundo o Delegado da 127ª DP de Búzios, Dr. Mário Lamblet, o contato foi feito por ele e o projeto vai contar com a parceria da prefeitura do município. Ainda de acordo com Mário Lamblet, o ônibus da DEAM estará junto com o Governo Itinerante nos referidos dias, na localidade de Vila Verde, prestando um atendimento personalizado para as mulheres vítimas.

- O ônibus tem seis pessoas como componentes: sendo uma delegada, quatros inspetores (homens e mulheres) e um motorista. A idéia é disponibilizar para as áreas mais distantes do centro de Búzios, a prestação dos serviços da nossa delegacia, como também fazer um atendimento especializado para toda mulher que é vítima de qualquer crime, seja ele praticado na forma de violência doméstica ou não, fazendo com que as mulheres tenham confiança em denunciar os diversos tipos de violências que sofrem, informou Mário Lamblet

Visão La Flora: Artigos

Visão La Flora: Artigos: "Obama na Cinelândia, uma imprudência diplomática? _________________________________________________________________________________________..."

Protestos anti-Obama

Rio de Janeiro terá manifesto hoje e no domingo

Organizações de esquerda farão no Rio de Janeiro duas manifestações para protestar contra visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao Brasil. O primeiro protesto está marcado para esta sexta-feira (18), às 16h, na Candelária, centro da capital fluminense. O segundo protesto foi convocado para domingo (20), data em que Obama estará no Rio, às 11h, com concentração no metrô Glória.
Os principais partidos políticos de esquerda e movimentos sociais do país devem participar das manifestações, dentre eles o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), a CUT (Central Única dos Trabalhadores), UNE (União Nacional dos Estudantes), PSOL, PSTU e PCB, além de sindicatos, grupos nacionalistas e ONGs.
No protesto de sexta, os manifestantes devem caminhar da Candelária em direção à Cinelândia ou então ao Consulado norte-americano, que também fica no centro. Não está definido ainda o trajeto da manifestação de domingo, já que diversas ruas do Rio devem estar bloqueadas por conta da visita de Obama.
As organizações querem expor a real motivação da visita do presidente norte-americano: segundo eles, Obama está no Brasil por que tem interesse no pré-sal. O protesto também irá criticar a política externa dos EUA.

Atentado a ética

Advogada é suspensa por levar celulares a presídio


A seccional da Ordem dos Advogados no Rio Grande do Sul (OAB-RS) instaurou processo ético-disciplinar contra a advogada Luciana Kaliski Garcia. Ela foi presa ao tentar entrar na Penitenciária Modulada de Montenegro (RS) com 20 celulares, chips e carregadores. Ela está suspensa por 30 dias do exercício da profissão, por decisão do presidente da entidade, Claudio Lamachia. A informação é do site Espaço Vital.
Na tarde do dia 15, ela falava com um cliente no parlatório quando tentou burlar a segurança e passar os aparelhos que carregava em uma sacola. Conduzida à Delegacia da Polícia Civil em Montenegro, ela assinou um termo circunstanciado por crime de menor potencial ofensivo e foi liberada.
Luciana tem escritório no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre. Moradora de Cachoeirinha, ela chegou ao presídio dirigindo uma caminhonete Tucson até a porta da penitenciária. Passou pela administração do local, onde deixou o documento de identidade e o próprio celular e chegou ao parlatório — local reservado para a conversa com seus clientes.
Ela estava com uma pasta, uma bolsa, uma mochila e uma sacola – local onde, segundo a Polícia, foram encontrados os aparelhos.
Era meio-dia e ela pediu ao agente penitenciário que chamasse seu quinto cliente. No momento que o agente deu as costas para a sala, ela teria se dirigido à cela onde os detentos aguardavam pelo atendimento. Segundo a Polícia, quando entregou a sacola com os aparelhos aos presos, ela acabou detida.
O serviço de inteligência da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) monitorava Luciana desde janeiro, quando recebeu informações de que a profissional estaria repassando telefones.
 “A Ordem está requerendo ao delegado responsável pelo caso a documentação produzida durante e após o ato de prisão”, disse o presidente Claudio Lamachia.

Japão

Homenagem às vítimas da tragédia no país

O Japão prestou homenagem às milhares de vítimas do terremoto seguido de tsunami, nesta sexta-feira.

Foi feito um minuto de silêncio às 14h46, a hora exata do tremor de magnitude nove, que gerou tsunami, há uma semana.

As equipes de resgate também participaram da homenagem. Muitas pessoas aproveitaram o momento para rezar.

Ponte Rio-Niterói

Administrador deverá esclarecer o acidente à Polícia

Os representantes da concessionária CCR Ponte irão depor nesta sexta-feira (18) sobre as causas do acidente na subestação de energia da Ponte Rio-Niterói que matou um funcionário e deixou outros dois feridos na madrugada de quarta-feira (16).
O administrador da ponte será o responsável por delatar os envolvidos no caso para a delegada Monique Vidal, titular da 17ª DP, de São Cristóvão. O depoimento está marcado para as 10h desta sexta.
Durante a noite de quarta, três homens deram entrada no Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio. Um deles ficou com 100% do corpo queimado, não resistiu e morreu. Outro teve 20% do corpo queimado e continua internado com quadro estável. O terceiro foi transferido para um hospital particular no bairro das Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro.
De acordo com a concessionária da Ponte, o fornecimento de energia está sendo normalizado aos poucos. Os trechos entre os acessos e a Ilha de Mocanguê já estão iluminados, nos dois sentidos.

Imposto vai aumentar o preço

de água mineral, refrigerante e cerveja

A água mineral, a cerveja e o refrigerante deverão ficar mais caros nos próximos 60 dias. O Ministério da Fazenda não aceitou a proposta do setor de manter os preços de referência que servem de base para os impostos cobrados sobre esses produtos e a indústria repassará o aumento para o preço final.
Desde janeiro de 2009, os preços de referência desses produtos não eram reajustados. Nos últimos 18 meses, o governo manteve os patamares para estimular a produção de bebidas durante a crise econômica.
Representantes do setor se reuniram hoje (17) com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para tentar conter o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), mas não tiveram sucesso. Os fabricantes propuseram investir R$ 7,7 bilhões este ano e criar 60 mil empregos, mas não conseguiram convencer a equipe econômica.
“Ao gerar empregos, nossa proposta aumentaria a arrecadação em mais de R$ 1 bilhão em relação à base atual, mas o governo usou a justificativa de que a crise acabou e que os incentivos não são mais necessários”, disse o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Refrigerantes e Bebidas Não Alcóolicas (Abir), Milton Seligman.
Segundo ele, os preços de referência serão reajustados em pelo menos 10% com base na inflação acumulada de aproximadamente um ano e meio. O Ministério da Fazenda informou que o aumento segue uma pesquisa feita pela Fundação Getulio Vargas. Seligman afirmou que ainda não é possível dizer se o repasse para os preços finais será integral. “O setor de bebidas é um dos que mais paga impostos no mundo e um aumento não é bem visto”.

Fim da reeleição e manutenção do voto obrigatório

Comissão de Reforma Política aprovou

A continuidade do voto obrigatório e o fim da reeleição foram aprovados nesta quinta-feira pela Comissão de Reforma Política do Senado. Pela proposta, o mandato do chefe de Executivo passaria para cinco anos.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) votou a favor da manutenção do voto obrigatório. “É uma posição amplamente majoritária [o mandato de cinco anos sem reeleição para o Poder Executivo], compartilhada por líderes do PT com algumas figuras do PSDB, como eu, por exemplo. Eu inclusive defendo que o mandato máximo de cinco anos seja estendido ao Poder Legislativo”, afirmou Neves.

