Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 26 de março de 2011

Blog milionário vira chacota na TV

"Maria Bethânia busque ajuda na poesia"

Na mundo da cultura nacional, a última polêmica foi o tão falado blog milionário da cantora Maria Bethânia, aprovado para captar R$ 1,3 milhão via Lei Rouanet.
O valor - bem mais caro do que o que costuma custar um blog de um mero mortal - virou motivo de espanto para muita gente.
O programa Entrelinhas (Cultura) deste domingo (27), que vai ao ar às 21h30, pega carona nesta polêmica e coloca a irmã mais nova de Caetano Veloso como centro do quadro Alta Ajuda, que dá dicas refinadas da “alta literatura” para quem está em apuros.
De
forma divertida, o escritor Frederico Barbosa mostra como alguns trechos de prosa e poesia podem ajudar Bethânia a enfrentar essa onda de turbulências na mídia.

Um menor foi apreendido em Cabo Frio

Bandidos rivais tentam controlar a favela do Jacaré
Marcelo Bastos
Uma guerra entre grupos de traficantes rivais que já dura uma semana vem aterrorizando moradores da favela do Jacaré, em Cabo Frio, na Região dos Lagos. Neste sábado (26), um menor de 14 anos foi apreendido com uma pistola.
Traficantes das favelas do Lixo, Boca do Mato e Rainha da Sucata, ligados à facção criminosa que dominava o Complexo do Alemão, no Rio, intensificaram os ataques após sete traficantes do Jacaré terem sido presos  por PMs no início da semana. Na ocasião, quatro armas foram apreendidas.
Durante uma incursão na manhã deste sábado, agentes da Delegacia de Cabo Frio (126ª DP) foram recebidos a tiros de metralhadora. Ninguém ficou ferido. O menor apreendido foi localizado numa área de mata para onde os criminosos fugiram.
De acordo com a polícia pelo menos dez criminosos foragidos do Alemão após a ocupação de novembro participaram da ofensiva contra o grupo que também conta com reforço de criminosos do Rio, principalmente do morro do Dendê, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, e do Complexo de Senador Camará, na zona oeste.
A situação havia se acalmado na favela do Jacaré com a instalação de um trailer da PM no local. Durante os ataques, no entanto, até a unidade militar foi atingida pelos tiros.

Disque-Denúncia oferece recompensa de R$ 1.000

Por informações de líder de bando que assaltou motel e restaurante
Marcus Rodolfo Rocha Cardoso, o Taz ou RF, é foragido da polícia

Quem souber o paradeiro do fugitivo da polícia identificado como Marcus Rodolfo Rocha Cardoso, também conhecido como Taz ou RF, deve entrar em contato pelo telefone (0xx21) 2253-1177. O anonimato é garantido.
Seis bandidos chegaram ao motel no fim da noite em um carro roubado. As imagens do circuito interno mostram que quatro homens armados renderam os funcionários da recepção. Eles roubaram o dinheiro que estava no caixa e ainda agrediram uma funcionária.
Segundo a polícia, os criminosos invadiram alguns quartos e roubaram dinheiro, joias e outros pertences dos clientes. Em seguida, os suspeitos fugiram em um carro de uma das vítimas. 
Presos fumando maconha
Os PMs da Unidade de Polícia Pacificadora do Turano, zona norte da cidade do Rio de Janeiro, prenderam três homens e apreenderam um menor de idade que fumavam maconha na comunidade na última terça-feira (22). Na delegacia, eles foram identificados como os responsáveis por aterrorizar clientes e funcionários do restaurante e do motel.

Agentes da delegacia da Praça da Bandeira e policiais da UPP deram início a uma operação para prender outros bandidos. Segundo a polícia, um rapaz de 18 anos confessou a participação nos crimes. Na casa dele, a polícia encontrou armas e drogas. Um menor de 17 anos foi entregue para a polícia pela mãe.
- Eu trouxe ele [sic] porque ele errou e tem que pagar pelo erro dele. Eu não gostaria que o que ele fez [sic] com os outros lá acontecesse comigo. Na família, todo mundo é de bem, eu não aceitei o que ele fez.

Semana Teixeira e Sousa

Cabo Frio tem programação cultural

Todos os dias, no Corredor Cultural, uma banda local tem se apresentado.
Neste sábado, às 18h, a programação fica por conta da série Jovens Pianistas, que trará para o Museu José de Dome (Charitas) o pianista Luis Senise e o tenor Ricardo Tuttman. Ás 20h, será realizada no Teatro Municipal a apresentação do monólogo “À meia-noite todos são pardos”, com Antonio Pompeo e texto de Nei Lopes. Será também instalada a Comissão 200 Anos de Teixeira e Sousa. Já no domingo, dia 27, acontecerá, no Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio, às 15h, o Encontro Literário de Escritores Fluminenses; às 19h, no Corredor Cultural, terá apresentação de Salomão do Reggae, e às 20h, no Charitas, teatralização dos quadros de José de Dome com a Cia. Teatral Curare e a cerimônia de premiação da Gincana de Pintura.
A Semana Teixeira e Sousa encerra-se na segunda-feira, dia 28, às 20h, no Teatro Municipal com o espetáculo “Travessia: uma viagem pela língua portuguesa”, com a Cia Teatral Curare; e com a apresentação musical Tambores Urbanos e a Companhia de Dança Rosa Dermachi.

“Escola Pra Machos”


Comédia  em Arraial do Cabo


Até amanhã, sempre a partir das 20h30min. De acordo com Vini Cardoso, ator do espetáculo, “Escolas pra machos” é uma comédia de comportamento, onde um homem simples chamado Leopoldo resolve reunir todas as suas possibilidades, as mais absurdas possíveis, para de uma maneira autodidata, aprender como se comportar com as mulheres e “ensinar” esta ciência improvável à plateia.
Através de personagens múltiplos, femininos e masculinos, a razão e a emoção de ambos os sexos presentes no cotidiano são expostas ao ridículo quando trazidas pela encenação. Ambientado em um Pet Shop, os personagens, conduzidos por Leopoldo, revelam seus inusitados romantismos, queixas, necessidades e expectativas nos relacionamentos. Estabelece-se um estudo nas atitudes encenadas entre situações machistas e sobre até onde iria a já notória sensibilidade feminina.
O personagem central trabalha numa loja de animais de estimação. Sua dificuldade em se relacionar com as mulheres acaba criando uma relação singular com os animais. O resultado é uma divertida comédia que traduz ações irracionais em risos.

XVI OstrasCycle

Velhas Virgens em Rio das Ostras

As Velhas e seu show "Ninguém Beija Como as Lésbicas" de volta ao Rio pra mais um grande encontro de motociclistas apadrinhados pelo Ostrascycle.
O evento acontece neste sábado, na Praia do Costazul.
O OstrasCycle é considerado um dos maiores eventos de Motoclubes da América-Latina, na edição anterior recebeu aproximadamente 65.000 visitantes de todo Brasil além de Chile, Uruguai, Paraguai, Argentina e Estados Unidos.

Serviços gratuitos em Araruama

II Encontro de Mulheres oferece
Até as 18 horas deste sábado, serviços de atendimentos jurídicos, além de emissões de certidões de nascimento e casamento, e serviços de apoio jurídico e social para portadores de necessidades especiais. Quem precisa tirar segunda via de documentos e carteira de trabalho, também terá oportunidade na Praça Antônio Raposo, no Centro da cidade. Também haverá diversos auxílios à saúde, tudo por conta das comemorações ao mês da mulher. Haverá um stand com profissionais da saúde ensinando como deve ser feito auto exame da mama, que é muito importante para detectar, e tratar precocemente, o câncer de mama. Serão oferecidos, ainda, exames preventivos, teste de glicose, aferimento da pressão arterial e orientação sexual com distribuição de preservativos. Outros stands estarão oferecendo serviços de apoio à criança e ao adolescente, vítimas de violência ou maus tratos, corte de cabelo, massoterapia e aplicação de flúor em crianças, que também terão um espaço para diversão com brinquedos e recreação.

Van que seguia do Rio para Maricá

Polícia prende homem com cocaína, maconha e crack
Ele foi preso na manhã deste sábado, durante uma blitz da Polícia Militar em passageiros de uma van na rodovia Amaral Peixoto (RJ-104), que faz o trajeto Niterói-Maricá, na Região dos Lagos. Segundo informações da PM, com ele foram encontrados 30 cápsulas e três sacolés de cocaína, seis trouxinhas de maconha e nove pedras de crack. As drogas estavam em uma bolsa.
O suspeito foi levado para a delegacia do Fonseca (78º DP).

XVII Encontro Internacional de Paraquedismo

Começa agora em Búzios

E vai até amanhã (27), sempre das 10h às 18h, nas proximidades do Aeroporto Umberto Modiano. Estarão presentes cerca de 120 atletas saltando nos céus da cidade.

Igualdade Racial

CDH vai debater Estatuto

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) realiza na segunda-feira (28), às 10h, audiência pública para debater o Estatuto da Igualdade Racial e os oito anos da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.
Devem participar da audiência a ministra da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros; a coordenadora de Combate ao Racismo e à Discriminação Racial da Unesco, psicóloga Edna Maria Santos Roland; o coordenador do Núcleo de Estudos Afrobrasileiros da Universidade de Brasília (UnB), Nelson Fernando Inocêncio da Silva; o presidente da Fundação Cultural Palmares, Eloi Ferreira de Araújo; coordenador da Educafro Brasília, Fernando Benicio dos Santos; o diretor da Associação dos Advogados do Banco do Brasil Humberto Adami Santos Junior (Asabb); a assistente social e ex-secretária de Promoção da Igualdade Racial Matilde Ribeiro; e o deputado federal Edson Santos de Souza.
Requerida pelo presidente da CDH, senador Paulo Paim (PT-RS), a audiência pública será realizada na Sala 2 da Ala Senador Nilo Coelho, no Anexo 2 do Senado.
Tércio Ribas Torres / Agência Senado

Scolari

Sindicato dos Jornalistas de São Paulo critica
O Sindicato dos Jornalistas de São Paulo divulgou nota repudiando as ameaças feitas pelo técnico Luiz Felipe Scolari ao jornalista da Folha Rodrigo Bueno, autor de reportagem que comparava o salário do treinador do Palmeiras com as folhas salariais dos times que o clube venceu neste ano.
"Em entrevista coletiva, o treinador mostrou mais uma vez seu destempero", afirma trecho da nota.
"Convém salientar que o repórter apenas relatou o que os próprios dirigentes do Palmeiras já afirmaram inúmeras vezes em emissoras de rádio e de televisão", acrescenta a organização, que completa: "O sindicato não admite agressões e ameaças".
Na última quarta-feira, depois da vitória do Palmeiras sobre o Linense, em Barueri, Scolari afirmou que "se um dia acontecer alguma coisa", iria "buscar quem escreveu no inferno". E ressaltou: "É uma ameaça? Sim".
Anteontem, o Palmeiras divulgou, em seu site oficial, nota de repúdio ao jornalista e à reportagem publicada pela Folha.
Desde o ano passado, Scolari se queixa de os meios de comunicação citarem seu salário, de cerca de R$ 700 mil/mês. Argumenta que isso põe seus familiares em risco.
As declarações de Scolari e a nota divulgada pelo Palmeiras provocaram uma onda de ameaças de grupos de torcedores organizados do time a jornalistas da Folha por meio do Twitter, do Facebook e também de sites, blogs e fóruns de torcedores.
Procurado pela reportagem, o Palmeiras não quis se manifestar sobre o fato.

A Hora do Planeta

Sete monumentos e pontos turísticos cariocas apagam as luzes

Riotur
Nos Arcos da Lapa, que terão as luzes apagadas pela primeira vez na história, haverá show e baterias
Pontos turísticos de todo o mundo terão suas luzes apagadas durante uma hora nesta sábado (26) e o Rio de Janeiro é a cidade âncora do movimento mundial de alerta ao aquecimento global.
A ação faz parte da Hora do Planeta (Earth Hour, em inglês), um ato simbólico promovido pela Rede WWF. Durante 60 minutos, governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global apagando as luzes.
Nos Arcos da Lapa, que terão as luzes apagadas pela primeira vez na história, os cariocas poderão participar a partir das 19h do ato simbólico com shows gratuitos de Tony Garrido e das baterias das escolas de samba Mangueira, Portela, Grande Rio e União da Ilha.
Além dos Arcos, outros seis monumentos e pontos turísticos cariocas também ficaram às escuras: Cristo Redentor, praias de Copacabana e do Arpoador, Igreja da Penha, Catedral Metropolitana e Monumento dos Pracinhas.
O movimento começou em 2007, quando apenas a cidade de Sydney, na Austrália, participou. No ano seguinte, as participações aumentaram consideravelmente. Mais de 50 milhões de pessoas, de 400 cidades em 35 países aderiram ao movimento. Já em 2009, um bilhão de pessoas em 4.616 cidades, em 128 países, apagaram as luzes durante a Hora do Planeta.
Hora do Planeta no mundo
Paris — A iluminação da Torre Eiffel será desligada.

Nova York — Na Times Square, os luminosos serão apagados. O Empire State Building também terá as luzes desligadas.

Roma — O Coliseu e a Fontana di Trevi – fonte mais famosa da capital italiana - terão as luzes apagadas.

Londres — A roda gigante London Eye e o Big Ben ficarão no escuro.

Buenos Aires — O Obelisco terá a iluminação interrompida.

Antártica — Até mesmo na Estação Davis, no Polo Sul, as luzes serão apagadas.
Hora do Planeta no Brasil
Porto Alegre — As luzes do Monumento ao Expedicionário, no Parque Farroupilha (Redenção), serão desligadas, apesar do Baile da Cidade, que começa às 21h, junto ao espelho d'água.

Rio de Janeiro — Pelo menos sete monumentos e locais turísticos ficarão às escuras: Arcos da Lapa, Cristo Redentor, praias de Copacabana e do Arpoador, Igreja da Penha, Catedral Metropolitana e Monumento dos Pracinhas.

São Paulo — Serão apagadas as lâmpadas da Ponte Octávio Frias de Oliveira (Ponte Estaiada), do Obelisco do Ibirapuera, do Monumento às Bandeiras, do Teatro Municipal, do Mercado Municipal e do Estádio do Pacaembu. A Biblioteca Municipal Mário de Andrade, também terá suas luzes apagadas.

Florianópolis — Serão desligadas as luzes de alguns dos cartões postais da capital catarinense, como a Ponte Hercílio Luz e a Praça 15.
 