O texto preserva o direito dos atuais governadores, prefeitos e da presidente Dilma Rousseff de se reelegerem.
Os pontos divergentes mais divergentes na comissão devem surgir na próxima semana, quando serão analisadas propostas sobre o modelo eleitoral brasileiro. “O centro das divergências nós vamos iniciar agora, que é exatamente o debate sobre voto proporcional, voto majoritário, financiamento público de campanha, extensão da fidelidade partidária”, afirmou o líder do PT, senador Humberto Costa (PE).

quinta-feira, 17 de março de 2011

Ficha Limpa

Supremo volta a julgar validade na próxima quarta-feira

O Supremo Tribunal Federal (STF) volta a analisar, na semana que vem, a validade da Lei da Ficha Limpa para as eleições de 2010. O ministro Gilmar Mendes liberou para análise em plenário o caso de Leonídio Bouças (PMDB), que concorreu a uma vaga na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, mas foi barrado pela Justiça Eleitoral. O julgamento ocorre na próxima quarta-feira (23).

Teresópolis

Manifestantes voltam a pedir a renúncia do prefeito

Depois da confusão na última terça-feira (15), que acabou com as janelas da Câmara de Vereadores de Teresópolis apedrejadas e gás lacrimejante lançado contra as pessoas, manifestantes voltaram a protestar na porta da Prefeitura da cidade, pedindo o afastamento do prefeito Jorge Mário Sedlacek. O grupo acusa o político de desvio de verba pública em processos licitatórios, além de negligência com os desabrigados das chuvas de janeiro.
Na tarde de hoje, a Câmara Municipal começou a analisar o pedido de impeachment de Sedlacek, na medida em que denúncias e um abaixo-assinado com 9 mil assinaturas foram entregues aos vereadores.
Até o momento, não foram registradas confusões envolvendo a polícia e os manifestantes, como no último protesto.


 

Riscos no Brasil são diferentes do Japão,

 diz Mercadante sobre usinas 

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, afirmou nesta quinta-feira (17) que os riscos de um acidente nuclear no Brasil são diferentes dos que preocupam outros países, como o Japão, onde terremotos e um tsunami danificaram reatores nucleares.

“Dizer que não tem risco nenhum é impossível, a própria história mostra que não é assim. Mas 440 usinas nucleares funcionam em todo o mundo. Nossos problemas não são tsunamis ou terremotos, nós estamos em cima de uma placa tectônica. Nossos problemas são inundações e desmoronamentos”, disse o ministro, durante visita ao Coope, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Mercadante reforçou que não existe nenhum registro de problema nas duas usinas nucleares instaladas no Brasil – Angra 1 e Angra 2 – e que todas as medidas de segurança são tomadas. “Angra 1 e 2 podem aguentar terremotos de até 6,5 graus na escala Richter e ondas de até 7 metros. Para o cenário de riscos do Brasil, essas usinas foram bem construídas. Nossa engenharia é a mais segura”, afirmou.

O ministro acredita que a crise no Japão deve levar a novas discussões sobre protocolos internacionais de segurança de usinas nucleares. “Eu tenho convicção que após essa tragédia, serão estabelecidos novos debates sobre o futuro da energia nuclear. Novos protocolos de segurança vão aparecer e o Brasil acompanhará isso”, acrescentou.


Piso nacional dos professores

O STF (Supremo Tribunal Federal) retomou hoje (17) o julgamento da lei que criou o piso nacional do magistério. Há dois anos, a Corte negou pedido de liminar a cinco governadores que questionaram a constitucionalidade da lei que determinou um piso de R$ 950 a professores da educação básica da rede pública com carga horária de 40 horas semanais. Falta agora o julgamento do mérito da matéria, aguardado com ansiedade pela categoria.

A suspensão da análise da matéria pelo STF criou um clima de “insegurança jurídica”, alega a secretária-geral da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), Marta Vanelli. Segundo a entidade, alguns prefeitos se valem do imbróglio para não pagar o piso, atualizado em 2011 para R$ 1.187,14. Não existe um levantamento oficial sobre as redes de ensino que cumprem a lei.

“Quando o prefeito ou o governador diz que não vai pagar porque a lei ainda não foi julgada constitucional, é muito difícil a gente fazer com que ele assuma o compromisso. Com certeza a conclusão da análise da lei será muito positiva”, afirma. Entretanto, Marta acredita que é “difícil” que o julgamento comece hoje, já que a ação é o 11° item da pauta do dia. O relator da matéria é o ministro Joaquim Barbosa.

A ação foi impetrada em 2008, mesmo ano de sua sanção, pelos governadores de Mato Grosso do Sul, do Paraná, de Santa Catarina, do Rio Grande do Sul e do Ceará. Além da constitucionalidade da norma, também foram questionados pontos específicos da lei como a regra de que um terço da carga horária do professor deverá ser reservada para atividades extraclasse como planejamento de aula e atualização. Esse dispositivo foi suspenso pelos ministros do Supremo à época e pode voltar a ser discutido hoje.

Outra divergência está no entendimento de piso como remuneração mínima. Para os professores, o valor estabelecido pela lei deveria ser entendido como vencimento básico: as gratificações e outros extras não poderiam ser incorporados na conta do piso. Mas os ministros definiram, ainda no julgamento da liminar, que o termo “piso” deve ser entendido como remuneração mínima a ser recebida. Esse entendimento também pode ser reavaliado durante o julgamento de mérito da ação.

Para Marta, será uma “frustração geral” caso o Supremo mantenha o entendimento de piso como remuneração mínima. “Incluir um monte de penduricalhos no contra-cheque é uma prática que se consolidou nas redes públicas estaduais e municipais. Mas precisamos de um plano de carreira com estrutura. Quando a gente diz que o piso é o vencimento básico significa que aquele deve ser o valor pago quando o profissional ingressa na rede. A partir disso você estabelece um plano para que ele tenha perspectiva de crescimento na carreira”, argumenta.
STF retoma julgamento da lei 

Para presidente do TSE,

 diplomar suplente do partido é realizar reforma política

 

“Qualquer alteração no sistema proporcional eleitoral brasileiro, a meu ver, implica reforma política cuja competência estabelecida na Constituição e na Legislação eleitoral é exclusiva do Congresso Nacional”. A conclusão é do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, que indeferiu pedido apresentado por Wagner da Silva Guimarães, que pretendia herdar a cadeira do deputado federal Thiago Peixoto, o qual se licenciou para assumir um cargo no Executivo goiano.
A decisão do ministro Ricardo Lewandowski ocorreu na análise de liminar em Mandado de Segurança impetrado por Wagner Guimarães no Supremo Tribunal Federal (STF) contra ato do presidente da Câmara dos Deputados que se negou a empossar o suplente do partido. Para o autor do pedido, o seu direito líquido e certo à posse é decorrente de ele ser o primeiro suplente do partido (PMDB) em que pese ser apenas o segundo em relação à coligação. Alega ainda a existência de precedente da Suprema Corte que garante a vaga ao suplente do partido.
Para o presidente do TSE, a diplomação em caso de vacância do cargo de deputado deve levar em conta a lista de suplência da coligação e não do partido político, uma vez que “o quociente eleitoral que assegurou lugar na cadeira de deputado a determinado candidato foi formado pelo votos da coligação partidária e não do partido isolado”.
Decisão
Ao avaliar o questionamento sobre a existência de precedente do STF que garantiria a posse do suplente do partido, o ministro Ricardo Lewandowski destacou que o mérito da questão ainda não foi julgado em definitivo. “Concedeu-se uma liminar em juízo precário e efêmero, por maioria apertada de 5 votos a 3, estando ausentes outros três ministros desta Suprema Corte que não se manifestaram sobre o tema”, salientou.
Em relação à diplomação dos suplentes, o presidente do TSE ensinou que pelo sistema proporcional brasileiro os candidatos são escolhidos a partir de “dois grandes vetores constitucionais: autonomia partidária na formação de coligações e soberania popular”.
“A coligação terá denominação própria, a ela assegurados os direitos que a lei confere aos partidos políticos, aplicando-se também as normas quanto à convocação de suplentes”, disse o relator. ”Os seus efeitos projetam-se para o futuro, em decorrência lógica do ato de diplomação dos candidatos eleitos e seus respectivos suplentes. Tanto é assim, que as coligações podem figurar como parte em processos eleitorais (Ação de Impugnação de Mandato Eletivo e Recurso Contra Expedição de Diploma), ou seja, as coligações podem ser consideradas válidas para ajuizar ações na Justiça Eleitoral, mesmo após a diplomação, na fase pós-eleitoral”.