Manchetes dos principais jornais neste sábado

Jornais nacionais
O Estado de S.Paulo
Irã desafia a ONU e diz que não aceita investigação
Jornal do Brasil
Liderança de insurgentes na Líbia condena postura do Brasil
O Globo
Bradesco cede a governo e aceita tirar Agnelli da Vale
Correio Braziliense
Se você gosta de beber ou viajar ao exterior...
Estado de Minas
Álcool encosta no preço da gasolina
Jornal do Commercio
Imposto maior para compras no exterior
Diário do Nordeste
Flanelinhas privatizam os espaços públicos da Capital
Extra
Super Zé Lador descobre mais sete piscinões de dengue da prefeitura
Zero Hora
O segredo da cidade dos gêmeos
*
Jornais internacionais
The New York Times (EUA)
Tropas sírias abrem fogo contra manifestantes em várias cidades
The Times (Reino Unido)
Europa assume campanha líbia
China Daily (China)
Pontos de interrogação pairam sobre intervenção da Líbia
Le Figaro (França)
Líbia: Sarkozy e Cameron preparam uma iniciativa diplomática
Le Monde (França)
Líbia: rebeldes tomam cidade de Ajdabiya
El País (Espanha)
Revolta síria se espalha, apesar da repressão sangrenta em El Asad
Clarín (Argentina)
Governo tenta minimizar presença midiática de Obama

sexta-feira, 25 de março de 2011

Prioridade de julgamento para crimes praticados contra jornalistas

Projeto será votado na CCJ
Valéria Castanho e Augusto Castro

Em reunião agendada para a próxima quarta-feira (30), às 10h, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) vota proposta que estabelece preferência na pauta de julgamentos do Tribunal do Júri para os homicídios praticados contra jornalistas em razão de sua profissão. O projeto será votado como item extrapauta, conforme informou o presidente do colegiado, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) nesta sexta-feira (25) à Agência Senado.
Segundo o autor do projeto (PLS 167/10), ex-senador Roberto Cavalcanti, a liberdade de imprensa deve ser compreendida como uma condição “essencial da democracia”, prevista constitucionalmente. Portanto, segundo explica na justificação a seu projeto, cabe “à lei processual penal adotar mecanismos e procedimentos condizentes com esse valor primordial dos regimes democráticos”.
A proposta, que altera a redação do inciso I do art. 429 do Código de Processo Penal, tem o objetivo de evitar a impunidade nos crimes contra a imprensa.
O relator, senador Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB), apresentou voto pela aprovação da matéria. Em seu parecer, o senador dá razão ao autor da matéria quando este afirma, na justificação do projeto, que a liberdade de imprensa deve ser compreendida como “uma condição essencial da democracia”. Assim, ressalta Vital do Rêgo, o estado brasileiro deve prestar especial atenção aos homicídios praticados contra os profissionais que praticam o chamado jornalismo investigativo, “cuja atuação contraria interesses de grupos criminosos, políticos corruptos e administradores públicos venais”.
Vital do Rêgo também informa que a aprovação do PLS 167/10 vai ao encontro dos anseios da Sociedade Interamericana de Imprensa, de acordo com os documentos da 66ª Assembleia Geral da entidade, realizada em Mérida, no México, em novembro de 2010.
O caso mais famoso de crime que vitimou um jornalista brasileiro, justamente por causa de sua atuação profissional, é o do assassinato de Tim Lopes, repórter da TV Globo. No dia 2 de junho de 2002, Tim foi morto na favela Vila Cruzeiro, no bairro do Complexo do Alemão, subúrbio do Rio de Janeiro, quando se preparava para fazer apurar de denúncia de exploração sexual de adolescentes e a venda de drogas num baile funk.
Descoberto pelos traficantes, Tim Lopes foi julgado e torturado como vingança por reportagem feita em 2001 sobre a venda de drogas no morro, e que levou à prisão de vários traficantes.

Em nome da "pluralidade"

Programas sobre religiões específicas são banidos da TV Brasil
Redação Portal IMPRENSA
Após meses de discussão sobre a legitimidade de programas de caráter religioso na TV Brasil - emissora de caráter público -, o Conselho Curador da EBC decidiu banir programações de religiões específicas.

Os atuais programas religiosos - dois católicos e um evangélico - devem sair do ar em seis meses e dar lugar a uma faixa de programação que busque apresentar todas as vertentes religiosas no Brasil, de acordo com o texto aprovado pelo Conselho. 

Na nova determinação, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) baniu os programas específicos de todas as emissoras que administra, inclusive de sua programação radiofônica. No texto aprovado, o caráter laico e republicano da EBC fora reforçado, em alinhamento com o Estado brasileiro. As informações são da Secretaria Executiva do Conselho Curador.      

“Hora do Planeta”...

... deve envolver mais de um bilhão de pessoas no mundo

A Hora do Planeta 2011, ação, promovida pela WWF-Brasil, será realizada neste sábado, dia 26, das 20h30 às 21h30 (horário de Brasília). Empresas, instituições públicas, universidades e residências vão se mobilizar e apagar suas luzes, como uma forma, ainda que simbólica, de alerta para a preservação de recursos naturais. A Hora do Planeta deve envolver mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo.
Pelo terceiro ano consecutivo no Brasil, o projeto conta com o Rio de Janeiro como a cidade-sede do movimento, que além do Cristo Redentor pretende apagar os Arcos da Lapa, orla de Copacabana, Arpoador, Igreja da Penha entre outros.
O projeto é uma ação da WWF-Brasil, organização não-governamental brasileira, dedicada à conservação da natureza, promovendo o uso racional de recursos naturais em benefício da população atual e futuras gerações.

Simon:

Supremo pode ter ‘matado’ a Ficha Limpa 

Com base em diversas notícias publicadas pelos jornais nesta sexta-feira (25), o senador Pedro Simon (PMDB-RS) disse estar com a impressão “de que o Supremo matou a Lei da Ficha Limpa “. Mesmo dizendo respeitar a posição do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux contra a aplicação desta lei nas eleições de 2010, o parlamentar lamentou que seu voto tenha sido decisivo para finalizar a posição da Corte sobre o assunto.
- Foi uma ducha de água fria o que aconteceu – disse, ao se referir à decisão do STF, por 6 votos a 5, de que a lei não vale para as últimas eleições.
Com esse resultado, políticos barrados pela Justiça Eleitoral que tiveram votos suficientes para se eleger poderão vir a assumir suas vagas no Senado e na Câmara.
Ao comentar a posição de alguns ministros do STF, Simon disse considerar que o relator da matéria e ex-presidente do Supremo Gilmar Mendes “tem certa antipatia pelo Senado”. E sobre a expectativa da população brasileira pela aplicação da Ficha Limpa, o senador concordou com o presidente daquela Corte, ministro Cezar Peluso, de que o STF “não pode se curvar a pressões da sociedade”. O parlamentar lembrou, no entanto, a contribuição da mobilização popular e das entidades da sociedade civil para a construção da democracia no Brasil.
- Não é essa Casa [o Senado], nem o Supremo e nem o Executivo que vai mudar o Brasil, que vai fazer a reforma política, a reforma econômica ou a reforma ética, se o povo não vier – reforçou o senador pelo Rio Grande do Sul.
Ele também lembrou as expectativas da população quanto à condenação de políticos que tenham sido acusados de algum crime e citou esforços para mudar a lei de forma a tornar possível a abertura de processo contra parlamentares.
- Levou vinte anos, mas hoje o Supremo não precisa de licença, nem da Câmara nem do Senado, para processar deputados ou senadores. Mas não processa porque não quer, porque fica na gaveta [do STF], ano após ano. Em nome de quem os processos do Supremo não avançam? – questionou Simon.
Como contraponto, ele citou diversos casos de parlamentares cassados após processos no Congresso, como os chamados “anões do orçamento” – congressistas acusados de desviar recursos do Orçamento da União.
Da Redação / Agência Senado

Discriminação contra grupo LGBT

Lei tipificando como crime ajudaria na criação de políticas públicas, diz delegada

Isabela Vieira
A criação de leis que especifiquem como crime a discriminação contra lésbicas, gays, travestis e transexuais (LGBT) ajudaria na elaboração de políticas públicas contra o preconceito, além de diminuir a sensação de impunidade. A avaliação é da subsecretária de Ensino e Programas da Secretaria de Segurança do Estado do Rio, a delegada Jéssica Oliveira de Almeida.
“As leis seriam um grande instrumento para enfrentar o problema. Facilitaria o trabalho de tipificação de realidades que vivemos cotidianamente e que não são normatizadas no país. Sem essas leis, não há encaminhamento específico”, afirmou Jéssica Oliveira, hoje (25), à Agência Brasil, durante o 1º Congresso Nacional de Direito Homoafetivo, no Rio.
De acordo com a subsecretária, a criminalização da homofobia também permitiria pesquisar melhor os casos e proteger as vítimas potenciais. Jéssica Oliveira chama atenção para a gravidade dos crimes praticados contra pessoas LGBT, que, quase sempre, são lesão corporal e homicídio. “São crimes que lesam a integridade física ou tiram a vida das pessoas, principalmente de travestis e transexuais”, disse a delegada.
Numa iniciativa pioneira no país, para enfrentar a falta de dados sobre a violência com motivação homofóbica, Jéssica Oliveira propôs a inclusão pela Polícia Civil do Rio, da classificação “homofobia” nos boletins de ocorrência com base no relato da situação de violência. Paralelamente, a secretaria implementou uma capacitação para os agentes e para os atendentes.
Há dois anos em funcionamento, o programa das delegacias complementa o atendimento da área de assistência social, feito por centros de referência e serviços de promoção da cidadania no estado. Para reforçar a rede, durante o congresso, foi confirmada a inauguração, em abril, de um centro de referência LGBT em Duque de Caxias, na baixada fluminense.
De acordo com o superintendente estadual de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos, Claudio Nascimento, mais cinco centros serão inaugurados até o final de 2011, sendo um deles na Região dos Lagos e outro em Nova Iguaçu. No total, para a construção das unidades, serão investidos R$ 4 milhões.
Perguntada sobre os dados da Região dos Lagos, que é a segunda área mais violenta para a população LGBT no estado, depois da capital, a delegada destacou que o ativismo de grupos gays, em Cabo Frio, pode se refletir no aumento dos números de ocorrência.
“O município [Cabo Frio] tem índices altos. Lá, existe uma militância gay muito ativa. Por um lado que esses ativistas ajudam a informar a população sobre os seus direitos, sobre a importância de ir na polícia fazer uma queixa, isso os deixa mais vulneráveis a violência”, comentou a subsecretária. Ela estima que as estatísticas de crimes contra a população LGBT em Duque de Caxias sejam altas, mas afirmou que a secretaria não tem dados oficiais porque o município ainda não está incluído no programa de informatização da Polícia Civil.

Atentado a jornalista no Rio

Repórteres Sem Fronteiras pede investigação

Por Redação, com RSF - de Paris
A organização não governamental Repórteres Sem Fronteiras (RSF), com sede em Paris, pediu nesta quinta-feira que a Polícia Federal investigue a pista de um possível acerto de contas no ataque contra o blogueiro Ricardo Gama, conhecido por críticas regulares a políticos, empresários e autoridades policiais.
A RSF indicou que há pouco tempo o blogueiro denunciou a presença de um empresário envolvido no tráfico de drogas na favela da Rocinha e solicitou que a investigação leve em conta essa última acusação.
“Abordar o crime organizado ainda expõe os jornalistas brasileiros a graves ameaças”, assinalou a RSF em comunicado, segundo o qual a vítima é conhecida por “suas fortes críticas contra as autoridades locais”.
Para o RSF, apesar dos avanços em liberdade de expressão sob o mandato de Luiz Inácio Lula da Silva, a imprensa, “exposta a uma forte insegurança em várias regiões”, sofre “o abuso por parte de algumas autoridades locais”, o que é “outra forma de censura que também afeta os blogueiros”.

Blogueiro baleado respira sem aparelhos,

mas continua na UTI
Diana Brito
Baleado na última quarta-feira em Copacabana, o blogueiro Ricardo Gama permanece internado em estado grave no hospital Copa D'Or, mas já respira sem ajuda de aparelhos. Ele ficou conhecido por suas críticas aos governos Sérgio Cabral (PMDB) e Eduardo Paes (PMDB).
De acordo com o hospital, Gama passou por uma neurocirurgia na última quarta (23) e permanece na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Médicos informaram que o quadro dele é grave, porém estável porque está evoluindo bem. Não há previsão de alta.
O blogueiro levou dois tiros na cabeça e um no tórax, disparados por um homem que o abordou em um carro prata. O caso foi registrado na 12ª DP (Copacabana). O crime ainda é investigado, mas a polícia já descartou a hipótese de assalto, já que nada foi levado da vítima.
Além de críticas aos governantes do Estado e da cidade do Rio, Gama também escreve, em seu blog, contra supostas irregularidades da própria polícia, não só no Rio de Janeiro, como em outros Estados.
Gama conseguiu repercussão para o seu blog no ano passado, quando divulgou o vídeo em que um jovem era chamado de "otário" pelo governador Sérgio Cabral durante inauguração de obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) no Complexo da Maré, na zona norte da cidade.

Maior transparência nas decisões dos partidos

OAB pede 

Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcanti afirmou, nesta quinta-feira, que a reforma política precisa dar maior transparência e representatividade aos partidos políticos.
– Temos partidos que não respeitam os diretórios municipais ou estaduais, sua base não é ouvida. A reforma deve começar pela revisão da Lei Orgânica dos Partidos Políticos, cobrando deles mais transparência. Isso é fundamental para que possamos enxergar o partido como grande interlocutor entre a sociedade e o Parlamento. Só depois disso se poderia falar em lista fechada ou preordenada – disse.
O presidente da OAB participa neste momento de audiência pública da Comissão Especial da Reforma Política.
Durante a reunião, Cavalcanti disse que a decisão de o Senado e a Câmara dos Deputados terem comissões distintas para analisar a reforma política leva a sociedade a questionar a efetiva intenção do Congresso de realizar a reforma.
– A sociedade cobra (a reforma política), a presidente Dilma Rousseff cobrou em seu discurso de posse, os presidentes da Câmara e do Senado se dizem comprometidos, mas, no primeiro ato, as duas Casas lançam comissões separadas. Isso deixa o cidadão perplexo, mas tenho convicção que os parlamentares que assumiram nesta legislatura têm compromisso com a reforma política – disse.