Suplente da coligação x infidelidade partidária
Ainda em sua decisão, o ministro Ricardo Lewandowski pontuou a diferença entre perda de mandato por infidelidade partidária e convocação de suplentes.

“A perda de mandato por infidelidade partidária é matéria totalmente diversa da convocação de suplentes no caso de vacância regular do mandato eletivo. Nesses casos, aliás, por força de norma constitucional, o parlamentar não perderá o respectivo mandato de Deputado ou Senador se “investido no cargo de Ministro de Estado, Governador de Território, Secretário de Estado, do Distrito Federal, de Território, de Prefeitura de Capital ou chefe de missão diplomática temporária”, ou ainda, licenciado pela Casa por motivo de doença ou para tratar, sem remuneração, de interesse particular (art. 56, I e II, da CF)”.

“Ressalte-se, mais, que, nos casos de investidura em cargos do Executivo, o parlamentar faz uma opção política sem nenhum prejuízo para a legenda que consentiu e é beneficiaria do cargo, já nos casos de infidelidade partidária sem justa causa, o partido é inequivocamente prejudicado”, ensinou o presidente do TSE.

Confira a íntegra da decisão no MS 30459.
LF

Plágio



Aumento  preocupa pesquisadores 
No Brasil, embora não haja estudos que apontem o crescimento da prática, a falta de regras claras para a definição e a prevenção dessa conduta considerada antiética torna a questão bastante delicada. A avaliação é da pesquisadora da Coordenação dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), Sônia Vasconcelos, que estuda o assunto.
A professora, que participou ontem (16), no Rio de Janeiro, de um seminário sobre o tema, promovido pela Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), explicou que há levantamentos que apontam que a identificação de má conduta, entre elas, a ocorrência de plágio, triplicou entre a década de 1970 e 2007, tendo passado de menos de 0,25% para 1%, em estudos submetidos ao Medline, base de dados de produções da literatura internacional da área médica e biomédica.
Sônia Vasconcelos destaca que a facilidade de acesso aos dados da produção científica, por meio da internet, acaba ajudando quem “não quer ter o trabalho de gerar um texto original”. Mas ela cita, ainda, a falta de proficiência de pesquisadores brasileiros em inglês como fator que leva ao plágio.
“Há um senso comum apontando para o fato de que a internet acaba facilitando a vida de quem quer cometer o plágio. Mas essa facilidade de acesso aos dados não é a única responsável pelo aumento da incidência de plágio na academia. O fator linguístico é um dos mais importantes que levam à prática [do plágio]. Muitos pesquisadores têm grandes dificuldades em defender e argumentar seus resultados em inglês, que é a língua da ciência”, ressaltou.
Segundo a pesquisadora, diante desse cenário, é preciso desenvolver mecanismos cada vez mais eficientes para a detecção e a coibição do plágio. Ela destaca que, quando o plágio é identificado em uma obra, a publicação é cancelada pelo editor científico.
“Uma obra que é fruto de plágio não confere originalidade ao que pode parecer novo para a ciência. Quando o pesquisador submete algo como se fosse novo, ele gasta tempo do editor [científico] e não traz contribuição original ao desenvolvimento científico”, acrescentou.
Sônia Vasconcelos destaca ainda que a falta de regras padronizadas para avaliação do plágio acaba dificultando o combate à prática.
“Não há uma métrica definida igualmente em todo o mundo para avaliar o plágio com precisão. As diferentes culturas têm divergências nesse sentido. Além disso, é preciso discutir a possibilidade de se uniformizar essas regras para as variadas áreas científicas”, disse.
Para ela, também é preciso haver uma maior atenção, não apenas no Brasil, à formação de jovens pesquisadores com orientações claras sobre a prática e os prejuízos que ela traz à comunidade científica. A pesquisadora acredita que muitos iniciantes podem utilizar indevidamente trechos de obras alheias, fora dos padrões aceitáveis, por ingenuidade.

Vacina contra a gripe

Será estendida para gestantes, menores de 2 anos e profissionais de saúde

O Ministério da Saúde vai ampliar a vacinação contra a gripe sazonal neste ano. Gestantes, crianças maiores de 6 meses e menores de 2 anos e profissionais de saúde também serão imunizados. Pessoas com mais de 60 anos e indígenas com mais de 6 meses, que já eram contemplados em campanhas anteriores, vão receber a dose normalmente. O público-alvo é 30 milhões e a meta é que pelo menos 80% sejam vacinados.

De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, o objetivo é proteger as populações com maior chance de apresentar formas graves e complicações. No caso dos profissionais de saúde, a intenção é que eles não infectem pacientes.

A vacinação contra a gripe sazonal em 2011 será feita de 25 de abril a 13 de maio. A vacinação será em uma única dose para os grupos de pessoas, com exceção das crianças. Menores de 2 anos serão imunizados por duas doses, aplicadas em intervalo de 30 dias.

A orientação do ministério é que quem tem alergia a ovo não receba a vacina. Pessoas com deficiência na produção de anticorpos, por problemas genéticos, imunodeficiência ou terapia imunossupressora, devem consultar um médico antes de tomar a dose.

Problema seríssimo

Medicamentos para combate ao HIV estão em falta no Brasil

Foto: Marcello Casal Jr/ABr

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, confirmou nesta quinta-feira que a pasta enfrenta problemas por causa da falta do medicamento atazanavir, antirretroviral utilizado no tratamento contra o HIV/aids. Cerca de 33 mil pessoas utilizam esse medicamento para combater o vírus HIV no Brasil.

As medidas adotadas pelo ministério para contornar a situação incluem o fracionamento da entrega do medicamento ou mesmo a substituição temporária do remédio. Padilha garantiu que, em nenhum momento, houve interrupção do tratamento e que os pacientes não foram prejudicados pelo problema.

A farmacêutica Bristol-Myers Squibb (BMS) informou que uma nova remessa do medicamento antiaids Atazanavir, distribuído fracionadamente em alguns pontos do país, chega nesta quinta-feira ao Brasil. Segundo o laboratório, não existem problemas na fabricação do produto.

O Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais divulgou nota técnica com orientações para os médicos até que a situação seja normalizada.

Terceira idade

Governo cria universidade para eles

 

O nosso país é infelizmente um país onde há bastante discriminação e preconceito para com nossos idosos, mas nós não podemos deixá-los de lado simplesmente por que eles já viveram e vivem há bastante tempo, pois esta fase um dia chegará também para nós, então pensando nisso, o governo federal criou a Universidade da Terceira Idade, que dá aos idosos o direito de cursarem um curso superior, mesmo estando na melhor idade da vida, que é hora de descansar, alguns idosos querem conhecimento e agora têm onde adquirir sem constrangimentos.
Os cursos oferecidos na universidade da terceira idade não têm reconhecimento oficializado pelo MEC, uma vez que o modo de ensino é totalmente adaptado ao raciocínio dos idosos que estarão cursando as mais diversas áreas disponíveis, e segundo os organizadores desta facilidade, os cursos são excelentes formas pedagógicas e ajudam e muito o idoso a ter uma velhice tranqüila e com mais sabedoria a partir de então.
O coordenador de uma das unidades da universidade da terceira idade, mais precisamente da PUC em São Paulo, disse em entrevista que os alunos deveriam tirar uma fotografia quando se matricularem no curso e uma outra alguns meses depois, que o curso é praticamente como se fosse uma cirurgia plástica sem bisturi e anestesia, devido ao estímulo do ensino melhorar até mesmo o aspecto físico do idoso.
Devido a universidade não ser regulamentada pelo MEC, as próprias instituições constroem as grades de ensino e também a duração dos cursos, ainda falando da unidade da PUC em São Paulo, a primeira do estado, lá o curso dura 4 semestres, onde a partir do terceiro o aluno poderá escolher a qual disciplina ele quer seguir, sendo que estão disponíveis mais de 100 opções em áreas como cultura, política, economia, artes, música, dentre diversos outros mais.

Revista Cidade

Supresa no Mirante

O turista que se aventura a subir a bucólica ruela que leva até o topo do Moro da Guia em Cabo Frio/RJ, monumento paisagístico tombado pelos governos federal e municipal desde a década de 50, pode ser levado a ter muitas surpresas. Leia matéria em CIDADE: http://www.revistacidade.com.br/

 
Revista CIDADE
Cabo Frio /RJ /Brasil

quarta-feira, 16 de março de 2011

Bastidores da imprensa

Quatro jornalistas do New York Times estão desaparecidos na Líbia
O jornal New York Times busca notícias de quatro de seus repórteres, desaparecidos no leste da Líbia. Os jornalistas estão na cobertura do conflito em que rebeldes tentam derrubar o regime de Muamar Kadhafi.

O veículo foi informado de que membros de sua equipe foram "levados por forças do governo líbio", mas as informações não foram confirmadas. O último contato do jornal com os repórteres foi na manhã de terça-feira (15/3).

"Nós conversamos com oficiais do governo líbio em Trípoli, e eles nos disseram que estão tentando localizar nossos jornalistas", disse editor-executivo do Times, Bill Keller.

Entre os desaparecidos está o chefe de redação do escritório de Beirute, Anthony Shadid, duas vezes vencedor do prêmio Pulitzer, além de Stephen Farrell, repórter e cinegrafista que foi sequestrado pelo Talibã em 2009 e resgatado por comandos britânicos, além de dois fotógrafos, Tyler Hicks e Lynsey Addario, especializados na cobertura do Oriente Médio e África.
As informações são da AFP.

 
“Inimigo é a imprensa”. Campanha virtual faz menção à Rotam contra jornal de Goiás
A insatisfação dos policiais da Rotam com a cobertura do diário goiano O Popular, que chegou a denunciar grupos de extermínios dentro da PM, voltou a ser notícia. Dessa vez, um folheto virtual com os dizeres “PM de Goiás - O inimigo agora é a imprensa" foi enviado nesta quarta-feira (16/3) para diversas contas de e-mail e usuários do Orkut.

A campanha por internet coloca a imprensa e militares em lados opostos novamente. O primeiro embate ocorreu há cerca de duas semanas, quando 19 policiais foram presos devido ao desaparecimento de 29 pessoas na região goiana. Como resposta às publicações, 8 viaturas da Rotam rodearam, em momentos distintos do dia, a sede do jornal O Popular com as luzes e sirene acessas.

No folheto, a mensagem “153 ANOS, NÃO 153 DIAS” faz alusão ao tempo de existência da corporação militar. No topo do material também há uma frase de protesto aos policiais que ainda estão em cárcere. “A quem interessa esses policiais presos ainda não sabemos. Mas o crime organizado agradece”.

‘Não concordamos’
Segundo respondeu o tenente-coronel Divino Alves ao jornal Folha de S.Paulo, este pensamento “não reflete o pensamento da instituição”. Como medida de segurança adotada pela redação de O Popular, os jornalistas não estão mais assinando reportagens que abordem o caso, conforme respondeu a editora-chefe Cileide Alves.

Rede social não é e-commerce. Especialista alerta empresas

O insucesso nas vendas de muitas marcas via Twitter, Facebook se deve ao fato de muitas empresas ainda persistirem em encarar a rede social como uma loja virtual, analisa o sócio-diretor da R18 Comunicação, Rodrigo Arrigoni. Para o manager da agência especializada em marketing de processos, as companhias precisam se relacionar com o público, para que ele possa se tornar cliente.

“Não adianta utilizar as redes sociais apenas para o e-commerce. Tem que saber interagir com as redes sociais, se não a venda cai drasticamente”, disse Arrigoni, em sua participação nesta quarta-feira (16/3), na seção Web Commerce, da Web Expo Forum 2011. O evento é realizado no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

O diretor da agência de comunicação lembrou que as empresas não podem seguir utilizando as redes sociais como se fosse apenas mais uma ferramenta de comércio. Arrigoni afirmou que não se pode ver essas novas mídias como algo de “mão única”, o espaço para o usuário é primordial para o sucesso do e-commerce nas redes sociais.

“Para o e-commerce a pertinência não é a insistência, mas sim ter relevância dentro das redes sociais. Tem que fazer parte da vida do seu cliente, ser amigo dele no Facebook, por exemplo”, declara o executivo da R18.



Compatível com o mercado. Bethânia poderia gastar até mais de R$ 1,3 milhão com videoblog

Izabela Vasconcelos
Internautas brasileiros se revoltaram com a notícia de que o Ministério da Cultura autorizou a cantora Maria Bethânia a captar R$ 1,3 milhão para o blog "O Mundo Precisa de Poesia”, que reunirá vídeos com interpretações da cantora para grandes obras.

Os 365 vídeos, um para cada dia do ano, serão dirigidos por Andrucha Waddington, famoso cineasta. O valor do blog e a escolha do cineasta para dirigir os vídeos causaram polêmica. Muitos internautas questionam se Maria Bethânia não conhece o Wordpress, Blogspot e YouTube, ferramentas gratuitas.

Os valoresPara criar um blog institucional completo muitas empresas cobram entre R$ 10 e 20 mil. Por esse motivo, os internautas questionaram os valores. No entanto, para a gravação de vídeos, uma produtora cobra, em média, entre R$ 10 e R$ 15 mil a diária, o que permite a gravação de até quatro vídeos. Levando em conta esses números, a cantora gastaria mais de R$ 1,3 milhão apenas com 365 clipes.

Mesmo assim, os internautas dizem estar indignados. Os termos Maria Bethânia, #bolsablog, Andrucha, Lei Rouanet, e MinC dominam o Trending Topics Brasil, como um dos assuntos mais comentados no Twitter. O nome da cantora também aparece no TT mundial.