Prisão especial

Deputados podem votar pelo fim

Líderes ainda buscam acordo sobre a matéria. A pauta inclui também medidas provisórias, como a que trata do trem-bala.
As mudanças no Código de Processo Penal, com o fim da prisão especial e novas medidas cautelares que podem diminuir as prisões temporárias, são o destaque do Plenário para as sessões extraordinárias da última semana de março. Na quarta-feira (23), não houve acordo entre os partidos para votar essa matéria (PL 4208/01) devido à redação dada ao artigo que acaba com a prisão especial para diversos profissionais e autoridades.
O texto do Senado, que deve ser votado pelos deputados, atribui ao juiz a prerrogativa de conceder prisão especial se ela for necessária para preservar a vida do suspeito. A matéria é o primeiro item da pauta de quarta-feira (30), e na quinta-feira (31), às 9 horas, haverá sessão extra para votar as pendências do dia anterior.
O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), informou que o projeto deverá ser votado na quinta-feira, se houver acordo. “Somos a favor da proposta como está, mas temos de esperar a definição do PMDB. A bola não está conosco”, disse o líder. Ele se referiu ao PMDB porque o pedido de retirada de pauta foi feito pelo 1º vice-líder do partido, deputado Mendes Ribeiro Filho (RS). O PMDB deverá tratar do assunto em reunião na terça-feira.
Vaccarezza ressaltou que essa votação não é considerada pelo governo tão prioritária quanto a análise das medidas provisórias que trancam a pauta.
Trem-bala
Outra matéria que pode provocar polêmica, nas sessões ordinárias a partir de terça-feira (29), é a MP 511/10. Ela tranca  os trabalhos e autoriza a União a oferecer garantia para um empréstimo de até R$ 20 bilhões do BNDES  ao consórcio construtor do Trem de Alta Velocidade (TAV), conhecido popularmente como trem-bala. O leilão está previsto para 29 de abril deste ano, após dois adiamentos em 2010.
A oposição não concorda com o parecer de Carlos Zarattini (PT-SP), que inclui na MP a criação da Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade S.A. (Etav). Uma das funções da Etav será planejar e promover o desenvolvimento desse tipo de trem de forma integrada com os outros transportes. A criação já estava prevista no Projeto de Lei 7673/10, do Executivo.
Banda larga
Em sessões extraordinárias, o Plenário poderá analisar ainda o PL 1481/07, do Executivo, que permite o uso de recursos do Fundo de Universalização de Serviços de Telecomunicações (Fust) para financiar serviços típicos do regime privado, como a internet de banda larga.
O projeto adota como prioridade a extensão da banda larga a todas as escolas públicas rurais, e a população mais pobre contará com subsídios.
Pode ser analisado ainda o PL 4361/04, que regulamenta o funcionamento das lan houses.
Itaipu
Para a sessão de quarta-feira (30), estão previstas as votações de dois projetos de decreto legislativo (PDC). O PDC 2600/10 permite que o Brasil pague três vezes mais pela energia comprada do Paraguai e vinda da Itaipu Binacional. Como o empreendimento é de ambos os países, qualquer mudança nos parâmetros deve ser feita por acordo.
Já o PDC 1669/09 contém o Tratado Constitutivo da União das Nações Sul-Americanas (Unasul). Essa entidade deverá fazer uma integração continental abrangendo 12 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

PC do B

faz 89 anos

O partido é hoje o mais antigo do nosso país e amplia sua base: conta com aproximadamente 300 mil filiados em todo o Brasil, o maior número de sua longa trajetória.
De seus 89 anos de vida, 61 deles foram passados na ilegalidade. Lutando pela causa socialista, viu suas lideranças e base serem perseguidas e assassinadas pelas forças da repressão política e de duas ditaduras – a militar (1964-1985) e a de Getúlio Vargas (1937-1945).

Taxa de desemprego

Maior no país desde agosto passado

O desemprego brasileiro aumentou em fevereiro e atingiu o maior patamar desde agosto passado, enquanto o rendimento do trabalhador caiu na comparação mensal. A taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do país subiu para 6,4% em fevereiro, ante 6,1% em janeiro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. Economistas consultados pela agência inglesa de notícias Reuters projetavam uma taxa de 6,4%, segundo a mediana de 17 respostas que variaram de 6,2% a 7%.
A população ocupada totalizou 22,184 milhões, alta de 0,5 mês a mês e de 2,4% sobre fevereiro do ano passado. O número de desocupados foi de 1,508 milhão de pessoas, um avanço de 6% na comparação com janeiro e uma queda anual de 12,4%. O rendimento médio real do trabalhador somou R$ 1.540,30, recuo de 0,5% contra janeiro e elevação de 3,7% sobre fevereiro passado.
Na série histórica, no entanto, a taxa de desemprego é a menor para o mês, desde fevereiro de 2003. Desde 2005, as taxas de fevereiro vêm diminuindo no país. Em 2010, a taxa de desemprego foi 7,4%. Em comparação com igual mês de 2010, o rendimento médio real dos trabalhadores teve um aumento de 3,7% em fevereiro deste ano, passando de R$ 1.485,94 para R$ 1.540,30.
A população ocupada aumentou 2,4% na mesma comparação, enquanto a desocupada teve queda de 12,4%. Já os trabalhadores com carteira assinada no setor privado aumentaram 6,9% no período.
 

Ocorrências em Macaé

Bandidos assaltam agência de viagens
Dois homens assaltaram uma agência de viagens no centro de Macaé, no início da tarde desta sexta-feira (25). Os criminosos, que renderam os funcionários e três clientes, levaram R$ 4.000 do cofre da agência.
Policiais do Batalhão de Choque, que estão na cidade dando apoio a continuidade da operação Falklands, foram à agência para tentar prender os criminosos, que já tinham fugido quando os agentes chegaram.
Os criminosos trancaram as vítimas dentro da loja. Para se libertar eles tiveram de quebrar a porta de vidro da empresa. O caso foi registrado na Delegacia de Macaé (123ª DP).

Bope prende homem com comprimidos de ecstasy   
Policiais militares do Bope (Batalhão de Operações Especiais) prenderam um suspeito em Macaé, no início da madrugada desta sexta- feira (25). O homem estava com 23 comprimidos de ecstasy, um rádio transmissor, um carregador e R$ 30.
Os policiais chegaram até o suspeito que estava na rua S da Comunidade Malvinas, após receberem denúncias de moradores locais. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Macaé (123ª DP). O Bope está realizando operações em Macaé desde a última terça feira (22) para reprimir o tráfico de drogas.

Chegam novas equipes do Batalhão de Choque
Um comboio com seis viaturas do Batalhão de Choque da Polícia Militar chegou a Macaé, na manhã desta sexta-feira (25). O efetivo vai substituir parte das equipes que estavam na cidade desde o início da operação Falklands, na terça-feira (22). 
Os 30 policiais vão ajudar na ocupação das quatro comunidades onde acontecem as ações para prender suspeitos de envolvimento com o tráfico, apreender drogas e armamentos.
Na próxima segunda-feira (28) o comando da Polícia Militar vai se reunir com os delegados das polícias Civil e Federal para avaliar os resultados da operação. Na ocasião eles devem decidir se as tropas continuam em Macaé.

Arraial do Cabo

Justiça determina a retirada de barcos da Praia dos Anjos

As Secretarias de Ambiente e da Ordem Pública de Arraial do Cabo, embargaram nesta sexta-feira (25) um estaleiro e um estacionamento que funcionavam na Praia dos Anjos. A operação foi motivada por uma determinação da Justiça Federal. 
A ação deixou os pescadores revoltados. Eles alegam que não tem onde fazer a manutenção das embarcações, já que a cidade não tem estaleiros. Quem não obedecer a determinação terá que pagar uma multa diária de R$ 5 mil.
O secretário de Ambiente de Arraial do Cabo, David Barreto, disse que o município está tentando reverter a situação. Por enquanto a determinação foi acatada e todos os donos dos barcos foram notificados para retirar as embarcações do local, assim como os carrinhos das embarcações e material de sucata.

Operação Duas Rodas em Búzios

Polícia Civil apreende cinco motos irregulares

Ronald Pantoja / Divulgação
Policiais orientam motociclistas durante operação

Policiais da Delegacia de Armação de Búzios (127ª DP), apreenderam cinco motos na manhã desta sexta-feira (25) durante a operação Duas Rodas.
Segundo Mário Lamblet, titular da Delegacia de Búzios, a operação foi educativa e teve como principal objetivo apreender motos com a documentação irregular.
A operação teve o apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Búzios.
 

Municípios podem perder repasses do Bolsa Família

... quase 90%
Corte de verba usada para gerir programa atingirá prefeituras cujas contas de 2009 não foram aprovadas por conselhos municipais
Fred Raposo
Se até o fim do mês não prestarem conta dos gastos que tiveram em 2009, 4.856 municípios – ou 87,26% dos que receberam recursos destinados a ações administrativas do programa Bolsa Família – correm o risco de ter os repasses previstos para este ano suspensos pelo governo federal.
Levantamento do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) revela que este é o número de cidades cujas contas, até o dia 17 deste mês, não foram aprovadas ou aguardam parecer dos Conselhos Municipais de Assistência Social (CMAS), compostos por representantes de entidades civis e das três esferas de governo.
Pelos cálculos do ministério, cerca de R$ 24 milhões estão previstos para serem investidos, por mês, em ações administrativas do Bolsa Família em 2011. Não estão em risco os benefícios entregues às famílias, mas a verba usada para gerir o programa. Por exemplo, gastos com atividades complementares, como a realização de cursos técnicos e a atualização de cadastros.
O estado com maior número de municípios que receberam repasses do governo foi Minas Gerais: ao todo, 853 cidades. Dessas, contudo, 679 (ou 79,6%) não apresentaram comprovação dos gastos. São Paulo aparece em seguida com 645 municípios beneficiados. Porém, apenas 55 tiveram as contas aprovadas.
Anteriormente, a prestação de contas era feita no âmbito municipal. Mas só a partir de 2009 que os conselhos passaram a submeter as informações ao governo federal. Segundo o MDS, das 5.565 prefeituras que receberam recursos em 2009, 1.852 prestaram contas, mas apenas 710 tiveram as mesmas aprovadas integralmente.
Prazo termina na próxima quinta
Em outras três cidades, os conselhos aprovaram parcialmente os valores. Já em 1.139 casos, as informações foram prestadas, mas os respectivos CMAS ainda não repassaram os dados para o ministério. O prazo final para que os municípios tenham as justificativas aprovadas termina na próxima quinta-feira, 31 de março.
O corte dos repasses passa a valer a partir de abril. Depois, os municípios ainda podem prestar contas, mas o MDS informa que não pagará retroativamente pelos meses em que as informações foram entregues com atraso.
De acordo com o ministério, 5.423 municípios receberam recursos do Bolsa Família em 2009 –as 142 prefeituras restantes foram incluídas na conta por apresentarem “saldos remanescentes” dos anos anteriores.

Costão na Praia da Ferradura em Búzios

MPF quer preservar

Extraído de: Procuradoria da República no Rio de Janeiro
O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Prefeitura de Búzios e ao Instituto Estadual do Ambiente (INEA) que não permitam intervenções na área conhecida como Costão Oeste da Praia da Ferradura. De acordo com a recomendação, tanto o município quanto o INEA, representado pela Superintendência Regional Lagos-São João (SUPLAJ), devem se abster de conceder licenças para alterações no local, além de suspender eventuais permissões que tenham sido dadas para qualquer tipo de intervenção ou obra (construções, desmatamento, loteamentos, abertura de vias etc.). O MPF deu prazo de 10 dias para que a Prefeitura e o INEA se pronunciem sobre o caso.
A recomendação, feita pelo procurador da República Gustavo de Carvalho Fonseca, está baseada em laudos do IBAMA, da FEEMA e do Departamento de Recursos Minerais do Estado do Rio de Janeiro (DRM/RJ), que enviaram equipes a Búzios e concluíram que o Costão Oeste é área de preservação permanente, configurando um patrimônio ambiental e paisagístico de máximo valor. Também apurou-se que a área já havia sido desmembrada e que a própria Secretaria de Planejamento do Município emitiu parecer apontando a ilegalidade do desmembramento, que foi cancelado em agosto de 2009.
"Esta recomendação tem caráter preventivo, servindo como um alerta aos órgãos licenciadores, para que não incorram em ilegalidade nem contribuam para danos ambientais irreversíveis", diz o procurador.
Em dezembro de 2008 o MPF moveu cinco ações civis públicas referentes a danos ambientais em costões rochosos em Búzios. Em todos os casos, que ainda aguardam julgamento, pretende-se responsabilizar tanto os proprietários dos lotes quanto o Município de Armação dos Búzios. Caso haja concessão de licenças ilegais poderá ser caracterizado crime contra a administração ambiental, com pena máxima de três anos de prisão e multa. A recomendação é um instrumento usado por procuradores da República para defender o interesse público sem recorrer a um processo judicial.

Novo tremor nesta sexta

Japão é sacudido

Um novo tremor de terra assustou o Japão nesta sexta-feira (25), duas semanas após o mais forte terremoto de sua história. A réplica teve magnitude de 6.2 graus na escala Richter e foi nas proximidades da costa da província de Miyagi. Nenhum alerta de tsunami foi enviado à população do local.
Também na Ásia, subiu para 75 o número de mortos no terremoto que abalou Mianmar, Tailândia e Laos, além de 110 feridos. O tremor atingiu um local pouco populoso, mas de difícil acesso às equipes de resgate. Os vilarejos de Tashilek e Kentung, em Mianmar, foram os locais que mais sofreram.
O epicentro do novo terremoto da Ásia foi localizado a 10 quilômetros de profundidade, segundo o Instituto Geofísico dos Estados Unidos (USGS), que mede a sismologia em todo o mundo.

Plebiscito e eleições suplementares

TSE realiza lacração de sistemas eleitorais

Na próxima segunda-feira (28), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dá início à Cerimônia de Assinatura Digital e Lacração dos Sistemas Eleitorais que serão utilizados no plebiscito que será realizado na cidade de Embu (SP), no próximo dia 1º de maio. Por ocasião da consulta popular no município paulista, o Tribunal aproveitará a oportunidade para também assinar e lacrar os programas que poderão ser usados caso sejam marcadas eleições suplementares referentes ao pleito nacional de 2010.

Aberta ao público, a cerimônia se encerrará no dia 31 de março, às 18h30, quando serão assinados digitalmente e lacrados todos os sistemas que serão utilizados no plebiscito e nas eleições suplementares. Os programas serão assinados pelo presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski. Também foram convidados para assinar e lacrar os sistemas o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel.

O evento, que poderá ser acompanhado por representantes dos partidos políticos e demais interessados, será realizado na Sala de Apresentação do Anexo I do TSE, das 9h às 18h. Ainda serão submetidos aos procedimentos de assinatura e lacração os sistemas que serão utilizados na eleição suplementar da cidade de Kaloré (PR), no dia 1º de maio, e nos demais pleitos suplementares relativos às eleições de 2008 que venham a ser determinados pela Justiça Eleitoral.