“Ela nunca ouviu falar em Blogspot? Puta falta d sacanagem! MariaBethânia terá R$ 1,3 milhão (do gov.) p/ criar blog” - @MarioComR

“Quantos grupos teatrais, de dança, quantos músicos sofrem para serem aprovados na Lei Rouanet e a Maria Bethania consegue a aprovação...” - @fabiorocha89j


No final da tarde desta quarta-feira (16/3), o Ministério da Cultura divulgou uma nota, em que esclarece que projeto de Maria Bethânia foi aprovado, mas que a autorização para captar o dinheiro em empresas e instituições não garante a verba, apenas permite que a cantora busque os recursos.

Em todo caso, o dinheiro público, ainda que indiretamente, faz parte da polêmica, já que as empresas que apoiarem o blog poderão abater, do imposto de renda, o valor doado ao projeto da cantora.

Confira a íntegra da nota:

Nota de Esclarecimento Em relação à aprovação do projeto de blog da cantora Maria Bethânia para captação via Lei do Audiovisual, o Ministério da Cultura informa:
• O projeto em questão (Pronac 1012234) foi aprovado pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), que reúne representantes de artistas, empresários, sociedade civil (de todas as regiões do país) e do Estado;
• Esta aprovação, que seguiu estritamente a legislação, não garante, apenas autoriza a captação de recursos junto à sociedade;
• Os critérios da CNIC são técnicos e jurídicos; assim, rejeitar um proponente pelo fato de ser famoso, ou não, configuraria óbvia e insustentável discriminação;
• Todas as reuniões deliberativas da CNIC têm transmissão em áudio em tempo real pelo site do MinC (
www.cultura.gov.br), acessível a qualquer cidadão. 
Assessoria de Comunicação do Ministério da Cultura
 

“Cadê meu chip?”. O case da Intel no Brasil em campanha no Twitter e Facebook
Anderson Scardoelli
“Pedro, cadê meu chip?”, a frase, relacionada ao vídeo que já teve mais de 5,6 milhões de acesso no YouTube, serviu para uma campanha nas mídias sociais feita pela Intel do Brasil. As imagens que mostram uma moça gritando para que seu ex-namorado devolvesse um chip de celular foi o gancho para a empresa de tecnologia conseguir um case de sucesso.

A ideia da Intel foi lançar, em outubro de 2009, uma campanha, que levou o nome “Pedro, cadê meu chip?”, com a pergunta no Facebook “O que é um chip?”. O autor da frase mais criativa recebeu um notebook. Porém, só poderia participar quem seguisse o @intelbrasil no Twitter. A parceria feita com 12 blogueiros (convidados pela empresa) também foi primordial para o sucesso, revela o marketing manager da Intel do Brasil, Marcelo Leal Fernandes. Ele participa nesta quarta-feira (16/3) da Web Expo Forum, evento realizado na capital paulista.

Sobe: de 10 mil a 52 milFernandes explica que sem divulgação alguma pela Intel e apenas com a “força e influência” dos blogueiros parceiros, o perfil da empresa no microblog subiu de 10 mil para 17 mil seguidores, em apenas três dias. O diretor revela que ao fim da disputa, que também premiou com um notebook o blogueiro que levou o autor da melhor frase a entrar na campanha, o @intelbrasil alcançou mais de 52 mil seguidores.

No entanto, mesmo considerado um case de sucesso, Fernandes comenta o efeito colateral pós “O que é um chip?”. Ele declara que foi impossível, com o fim da campanha, manter todos os seguidores no Twitter. “Tem muita gente que te segue só pela premiação que está ocorrendo. A pessoa, depois de sair o prêmio, vai no seu perfil e dá um ‘unfollow’”, afirma.

Desce: de 52 mil para 34 mil“Uma semana depois do concurso, perdemos mais de 20 mil seguidores. Mas, se formos analisar, muita gente continuou seguindo o nosso perfil, devido a relevância do nosso conteúdo no Twitter”, diz Fernandes, que se surpreendeu com a queda repentina de seguidores, mas comemora o fato de atualmente o perfil da Intel do Brasil ter mais de 34 mil seguidores.

De acordo com o diretor da Intel, tudo relacionado às campanhas feitas nas redes sociais serve de aprendizado e reflexão. “Em mídia social não tem jeito, você vai pisar na bola. E tem que estar preparado para isso”, declara.

“Se a mídia social oferece algum risco, eu digo que o risco maior é não estar na mídias sociais”, conclui.




Jornalista Sidnei Basile, vice-presidente do Grupo Abril, morre em SP
Sidnei Basile, 64, vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Abril, morreu nesta quarta-feira (16), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Desde o final do ano passado, o jornalista lutava contra um tumor no cérebro.

Basile atuou por 43 anos na profissão. O jornalista foi diretor-superintendente da Unidade de Negócios Exame, da Editora Abril, também teve passagens pela Folha de S.Paulo e Gazeta Mercantil, além de ter atuado no Citibank e na Burson Marsteller. Basile também foi professor da Fundação Cásper Líbero e escreveu o livro “Elementos de Jornalismo Econômico”, publicado em 2002.

Advogado formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e sociólogo graduado pelo Departamento de Ciências Sociais da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, Sidnei foi conselheiro do WWF-Brazil (World Wildlife Foundation), do CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável) e do Instituto Akatu para o Consumo Consciente. Além disso, era Vice-Presidente do Comitê de Liberdade de Expressão da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP/IAPA).

O jornalista deixa a esposa, Beth, os filhos e as noras Alexandre e Renata, Juliano e Viviane, Felipe e Maíla, e os netos Lucas e Thales.

Basile será velado nesta quinta-feira (17), a partir das 9 horas, no Cemitério Gethsêmani, em São Paulo. O sepultamento está marcado para as 12 horas.






Merenda escolar



CGU investiga 100 denúncias sobre fraude

A Controladoria-Geral da União (CGU) tem atualmente 100 ações de fiscalização em andamento no país envolvendo denúncias de fraude na merenda escolar, segundo informações obtidas com o órgão. As denúncias partiram de diversas fontes, como integrantes de Ministérios Públicos, Polícia Federal, parlamentares, vereadores e cidadãos comuns.
A CGU afirma, no entanto, que não pode fornecer detalhes a respeito das ações, como as cidades investigadas ou os tipos de fraudes denunciadas, para que os trabalhos de apuração não sejam prejudicados.
A qualidade da merenda distribuída é criticada por pais e integrantes da comunidade escolar, como diretores e professores. Pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgada na semana passada, mostrou que nos estados do Norte e Nordeste a população local considera a alimentação oferecida na escola ruim e insuficiente. Outro dado da CGU indica que, nessas mesmas regiões do país, é alto o índice de escolas que reclama de falta de alimento para merenda - veja mais informações no fim da reportagem -, embora todos os municípios do país recebam repasses de verbas federais para alimentação escolar. Cada cidade recebe, dentro do Programa de Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica (PNAE), R$ 0,30 por dia para cada aluno matriculado em turmas de pré-escola, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos. As creches e as escolas indígenas e quilombolas recebem R$ 0,60. As escolas que oferecem ensino integral por meio do programa Mais Educação têm R$ 0,90 por dia. O restante do valor é pago pela prefeitura e governo do estado
De acordo com a CGU, durante todo o ano de 2010, foram realizadas 248 fiscalizações dentro do PNAE sendo que 229 eram programadas e ocorreram por meio de sorteios. Outras 19 foram por "demandas especiais", como denúncias e encomendas de outras instituições.

30 cidades investigadas pelo MP

A merenda escolar é alvo de questionamentos judiciais em processos que correm em diversos estados do país, mas não há como associar se alguma dessas ações teve origem em fiscalização da Controladoria-Geral da União (CGU).
Somente em São Paulo, em cerca de 30 cidades da região metropolitana e interior promotores do Ministério Público estadual investigam suspeitas de fraudes. Além do estado de São Paulo, há ações em municípios de pelo menos mais 11 estados. Em todos esses casos, o grupo que agia era o mesmo, de acordo com o promotor Silvio Antonio Marques, que atua na área de Patrimônio Público e Social na capital paulista.
"Foi constatado que um grupo de empresas formou um cartel que consistia em procurar candidatos antes da eleição e colaborar com as campanhas. Quando esse prefeito ganhava, as empresas ofereciam terceirização e insumos de merenda. Houve pagamento de propina em diversas cidades. A Fazenda do estado verificou R$ 280 milhões em notas fiscais frias."
Marques explicou que as empresas compravam notas fiscais frias emitidas por outras empresas criadas especificamente para este fim. As notas eram geralmente emitidas no valor pago em propina para os responsáveis pela merenda na prefeitura. "São empresários que agem desde 2001 no submundo do crime. É um cartel que age em diversas cidades. Várias empresas que dividem o mercado e se combinam em caso de licitações." O pagamento de propina varia entre 5% e 15% do valor do contrato. O esquema teria se intensificado de 2007 a 2009.
Falta de alimentos

Pesquisa com comunidade escolar (diretores, professores e merendeiras) feita pela da CGU em 180 cidades do país, exceto as capitais, mostrou que em 18,9% dos casos falta oferta de alimentação escolar. Entre os motivos, 17,1% apontam a falta de alimentos para preparar a merenda.
Considerando as regiões, 34,3% da comunidade escolar da Região Nordeste diz que falta alimentação escolar, enquanto que no Norte, 18,1% reclamam do mesmo fato. No Sudeste, o percentual cai a 1,6% e no Sul, a 1,8%.

Bolsa Família

Municípios precisam atualizar cadastros de 1,3 milhão de beneficiários
Processo permite que o programa chegue a quem de fato precisa e auxilia a identificação de alterações de renda, endereço e outras informações
 Em 2011, os municípios brasileiros precisam atualizar os cadastros de mais de 1,3 milhão de beneficiários do Bolsa Família, programa de transferência de renda do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). A atualização cadastral inclui informações como mudança de endereço ou da renda mensal e aumento ou diminuição das pessoas da família.
Esse processo de confirmação ou alteração das informações gerais dos beneficiários foi introduzido pelo Decreto nº 6.135, de 2007, e deve ser feito a cada dois anos. O prazo final para a atualização dos dados é 31 de outubro de 2011.

Quem estiver com os dados desatualizados há mais de dois anos e não passar pela revisão cadastral corre o risco de perder o benefício do Bolsa Família. Na etapa de 2010, 270 mil famílias tiveram benefícios cancelados por falta de atualização cadastral. Em 2009, o número de cancelamentos atingiu cerca de 550 mil famílias.

A atualização das informações permite que os gestores conheçam melhor a situação das famílias, reforçando o foco do programa e fazendo com que os benefícios cheguem a quem de fato necessita. As famílias que precisam realizar o recadastramento este ano estão recebendo avisos nos extratos bancários emitidos junto ao pagamento do Bolsa Família e devem procurar as prefeituras. Já os  gestores municipais têm disponibilizada, pelo MDS, a listagem das famílias que devem ter os dados atualizados, e também devem fazer campanhas de chamamento para alertar a população beneficiária.

A revisão cadastral é feita em parceria com os municípios e funciona como mecanismo para aprimorar o Bolsa Família. O principal programa de transferência de renda do Governo Federal destina mensalmente mais de R$ 1,2 bilhão a 12,9 milhões de famílias em todo o País. Para garantir o benefício, as famílias precisam manter os filhos na escola, a agenda de saúde em dia e, pelo menos a cada dois anos, atualizar dados como renda, endereço e escola dos filhos.

Visão La Flora: Diário de Alexandria

Visão La Flora: Diário de Alexandria: "Professor Sepúlveda
postada em 16 de março HAMLET, UM ENSAIO SOBRE A DÚVIDA &nbs..."

terça-feira, 15 de março de 2011

Visão La Flora: Visão diária

Visão La Flora: Visão diária: " Esclarecimento ACIA A eleição da ACIA (Associação Comercial, Industrial e Turística de Cabo Frio), marcada para amanhã, dia 16 de ..."

Corte renovada

STJ terá sete novos ministros até o meio do ano
Rodrigo Haidar
A presidente Dilma Rousseff deve indicar esta semana três novos ministros para o Superior Tribunal de Justiça. Dilma recebeu há um mês, do STJ, três listas tríplices com nomes de advogados que ocuparão o cargo de ministro nas vagas destinadas ao quinto constitucional da advocacia.
Com a ida do ministro Luiz Fux para o Supremo Tribunal Federal e a publicação da aposentadoria compulsória imposta ao ministro Paulo Medina pelo Conselho Nacional de Justiça, duas outras vagas para desembargadores de tribunais estaduais foram abertas.
As outras duas cadeiras que ficarão vazias em breve são a do ministro Aldir Passarinho Junior, que adiantou a aposentadoria e deixa o tribunal em abril, e do ministro Hamilton Carvalhido, que completa 70 anos em maio. A primeira vaga é destinada aos juízes de tribunais regionais federais. A segunda, ao quinto constitucional do Ministério Público.
No caso das listas da advocacia, os nove candidatos foram chamados, individualmente, para uma conversa com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ao longo do mês de fevereiro. O ato do ministro evita que os candidatos tenham de se submeter a uma corrida por um espaço na agenda ministerial. O pessoal de gabinete de Cardozo ligou para cada um dos que disputam as vagas e marcou as conversas.
Outro aspecto positivo é o equilíbrio de chances, já que todos os candidatos são avaliados pelo governo independentemente de seus apoios políticos. Claro, o apoio é fundamental para que o advogado seja alçado ao cargo de ministro do STJ, mas um candidato que se saia bem na entrevista e tenha apoio político menor não deixa de ser considerado na decisão. Sabe-se que nem sempre se agiu assim.
Nas conversas, que duraram 30 minutos em média, o ministro da Justiça não fez perguntas sobre discussões jurídicas ou processos judiciais específicos que poderiam interessar ao governo. Os candidatos falaram de sua vida acadêmica e profissional, sua visão sobre o STJ e sobre fórmulas para atacar os principais gargalos da Justiça, como a lentidão que ainda é a marca do Judiciário brasileiro.
As especulações em torno dos indicados são grandes. O único nome dado como de indicação certa é o de Antônio Carlos Ferreira, advogado de carreira da Caixa Econômica Federal e ex-diretor jurídico da instituição. Ele foi o mais votado pelos ministros do STJ, dos quais obteve 28 dos 29 votos possíveis do colegiado.
A segunda lista é a mais disputada, composta pelos advogados Rodrigo Lins e Silva Cândido de Oliveira, do Rio de Janeiro, Alde da Costa Santos Júnior e Sebastião Alves dos Reis Junior, ambos do Distrito Federal. Os três contam com bons apoios políticos, são militantes e bastante conhecidos no meio jurídico. Na terceira lista, a disputa está entre o paulista Ricardo Villas Boas Cueva e piauiense Mário Roberto Pereira de Araújo.
 