Procedimentos
A assinatura digital é uma técnica criptográfica que busca assegurar que o software da urna não foi modificado de forma intencional ou não perdeu suas características originais por falha na gravação ou leitura, isto é, se a assinatura digital for válida, o arquivo não foi modificado. A assinatura digital também assegura a autenticidade do programa, ou seja, confirma que o programa tem origem oficial e foi gerado pelo TSE.

Depois de assinados digitalmente, todos os sistemas eleitorais que serão usados em determinada eleição são também lacrados fisicamente. Isso significa que todos os programas em suas versões finais, já tendo passado pelo processo de compilação – que transforma os códigos-fonte em arquivos executáveis –, serão gravados em mídia não regravável, lacrados fisicamente e encaminhados à sala-cofre do Tribunal, onde ficarão armazenados.

O objetivo dos procedimentos é mostrar à sociedade que o processo eleitoral – composto por um conjunto de programas – é seguro, especialmente porque é inviolável. Isso porque além da identificação da autenticidade pelo resumo digital, todos os programas da urna eletrônica são lacrados física e digitalmente, após receberem a assinatura digital, e guardados em um cofre de segurança máxima.

LF

Momento reflexão

Movimento Hora do Planeta

Arraial do Cabo confirma adesão 

Ascom
Ciente da importância e relevância do movimento Hora do Planeta, a Prefeitura de Arraial do Cabo, através da Secretaria Municipal do Ambiente confirmou a adesão oficial da cidade à edição de 2011 do movimento, que acontece neste sábado.
De acordo com o secretário do Ambiente de Arraial do Cabo, David Barreto, em 2011, a Hora do Planeta vai além da hora. É o começo de um processo de mudança e tomada de atitudes concretas para o bem do planeta.
– Contamos com a colaboração de todos para participarem do evento com o simples gesto de apagar as luzes de suas residências das 20h30min às 21h30min de sábado – ressaltou David.

Caso Ricardo Gama:

Vitima de intolerância política?

Fernando Peregrino
Presidente do Instituto Republicano do PR/RJ


Que Ricardo Gama é um militante social criativo e audacioso ninguém tem duvida. Mas será que ele despertou a intolerância política em nossa terra? Ricardo está sendo operado, estou ao lado de outro guerreiro Coronel Paúl no Hospital Copa Dor, todos acreditamos que ele se sairá bem, mas será que ele despertou a intolerância política e o uso de métodos criminosos para resolver divergências políticas. Ricardo exercia uma função jornalística destacada, então por que as instituições do setor não consideram um Atentado à liberdade de Imprensa? Ou elas só gritam para defender a liberdade de Empresa, e não de Imprensa como um todo. Será um recado? Podemos todos dormir tranqüilos de que as instituições de defesa da democracia estão em boas mãos?

Novidades sobre o caso Ricardo Gama

1. O estado de saúde do Ricardo Gama continua sob controle, em repouso, sedado durante essas 48 horas pós cirurgia. Continuemos pedindo a Deus pela sua saúde.
2. A chefe de Policia respondeu ao oficio do PR pedindo agilidade e alertando quanto ao caráter político do crime. No ofício de resposta disse-nos estar tomando as providências previstas na legislação. Aguardemos atentos. O crime é político, mas a investigação não pode ser.
3. O Coronel Paúl organiza um ato de protesto amanhã as 11 horas ,  em frente ao Palácio Guanabara, pedindo providencias para apurar o crime contra Ricardo. Todos os que puderem devem comparecer ao evento.

JORNAL O DIA
Blogueiro acusa: ‘queima de arquivo’
 Testemunha ouviu advogado gritar logo após ser atingido por quatro tiros em atentado em Copacabana. Vítima está no CTI.
Maria Inez Magalhães

Baleado quarta-feira a poucos metros de casa no Bairro Peixoto, em Copacabana, o advogado Ricardo Gama, mesmo ferido, ainda conseguiu se comunicar. Segundo uma testemunha, ele gritou duas vezes ‘queima de arquivo’ enquanto era socorrido.

Ricardo Gama  Foto: Reprodução da Internet
A frase seria referência às críticas pesadas a autoridades estaduais e municipais, policiais e milicianos que a vítima faz em seu blog. Antes de atirar, o criminoso chamou Ricardo pelo nome. De costas para o bandido, ele foi atingido por quatro tiros ao se virar para atender ao chamado. A Polícia Civil não falou sobre o caso e proibiu os policiais de passarem informações. A assessoria de imprensa da instituição se limitou a dizer que as investigações continuam. A família de Ricardo preferiu não comentar o caso.
O crime aconteceu na Travessa Moacyr Deriquem, que liga as ruas Santa Clara e Maestro Francisco Braga, no Bairro do Peixoto, onde o Ford Ka prata usado pelo criminoso ficou parado. Policiais da 12ª DP (Copacabana) foram ao local em busca de câmeras de segurança dos prédios que possam ajudá-los a identificar o criminoso.
Hoje, às 11h, haverá manifestação no Palácio Guanabara, em Laranjeiras, promovida pelo ex-corregedor da PM, coronel Paulo Ricardo Paúl. Amigo da vítima, ele vai cobrar providências no caso. O deputado federal Garotinho (PR), partido pelo qual Ricardo foi candidato à Alerj, pediu à Câmara a criação de comissão para acompanhar o inquérito. Amigo do blogueiro e ex-candidato ao governo estadual, Fernando Peregrino encaminhou ofício à chefia de Polícia Civil e à Secretaria de Segurança pedindo agilidade nas investigações. A ONG internacional Repórteres Sem Fronteiras cobrou apuração urgente do ataque.

JORNAL EXTRA
Polícia busca imagens de atentado contra blogueiro baleado em Copacabana

Gabriel Mascarenhas e Antônio Werneck
Imagens das câmeras de dois prédios e de uma academia poderão ajudar a polícia a identificar a placa do Ford Ka prata usado pelo homem que tentou executar o advogado e blogueiro Ricardo Gama, na quarta-feira, no Bairro Peixoto, em Copacabana. A Polícia Civil não divulgou se já tem suspeitos do crime e está intimando comerciantes e moradores da região a depor. ( Delegado fala sobre as investigações do caso e não descarta tentativa de execução. )
Um morador do bairro Peixoto, que preferiu não se identificar, ajudou a socorrer Ricardo.
— Ele estava consciente e repetiu várias vezes: “'É queima de arquivo”. Não consegui ver quem atirou, apenas o carro, de vidros escuros, cantando pneu — contou o morador.
Ricardo Gama é filiado ao Partido da República (PR) e mantém um blog em que faz críticas ao governo do estado e à prefeitura do Rio. No último dia 13, ele publicou um texto revelando que estava sendo ameaçado por um policial por conta de posts sobre o ex-subchefe da Polícia Civil delegado Carlos Oliveira, preso, por suspeita de corrupção, na Operação Guilhotina, da Polícia Federal. Secretário-geral do PR, Fernando Peregrino enviou um memorando ao secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, e à chefe da Polícia Civil, Marta Rocha, pedindo agilidade nas investigações.
Ricardo foi atingido por três tiros pela manhã, na Travessa Moacyr Deriquém, uma passagem entre as ruas Santa Clara e Maestro Francisco Braga. Um homem o chamou pelo nome, disparou quatro vezes e fugiu sem levar nada. A vítima, que ainda conseguiu ligar para a mulher e pedir socorro, está na UTI do Hospital Copa D’Or em estado grave, mas estável, sem previsão de alta.
Presidente da Associação de Moradores do bairro Peixoto, Marcos Vinícius Coutinho criticou a falta de policiamento na região e lembrou que os moradores ficaram assustados pela violência do atentado ao blogueiro, afirmando que, na hora dos tiros, a Praça Edmundo Bittencourt estava cheia:
— Era uma hora de pico na praça, onde às quarta-feiras há uma feira. É triste, o bairro é bucólico, sem violência.
Nesta sexta-feira, amigos de Ricardo farão uma manifestação em frente ao Palácio Guanabara para pedir providências a respeito do atentado contra o blogueiro.