R$ 320 milhões para redes estaduais

Redes estaduais de educação profissional terão investimento

O programa Brasil Profissionalizado dispõe este ano de R$ 320 milhões para investir na melhoria das redes estaduais de educação profissional em todo o País. Para receber os recursos, os estados e o Distrito Federal devem assinar convênios com o Ministério da Educação (MEC). As verbas públicas são para reforma, ampliação, construção de escolas técnicas e aquisição de recursos pedagógicos.
O valor deste ano é superior ao de 2010, que foi de R$ 263,4 milhões. Parte do orçamento do Brasil Profissionalizado de 2011 será utilizado para novos convênios com o Distrito Federal, Amazonas, Rio de Janeiro e Rondônia, que ainda não aderiram ao programa.
Os 23 estados que já assinaram convênios com o MEC podem apresentar novas propostas, à medida que executarem os recursos repassados que somam R$ 1,5 bilhão. "A primeira meta é terminar as obras em andamento e consolidar as ações em curso", ressalta o secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Eliezer Pacheco.
Meta - Das 176 escolas técnicas estaduais previstas para serem construídas com recursos do programa, 22 já foram entregues. Cada escola tem capacidade para atender, em média, 1,2 mil alunos. Quando todas as escolas estiverem em pleno funcionamento serão geradas mais de 210 mil vagas, além daquelas que serão criadas pelas 532 obras de reforma e ampliação programadas. O objetivo é alcançar meio milhão de matrículas.

 

Monitoramento de Recall

Recalls serão monitorados pelo Denatran


As informações sobre recall de veículos farão parte do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). A partir desta quinta-feira (17/3), os consumidores poderão saber, através do número do chassi do carro, no site do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) se há algum recall pendente. Os chamados que não forem atendidos no período de um ano passarão a constar no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). As informações são da Agência Brasil.
A pesquisa vale apenas para as convocações feitas após esse dia, e a inclusão dos recalls, além dos números de veículos e de chassis permitirá que o Denatram monitore o andamento das campanhas promovidas pelas montadoras.
As mudanças foram adotadas após a edição de uma portaria conjunta entre os ministérios da Justiça e das Cidades, e segundo o coordenador geral de Assuntos Jurídicos do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, Amaury Olivar, a grande novidade dessa ferramenta é a ampliação do acesso à informação. "Creio que isso vai contribuir para o aumento da quantidade de recalls. O consumidor pode entrar no site, coloca o número do chassi e descobre se [o carro] é objeto de recall. É importante destacar que a responsabilidade do recall é sempre da montadora", afirmou.
Em fevereiro deste ano, a demora de 60 dias dos recalls da montadora Toyota e do grupo Caoa, distribuidor da Subaru no Brasil, fez com que o DPDC, aplicasse multas que somam quase R$ 1,5 milhão às duas empresas. 

ProUni

Aprovados tem até quinta para entregar documentos
Os estudantes pré-selecionados na segunda chamada da 2ª etapa de inscrições do Programa Universidade para Todos (ProUni) devem comprovar até quinta-feira (17) as informações declaradas na inscrição às instituições de ensino para as quais foram aprovados. A consulta ao resultado da segunda chamada poderá ser feita pelos candidatos inscritos na página do ProUni na internet.
De acordo com o Ministérios da Educação (MEC), os candidatos que não foram pré-selecionados ou que tenham sido pré-selecionados para cursos em que não houve formação de turma constarão em uma lista de espera que estará disponível às instituições de ensino a partir de 21 de março. A classificação do candidato vai considerar a primeira opção de inscrição. Caso não tenha ocorrido formação de turma nessa primeira opção, a classificação se dará na opção seguinte, até a terceira.
A partir da classificação na lista de espera, as instituições de ensino superior convocarão os estudantes, entre 21 e 25 de março, para verificação das informações prestadas na inscrição. Não será necessária a confirmação, por parte do candidato, do interesse em participar da lista.
A segunda etapa, de acordo com o MEC, é uma segunda chance àqueles que não foram pré-selecionados na primeira etapa ou àqueles que não efetuaram a inscrição no ProUni.
* Com informações da Agência Estado

Visita promissora

Acordo quer reduzir tempo de concessão de patente

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinará um acordo piloto de cooperação com o Brasil na área de patentes ao visitar o país no próximo final de semana (19/3 a 21/3). Se após 12 meses ou 500 exames a avaliação for positiva, o acordo entrerá em vigor em caráter definitivo e pode diminuir em até 15% a carga de trabalho do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), de acordo com informações da Agência Brasil.
O acordo permitirá ao INPI ingressar no programa Patent Prosecution Highway (PPH), do Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos (USPTO, na sigla em inglês). Segundo o presidente do INPI, Jorge Ávila, este acesso evitará a duplicidade de trabalho dos dois escritórios. Além disso, explicou que muitas patentes depositadas no Brasil são originárias dos Estados Unidos e cada vez mais brasileiros querem que suas patentes também sejam reconhecidas por lá.
O acordo fará com que as patentes que se originam nos EUA sejam filtradas pelo seu escritório, o que, segundo Ávila, "vai economizar no INPI o trabalho de reexaminar aquilo que o escritório norte-americano já considerou como não privilegiável". Essa dinâmica não vai prejudicar a autonomia do órgão brasileiro já que a concessão de uma patente pelo USTPO não significa que a patente será concedida automaticamente no Brasil, mas só que o INPI não vai reexaminar o que já foi negado lá, já que aquilo que foi aceito pelos EUA será examinado normalmente aqui.
A implantação do sistema em sua totalidade pode representar uma redução de 10% a 15% na carga de trabalho e, com isso, uma patente que leva hoje em dia, em média, 8,3 anos para ser concedida, em 2015, levará a metade do tempo.
A partir da experiência dos Estados Unidos, o instituto brasileiro pretende aprofundar, ainda neste ano, a cooperação com escritórios de outros países e regiões, como Japão e Comunidade Europeia. Segundo o presidente do INPI, os governos da América do Sul já trabalham para evitar a repetição de esforço entre os escritórios de concessão de patentes.
Além de reduzir o tempo de exame dos processos, o acordo pretende ampliar a qualidade, já que haverá "a garantia de que as patentes no Brasil e na América do Sul vão ser perenemente examinadas antes da concessão". Para Ávila, a qualidade é o desafio de uma solução à superlotação nos escritórios de patentes em todo o mundo, porque "resolver o atraso nas patentes seria muito fácil de fazer se você não tivesse uma preocupação, como nós temos, de manter a qualidade do exame".


Hoje é Dia de São Longuinho

Por que se pede a São Longuinho promentendo três pulinhos?

O que você faz quando perde alguma coisa e não encontra de jeito nenhum? Uma simpatia brasileira típica é invocar o funcionário número um do Departamento Celestial de Achados e Perdidos: São Longuinho. Só não se esqueça, quando o objeto reaparecer feito mágica, de agradecer dando três pulinhos - de preferência acompanhados de três gritinhos (e bem sozinho, para evitar gracejos e maledicências).
Existe forma de agradecimento mais esdrúxula na história da humanidade? Mas o mais curioso é que ninguém sabe de onde veio essa superstição saltitante - Mundo Estranho ouviu vários folcloristas e nenhum deles tinha a menor idéia da sua origem, a não ser especulações relacionando a tríade de pinchos à Santíssima Trindade.
São Longuinho, santo celebrado em 15 de março, é especialmente popular na Espanha e no Brasil - mas aqui só existe uma igreja com sua imagem, em Guararema, interior de São Paulo. "Longuinho vem de Longinus, nome comum aos mártires", afirma o teólogo Décio Passos, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Longinus, por sua vez, vem do grego lonkhe, que quer dizer lança. Segundo os historiadores da religião, Longinus chamava-se Cássio e era um dos centuriões romanos escalados para vigiar Cristo na cruz. "Na Sexta-Feira Santa, Cássio espetou sua lança no coração de Jesus e acabou levando um jato de sangue em seus olhos", diz o padre Aparecido Pereira, estudioso de hagiografias (biografias de santos) e editor do jornal O São Paulo, da Cúria Metropolitana. Cássio sofria de um problema de vista - ou "cegueira espiritual", de acordo com alguns relatos - e, naquele momento, foi curado instantaneamente.
Converteu-se ao Cristianismo e refugiou-se na Cesaréia, onde virou monge. Descoberto, foi decapitado, como tantos outros mártires cristãos.
A história de São Longuinho é citada no Novo Testamento por Mateus (27:54), Marcos (15:39) e Lucas (23:47).

segunda-feira, 14 de março de 2011

JORNAIS DO MUNDO


 Fantastico vejam!
http://www.newseum.org/todaysfrontpages/flash/

Este é para guardar nos favoritos! As primeiras páginas dos jornais
de hoje em todo o mundo. Cada bolinha laranja nos mapas dos
continentes são jornais de cidades daquele estado ou País; você
clica e todos os dias tem a 1ª
página de cada jornal. Ao posicionar sobre a bolinha desejada, ao
lado aparece a 1ª página dos jornais. Clicando sobre a bolinha,
você tem a
página em tamanho maior, para facilitar a sua visualização. E na
parte superior da página ampliada está o link para acessar o jornal!


Região dos Lagos

Cinco cidades podem ficar sem água nesta terça-feira
Abastecimento só será normalizado no final do dia, segundo a Prolagos
Cinco municípios da região dos Lagos podem ficar sem água nesta terça-feira (15). É que a estação de tratamento de Juturnaíba, em São Vicente, Araruama, vai passar por um trabalho de manutenção e por obras de melhoria na rede elétrica.
A informação é da Prolagos, concessionária responsável pelo abastecimento de água na região dos Lagos. Os municípios afetados são Arraial do Cabo, Búzios, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia.
A unidade de Tomada de Pipa, localizada no bairro rua do Fogo, em São Pedro da Aldeia, também terá o fornecimento de água suspenso durante a manutenção.
Os rodízios de abastecimento programados poderão sofrer alterações. Por isso, a Prolagos orienta os clientes  a entrarem em contato com o SAC pelos números 0800 7020 195 (área da concessão) e (0xx22) 2621-5095 (demais localidades) para obterem informações sobre as escalas.
Quando o serviço  de manutenção da rede elétrica for concluído, às 20h, o abastecimento será reiniciado. A concessionária informou que o sistema é todo pressurizado, por isso a normalização do  fornecimento de água será gradativa.



Obama no Rio

Discurso aberto ao público
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fará um discurso aberto ao público durante sua visita ao Rio de Janeiro, marcada para o próximo domingo (20). A Embaixada dos Estados Unidos no Brasil não deu informações sobre o conteúdo do discurso, mas afirmou que ele será direcionado a todo o povo brasileiro.
Obama desembarca em Brasília no próximo sábado (19). Ele terá uma reunião com a presidenta Dilma Rousseff, na qual um dos assuntos discutidos deve ser a possibilidade de os Estados Unidos importarem petróleo do Brasil, em meio à crise vivida por países produtores do norte da África e no Oriente Médio.
Obama ficará hospedado no hotel Golden Tulip (antigo Blue Tree), que está recusando reservas para o período.
Por questão de segurança, todas as dependências deverão ficar à disposição da comitiva americana. Da sua janela no Golden Tulip, Obama poderá ver o Palácio da Alvorada, residência atual da presidenta Dilma Rousseff.
No domingo, Obama segue para o Rio de Janeiro, para um roteiro que inclui pelo menos três visitas, de acordo com o governador Sérgio Cabral:  ao Cristo Redentor, a uma favela com Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e a um terceiro local onde o presidente fará o discurso.
Na segunda-feira (21), o líder americano embarca para Santiago, capital do Chile, onde passará cerca de 24 horas. Depois, segue para San Salvador, capital de El Salvador, a última parada de sua primeira visita à América Latina.
Embaixada americana lança concurso para premiar melhores mensagens de boas-vindas ao líder, que chega ao Brasil no sábado
Site oficial tem concurso que vai premiar melhor mensagem para Obama
Para marcar a visita do presidente americano, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil lançou um concurso cultural.
Por meio de um site especial, os brasileiros podem enviar uma mensagem de boas-vindas ao líder americano. O autor da melhor mensagem de texto ou vídeo será premiado com um iPad. Outros premiados levarão um iPod, camisetas e livros escritos por Obama.
A missão diplomática americana também lançou um site oficial para a visita de Obama, que inclui informações sobre os preparativos da visita e imagens disponíveis ao público.
Os brasileiros também podem acompanhar a visita do líder americano por uma página especial criada pela embaixada americana no Facebook.

Visão La Flora: Região dos Lagos

Visão La Flora: Região dos Lagos: "Hoje é o último dia para pagar IPTU de Rio das Ostras com desconto de 10%Quem quiser aproveitar o desconto no pagamento do IPTU 2011 de Ri..."

Dia Nacional da Poesia

 Castro Alves, O Navio Negreiro

Em homenagem ao autor de ‘O Navio Negreiro’, Castro Alves, esta segunda-feira, dia 14, é Dia Nacional da Poesia, a arte de escrever versos.
Defensor da liberdade dos negros, Antônio Frederico de Castro Alves é patrono da cadeira de nº 7  da Academia Brasileira de Letras e viveu entre 1847 e 1871. Costumava confrontar aqueles que maltratavam os negros e chegou, certa vez, a recitar os versos de ‘O Navio Negreiro’ em meio a fazendeiros que submetiam a população negra as mais diferentes atrocidades.
A tuberculose o calou verbalmente, mas os poemas que fizeram parte do estilo romântico são lidos até hoje. Para quem aprecia, segue um aperitivo.
“Senhor Deus dos desgraçados!
Dizei-me vós, Senhor Deus!
Se é loucura… se é verdade
Tanto horror perante os céus?!
Ó mar, por que não apagas
Co’a esponja de tuas vagas
De teu manto este borrão?…
Astros! noites! tempestades!
Rolai das imensidades!
Varrei os mares, tufão!
Quem são estes desgraçados
Que não encontram em vós
Mais que o rir calmo da turba
Que excita a fúria do algoz?
Quem são? Se a estrela se cala,
Se a vaga à pressa resvala
Como um cúmplice fugaz,
Perante a noite confusa…
Dize-o tu, severa Musa,
Musa libérrima, audaz!…”

Concurso de poesias tem inscrições abertas até abril
Seguem abertas até o dia 10 de abril as inscrições para o Concurso Nacional de Poesia e Prosa Cidade do Rio de Janeiro, da Taba Cultural Editora. Podem participar autores amadores ou profissionais, nacionais e estrangeiros residentes no país, que escrevam em língua portuguesa. O concurso é dividido em duas categorias: Poesia (metrificada ou verso livre) e Prosa (conto, crônica e prosa poética).
As inscrições são gratuitas e podem ser enviados até rês trabalhos em cada categoria, sendo no máximo de seis trabalhos por autor. O tema é livre. Os trabalhos podem ser enviados por e-mail ou pelos correios. Os três primeiros colocados, independente da categoria, receberão prêmios em dinheiro, publicação gratuita em livro e exemplares do mesmo. Mais informações no site www.tabacultural.com.br.