Contra o aquecimento global

Rio de Janeiro sedia campanha

Pelo terceiro ano consecutivo, a cidade do Rio de Janeiro será a cidade sede no Brasil do projeto Mundial Hora do Planeta, coordenado pela Rede WWF para mobilizar e conscientizar a população sobre o aquecimento global.
O ato simbólico em que governos, empresas e a população são convidados a apagar as luzes por uma hora ocorre neste sábado (26), com direito a shows de música nos Arcos da Lapa, no centro da cidade, a partir da 19h.
Como nos anos anteriores, monumentos públicos terão suas luzes apagadas, entre eles o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e os Arcos da Lapa. A superintendente do WWF-Brasil, Regina Cavine, informou que durante o apagar das luzes, entre as 20h30 e as 21h30, as baterias das escolas de Samba da Mangueira, Portela, Grande Rio e União da Ilha do Governador vão ocupar o palco do evento.
Desde 2007, o ato é celebrado em 130 países. No Brasil, cerca de 70 cidades aderiram à campanha. Este ano, o primeiro minuto da celebração será dedicado, em silêncio, às vítimas do terremoto seguido de tsunami, no Japão, além das vítimas das enchentes no Brasil e na Austrália.
 

TRT do Rio

ganha novos dirigentes

Nesta sexta-feira (25), a partir das 16h, no plenário Juiz Délio Maranhão, acontecerá a posse dos novos dirigentes do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região do Rio de Janeiro.
Assumirão os seguintes cargos: presidência, desembargadora Maria de Lourdes D´Arrochella Lima Sallaberry; vice-presidência, desembargador Carlos Alberto Araújo Drummond; corregedoria, desembargador Fernando Antonio Zorzenon da Silva; e vice-Corregedoria, desembargadora Ana Maria Soares de Moraes.
 Dentre os compromissos assumidos pela futura presidente, estão o trabalho conjunto da presidência com a vice-presidência  (administração compartilhada), a concentração de esforços para aquisição de sede própria para as varas do Rio de Janeiro, instalações melhores para as varas fora da capital e dedicação.
Também assumem os desembargadores Theocrito Borges dos Santos Filho, como presidente da Seção Especializada em Dissídios Individuais (Sedi); Alexandre Teixeira de Freitas Bastos Cunha, como diretor da Escola Judicial; Damir Vrcibradic, como ouvidor; e Maria das Graças Cabral Viégas Paranhos, no Centro Cultural do TRT da 1ª Região.

Principais manchetes do Brasil e do mundo

O que é destaque nos jornais mais importantes nesta sexta-feira

O Estado de S. Paulo - São Paulo "Brasil muda de posição na ONU e irrita regime do Irã"

Jornal da Tarde - São Paulo
"Ladrões em motos atacam na Marginal do Pinheiros"

Valor Econômico - São Paulo "Novos governadores dão sequência à guerra fiscal"

Folha de S. Paulo - São Paulo
"Dilma modifica política de Lula e vota contra o Irã"

Jornal do Brasil - Rio de Janeiro "Ficha Limpa pode não valer nem em 2012, diz presidente do TSE"

O Globo - Rio de Janeiro "Brasil muda e agora apoia investigar os abusos do Irã"

Hoje em Dia - Belo Horizonte "BH registra um caso de estupro por dia"

Estado de Minas - Belo horizonte "...E não é que vai sujar ainda mais?"

Correio Braziliense - Brasília "Dilma dá as costas a 'amigão' de Lula"

Jornal do Commercio - Pernambuco "Preço do álcool fica menos competitivo"

A Tarde - Salvador "Novo prazo para o metrô é um ano e meio"

Correio do Povo - Porto Alegre "Vereadores da Capital terão reajuste de 20% nos salários"

Zero Hora - Porto Alegre "Dilma revê a política do Brasil sobre o Irã"

The New York Times - Estados Unidos "Aliados estão divididos sobre objetivo e saída da missão na Líbia"

The Washington Post - Estados Unidos "Líbia: para os fãs leais, um estado de revolução permanente"

The Guardian - Reino Unido "Scotland Yard se desculpa por 'noite de agressões'"

Le Figaro - França "Islã: estranho pedido que tem aprisionado socialistas"

Le Monde - França "Otan vai comandar operações na Líbia"

El País - Espanha "Aliados fazem acordo para Otan comandar operação contra Gaddafi"

El Mundo - Espanha "Japão teme danos graves no reator 3 da usina de Fukushima"

Público - Portugal "Líderes europeus exigem que futuro governo cumpra o PEC"

Clarín - Argentina "Obama reclama e governo se opõe sobre avião militar detido"

Página 12 - Argentina
"O fogo da memória"

China Daily - China "Medo da radiação chega aos alimentos no Japão"

quinta-feira, 24 de março de 2011

PEC do Diploma deve ser votada em abril


Sarney afirma que maioria dos senadores apoia

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna obrigatório o diploma em jornalismo para o exercício da profissão deve ser votada no Senado em abril, garante o relator Inácio Arruda (PCdoB-CE), segundo informa a representação sindical dos jornalistas no Rio de Janeiro. 

A notícia veio depois de Arruda se reunir, ontem (23), com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), que informou o relator sobre o apoio não-oficial da maioria dos senadores e líderes de partido ao projeto. Sarney pontuou que a PEC pode ir a plenário em breve, assim que forem votadas outras propostas que atravancam a pauta desde o ano passado.

No entanto, aconselhou o senador a negociar pessoalmente com os líderes partidários para que "não haja nenhuma surpresa" na votação da PEC 33/09, de autoria do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-PE).

O quadro descrito por Sarney destoa expressivamente do cenário exposto pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), em agosto do ano passado, em um painel informal que reunia as "intenções de votos" dos senadores. A sondagem não-oficial feita pela entidade revelou que 48% dos senadores declarou voto favorável à PEC, o que era insuficiente para sua aprovação. Para tal, são necessários ao menos 49 dos 81 parlamentares.

A epopeia pelo diploma

Durante todo o ano passado, as PECs do Diploma - Senado e Câmara - sofreram atrasos por questões de calendário eleitoral e falta de apoio definido dos parlamentares. 

Quando as duas propostas não patinavam nas comissões por discordâncias entre relatores e autores, perdiam peso diante de propostas mais urgentes ou atraentes aos parlamentares. 

Em dezembro de 2010, por exemplo, na iminência de ser votada, a PEC foi posta de lado por uma proposta que tinha mais apelo junto aos senadores: um aumento de 62% aos parlamentares a partir desse ano.